martedì 29 novembre 2011

A Nova Percepção do Ser Humano

Quem sabe se aquilo que é invisível é da maior importância, e aquilo que se consegue subtrair da realidade é o que permite os milagres?

Quando um milagre acontece, todo o crédito vai a um poder divino que vocês não podem entender e que está além das coisas que vocês podem explicar. Quando você ver uma cura incomum, algo que acontece fora da normalidade, como  a “ típica remissão espontânea” - que não é - você deve agradecer ao Criador dentro de você, que permite que tal fenômeno se manifestasse. Diga: EU SOU poderoso. EU SOU um fragmento de Deus. Todos os milagres, eu agradeço em nome de quem EU SOU, uma parte do Criador do Universo, aprendendo a expandir a sua energia.

È a percepção do ser humano que cria o que é chamado “a magnificência de Deus” e “o poder do Mal”. É somente uma percepção. Deixe-me dizer o que a nossa percepção é. Cada um de vocês carrega consigo um potencial magnífico de controlar as energias ao redor de vocês que servem para vocês mesmos, para as suas vidas. Não tenha medo de nenhuma delas. Se você cruzar o caminho de algo inapropriado, limpe-o. Se você cruzar ao caminho de algo magnífico, pegue o seu poder e vá rumo ao próximo passo. É hora de ter uma mudança de percepção. a humanidade tem consistentemente posto Deus numa “caixa de medo.” Você teme a Deus, não teme? Porque, supostamente, Deus é grande. Os humanos è que são pequenos. Tudo é percepção humana colada sobre Deus

Não há um Deus que se deve temer; há um magnífico sócio familiar com as suas mãos estendidas. Podem vocês superar a percepção de que Deus é grande e vocês são pequenos? Podem vocês superar a percepção de que Deus está no céu e vocês não? Podem vocês abraçar a percepção que diz que vocês são onipresentes e de que Deus é vocês?
E que quando vocês saem pela porta, vocês não estão sós? Que quando vocês têm um problema perplexante ou uma frustração, vocês podem aprender a respirar, a relaxar e a obter a respostas que vocês precisam, saindo de dentro de vocês? Pode ser que ela não esteja em 3D nem nos números nem nas palavras, mas vocês saberão que rumo deverão tomar porque vocês o sentirão. Acreditem nas primeiras impressões. Elas são aquelas que são sutis, são as que são estranhas para vocês. Essa é a energia que está expandida fora da caixa na qual vocês estão. Não a analize nem a intelectualize. Escutem os seus corações. Há uma batalha entre o intelecto e o coração. É necessária para mudar rumo. Não joguem fora a sua lógica; aumentem-na com o coração. 
Mudem a sua percepção e vocês encontrarão algo que não esperavam. Vocês vibram mais alto, todas as coisas que estão numa vibração superior, começarão a se mostrar. Elas são invisíveis para vocês numa vibração inferior; observáveis e usáveis numa vibração superior. As ferramentas estão lá, desusadas mas prontas. 

Eis aqui uma interessante metáfora, para se refletir!

Joao e o Bloco de  Granito

João estava desiludido com sua vida. Ah, estava trabalhando duro e estava deprimido. Quero algo precioso em minha vida. Quero algo significativo e importante em minha vida.  Dizia. João sabia que tinha adquirido o poder de manifestar. Só estava inseguro acerca do que manifestaria, caso tentasse. Também não sabia realmente o que pedir em sua manifestação. Tinham lhe advertido que nunca pedisse ao Espírito nada específico, e em vez disto dissesse: Permita-me manifestar só o que preciso, o que seja apropriado para meu próprio plano divino. João tinha a sensatez de um Trabalhador da Luz, portanto rezava: Querido Espírito, quero manifestar algo grandioso em  minha vida. É hora. Escolha você, Deus, Eu Superior, o que tiver que ser. Você tem a sabedoria... escolha o que tem de ser. Preciso manifestar algo grandioso para poder avançar na vida.
E o Espirito, obviamente, respondeu!
Um dia, João abriu a porta de sua casa e se debateu com um grande bloco de cimento em frente a sua porta! Tinha 10 por 10 metros. Estava mortificado! É isso o que você acha que eu realmente precisava, Espírito? O que é isto?
O Eu Superior de João disse: Ainda não está acabada, João. Espere sô para ver.
João esperou, mas o bloco simplesmente continuava no mesmo lugar, da mesma forma. Ele se impacientou, como sempre, e pensou que talvez o Espirito tivesse interpretado mal a sua mensagem.
Então, seus vizinhos começaram a queixar-se daquele bloco horrível, plantado alí, modificando a paisagem. João tinha certeza de que tinha acontecido um equívoco. Realmente, o Espírito não poderia ter lhe entregado um bloco de cimento, como resposta às suas intenções. Afinal, o Espírito conhece os desejos do meu coração, e sabe que eu JAMAIS iria desejar um bloco de cimento bem no meu jardim. Realmente, isso não parece ser uma coisa assim… tao divina, por assim dizer.
Então, ele conseguiu um grande guindaste e tratou de remover aquele terrível bloco. Os vizinhos tinham razão. Era feio demais para permanecer na frente de casa. Mas o bloco era tão pesado que não se moveu do lugar. Chamou todo tipo de especialistas em remoção de blocos de  granito indesejados.

-Podem mover este bloco, por favor?, solicitou João.
-Não, não podemos, disseram eles. É muito grande. João estava tremendamente desiludido.

Escutou alguém batendo em sua porta e abriu. Encontrou diante dele um homenzinho com um cinzel.
-Quem é você?, perguntou João.
-Peço desculpas pelo atraso, respondeu o  pequeno homem. Sou o escultor.
-Eu não pedi nenhum escultor, disse João. Mas já que você está aqui, nós estamos tentando remover este bloco e tirá-lo daqui. Quem sabe você possa quebrá-lo?"

O homem ficou horrorizado! Tem certeza? Como pode pensar em se desfazer dessa maravilhosa obra de arte… Por favor, você não pode destruí-la Não foi isso o que pediu? Não é o que queria? Lhe foi trazido algo valioso, precioso e maravilhoso e que poderà permanecer para sempre em seu jardim, e você me pede pra destruir?”. O lugar è ideal e todos irão admirarar e muitos virão de longe para admirá-la. O homenzinho estava ofegante e sem ar. João apenas o olhou enquanto fazia uma pausa.

-É um bloco de cimento, respondeu João lentamente. Por que alguém poderia admirar algo assim?
-Não, não é. Não consegue vê-la?
-Vejo um bloco de cimento enorme, irritante e irremovível, disse João. Tire essa coisa daqui…    Está estragando o meu gramado.

Mesmo sem entender nada, João, contra vontade, tolerou aquele homenzinho em  seu jardim, trabalhando na escultura do bloco, durante quase todo o mês seguinte.
Lentamente começou a  compreender o que o escultor queria dizer. Na realidade, o escultor não via um bloco de cimento. Por trás daquele bloco, ele via uma obra de arte! Começou a remover todo o cimento que rodeava a escultura. O artista "via" além do cimento. Cuidadosamente, ele tirou com o cinzel, tudo o que não era precioso até que, finalmente, um objeto artístico parecia tomar forma, e era muito, mas muito menor, do bloco total.  Oh, como era maravilhoso!

Agora, João estava muito contente! Tenho algo precioso em minha vida o qual nunca poderia imaginar que pudesse  existir, dentro daquele horrível bloco! Não acredito que tenha desejado retirà-lo do meu jardim. Que tolice! Os vizinhos de João perceberam logo e  vieram para exclamar "ooh" e "aah". João estava muito orgulhoso.
Quando o escultor terminou, foi até a porta.

-Bom, já é hora, disse o homem.
-Hora de que? Você já tem que ir?, perguntou João.
-Oh, não. As coisas não funcionam assim, João.
-Está querendo dizer que terei que conviver com você em meu pátio dianteiro? Para sempre?
-Oh, não, é muito melhor do que isso! disse o homem com um sorriso.

Com um flash de luz, o escultor se transformou. Converteu-se em uma parte de João, que ele conhecia bem, tomando seu lugar dentro dos atributos angélicos que João percebia como guias. Ele se converteu numa alma afim, uma alma gêmea espiritual e um conselheiro. Tirou seu disfarce, e sua divindade brilhou esplendorosamente.
É engraçado, sabem, João nunca perguntou o nome do escultor. Mas, agora compreendeu que o nome do escultor era João! João não só recebeu a manifestação que queria, mas, ao mesmo tempo, ativou em si um companheiro, cheio de sabedoria com quem trabalhar. Uma parte de si mesmo. João acabava de receber uma nova percepção. Quem sabe se aquilo que é invisível é da maior importância, e aquilo que se consegue subtrair da realidade é o que permite os milagres.

Fonte: Mensagens de Kryon 

venerdì 25 novembre 2011

Il DNA Umano - è possibile modificare la nostra realtà!

Il DNA umano, infatti, è in grado di influenzare direttamente le particelle più piccole della materia, come dimostrato in esperimento dagli scienziati russi Poponin e Garaiev, quando hanno messo alla prova il comportamento del DNA verso le particelle di luce (fotoni) che sono la materia quantistica di cui è fatto il mondo. Dopo aver tolto tutta l’aria di un cilindro, gli scienziati hanno constatato che le particelle erano ovunque all’interno del contenitore. Poi, alcuni campioni di DNA umano furono collocati insieme ai fotoni all’interno della capsula chiusa. Si è verificato che, in presenza del DNA le particelle ebbero un comportamento non previsto: le particelle assunsero una diversa disposizione. Era evidente che il DNA stava influenzando le particelle, facendo assumere loro una struttura di campo regolare. Non esiste nulla all’interno della fisica che sia in grado di spiegare un comportamento simile.  Attraverso questo esperimento fu documentato come il DNA, la sostanza di cui siamo fatti, esercita un effetto diretto sulla materia quantistica di cui è fatto il mondo!
Si tratta di un puzzle complesso. Ma anche i segreti spirituali si trovano nel DNA!
C'è una nuova energia su questo pianeta che sta cercando di attivare i pezzi e parti dell’energia dell'anima che chiamiamo DNA. E questa parte del nostro corpo si trova sia in 3D sia in molteplici dimensioni. Non sarà qualcosa che dobbiamo sedersi e meditare per realizzare perché il DNA, quando attivato, rimane in quel modo, cambiato per sempre. Non si dovrebbe accendere e spegnere.

Kryon: una nuova energia sta investendo il Pianeta e sta cambiando il comportamento umano. Se tratta di una energia quantistica, invisibile ma molto reale che predilige l'essere umano di ottenere una maggiore comprensione su ciò che è intorno a voi. Gli esseri umani dovranno raggiungere una comprensione, e quindi, una credenza su cui non tutte le cose sono visibili e comprensibili all'interno del pensiero 3D, e che c'è molto di più da vedere all’interno di ciò che realmente fa parte di suo mondo. Richiede una logica ben oltre quella che sono abituati, per essere in grado di comprendere.
Non è facile perché gli esseri umani fanno parte di un paradigma che è sempre esistito ... un paradigma in 3D in cui hanno vissuto tutta la vita. Quando si conosce solo una realtà dimensionale, diventa difficile pensare al di là di essa. Parti della Terra non si sono formate come si pensa.

Per anni gli psicologi vi hanno detto che potreste effettivamente cambiare voi stessi attraverso quello che pensate. Anche fuori dal contesto spirituale, dicono: Il potere del pensiero positivo può effettivamente cambiare la vostra vita. Lo sanno. Si tratta di energia, e hanno ragione. Ed è anche un indizio di quello che non va nel vostro modo di pensare. La Nuova Energia è arrivata nel 1987. La griglia è cambiata e il cristallino si è spostato. La Terra stessa vibra oggi diversamente di quanto faceva allora. Quando siamo arrivati vi abbiamo detto: “Voi avete cambiato il vostro futuro”.

Perché avete deciso che le cellule del vostro corpo vi controllino? Perché avete deciso che i vostri geni siano dal punto di vista biologico gli stessi per sempre? Chi ve lo ha detto? Lasciate che vi dia un paradigma della vecchia energia: Chiunque io sia, lo Sono. Dio mi ha creato in questo modo per una ragione e così farò del mio meglio con quello che ho.
Ora dirò nuovamente: benvenuti nel cambiamento interdimensionale, così che l’intero modo di pensare dell’Essere Umano possa essere rivisto per includere i nuovi doni!
Non importa come sono nato. Sono io ad avere controllo della mia biologia, del mio sistema immunitario e della mia consapevolezza. Dio mi ha creato come creatura divina capace di reclamare le energie passate all’interno della mia Akasha… e di modificare completamente la mia biologia, il mio aspetto e le mie forze in qualunque modo desidero.
Pare impossibile? Vi sono insegnanti adesso sul pianeta che stanno istruendo gli Esseri Umani su come pensare al di sopra dei geni. La scienza medica vi sta dicendo che il vostro DNA non è il vostro destino! In altre parole, l’intera idea sta venendo in mente all’intera Umanità, poiché adesso è tempo.

Ora è possibile moltiplicare il vostro anni di vita sulla Terra

Questo cambiamento di energia sul Pianeta è nuovo, è iniziata soltanto 21 anni fa. Prima di allora, lo stato di coscienza su questo pianeta è stato sempre lo stesso, per migliaia di anni.
Questa è la realtà che vedete ed è la realtà che ricordate, perché si è registrato nella vostra Akasha; ora, stiamo dicendo che il cambiamento delle cellule è possibile, diciamo che potete andare dentro di voi e vivere a lungo, diciamo che ci sono cose evolvendo intorno a voi che collaborano. Potete co-creare a voi stessi con abilità e fare quello che solo i maestri che hanno camminato su questo pianeta hanno potuto fare.

venerdì 18 novembre 2011

A Nova Lei da Fisica - O Zero é protagonista na nova matemática

A compreensão plena da estrutura atómica será a compreensão interdimensional


Os cientistas hoje,começam a falar do átomo da mesma forma que Kryon tem falado, há anos. A compreensão plena da estrutura atómica será a compreensão interdimensional. Hoje, estão chegando à conclusão de que há peças e partes no átomo que não estão no enquadramento temporal. Finalmente!
Alguns dizem que, aquilo que em princípio pensavam ser pequenas partículas girando umas em redor das outras, agora, parecem mostrar-se conectadas! Estão, de algum modo, unidas de forma interdimensional. Os cientistas começam a ver essa evidência, e começa a ficar claro para eles que há uma interatividade especial das partes, muito além da Física que eles conhecem.
Percebem as partículas como se tivessem capacidade de escolha! E coisa ainda mais impressionante, que elas podem ir aonde bem quiserem, sem seguirem nenhuma das regras conhecidas da Física. (Não digam isso a Euclides!).

Kryon: Bem, eles têm razão! Deixem-me dizer-lhes o que os cientistas não conseguem ver ou o que estão por descobrir. Permitam-me contar-lhes o que algumas das descobertas futuras poderão mostrar.

Quem conceituava o rival de “um zero à esquerda” deverá rever seus conceitos!
Aqui entra novamente a matemática de base 12
Virá o dia em que os cientistas honrarão o zero, na matemática interdimensional que está por vir. Ainda hoje, vocês acham que o zero não significa nada e pensam que um zero interdimensional representará o infinito. Mas não è assim.
Falamos-lhes da matemática de base 12 por mais de uma década. Sua elegância os assombrará, especialmente sua simplicidade de cálculo. É a única matemática que "vai de mãos dadas" com a natureza. Vocês não podem considerar a matemática de base 12 sem fazer com que o zero seja um número inteiro de especial valor. Não pode ser um simples marcado de lugar, não pode ser um "nada", e não representa o infinito. Uma vez mais lhes repetimos: O zero é a magia da matemática interdimensional. É a magia da base 12.
O zero é o potencial de tudo o que sempre foi, ou poderá ser. É o "Agora" da matemática do Universo. Representa o potencial, ou a energia da possibilidade. Portanto, o zero é variável, dependendo da equação. Vocês não estão acostumados a isso. Estão acostumados com o fato das equações matemáticas serem empíricas e desejam que assim permaneçam. Mas quando começarem a fazer cálculos fora da linearidade não poderá mais ser assim.
A elegância da matemática se revela nesse esquema. O zero remove o que não é necessário e revela a solução. Converte-se no facilitador da realidade do próprio problema, e muitas vezes é o número essencial. Não esperamos que compreendam isto plenamente. Aliás, não esperamos nenhum entendimento em absoluto, por enquanto.
Vocês necessitam de um outro tipo de matemática para compreenderem completamente as relações que têm lugar dentro do átomo. (Este é uma velha mensagem que continuamos a dar aos cientistas em particular, que estão lendo esta transcrição. Sabemos que vocês estão aí!)

Deixem-me dizer-vos o que está dentro do átomo que ainda não foi visto, mas que já foi pressentido. Vocês estão pressentindo que as partes estão, de alguma forma, conectadas com filamentos que não se vêm? Haverá ali, por acaso, uma nova força? Estão influenciadas por cordas inter-dimensionais? O que está acontecendo? E nós respondemos: há energia entre essas partes, por mais pequenas que essas particulas  possam ser imaginadas. E há uma energia interdimensional que conecta essas partes ou as empurra, segundo um padrão inusual. As partes têm escolha? Sim, têm. E aquilo que é estranho e inusual, è que, quando vocês se afastam e observam os filamentos de energia formados entre estas peças e partes dentro do átomo, vocês poderão ver emergir um concreto padrão geométrico, que reconhecerão como o da Merkabah Humana! Verão a geometria sagrada apresentar-se interdimensionalmente e descobrirão a Flor da Vida dentro do coração da estrutura atômica.

A Nova Lei da Fisica
Cientistas: pensem fora dos esquemas, sem se condicionarem! A escolha da matéria no seu fluir não é nenhum tipo de caos. É a propensão para o equilíbrio! Esta suposta escolha é provocada por uma nova regra da Física, uma regra do Universo que diz: Toda matéria busca o divino equilíbrio. Vocês começarão a vê-lo, tanto no maior quanto no menor nível de toda a matéria. Algumas dessas coisas, poderão vos  parecer estranhas, mas chegará o dia em que a Ciência oficial o reconhecerá e então recordarão aonde ouviram falar por primeiro. Dizemos isto para dar validação a esta experiência espiritual. Alguns de vocês podem necessitar disso, para acreditarem que esta mensagem é real. Recordam-se do que lhes dissemos há dez anos atrás? Dissemos que quando a Ciência for capaz de compreender totalmente o átomo, os cientistas encontrarão a ENERGIA do amor de Deus, no coração do átomo!

O Pensador Linear
As coisas multidimensionais são difíceis para a humanidade refletir. Se vocês se afastassem do paradigma em que foram criados e da realidade em que têm sobrevivido, seria uma experiência desconcertante. Como então, podemos lhes pedir que pensem em coisas que estão além do que vocês conhecem ou já experimentaram?

Entrem comigo no meio de sua estrutura atômica. Imaginem por um momento que vocês são do tamanho de  um próton. É muito, muito pequeno, sabem? Aí estão, na glória da estrutura atômica. Agora, é possível que digam: Bem, creio que posso imaginar como é. Se sou do tamanho de um próton, verei estes elétrons em um piscar de olhos. Provavelmente terá luz e será como os fogos de artifício, proporcionando um magnífico espetáculo. Pense melhor. Está escuro. Realmente escuro. Se vocês (em tamanho humano) representam realmente o tamanho de  um próton no meio do átomo, esses elétrons estão a  uma milha de  distância! Vão ter que caminhar muito para encontrá-los! Essa é a escala média da estrutura atômica. Há um montão de espaço aparentemente vazio na conformação de cada átomo.
A maioria dos cientistas ainda se intriga com isto. Por que os blocos básicos de sua realidade mostram uma estrutura onde os objetos envolvidos estão numa proporção em que estão separados por uma distância alarmante? Talvez não estivessem conscientes deste fato. Se vocês tivessem o tamanho de um próton em um átomo de  hélio, caminhariam e caminhariam e caminhariam com suas perninhas de  próton, antes de  poderem ver algo que sequer se parecesse com a nuvem de elétrons que rodeia a estrutura atômica (ainda imaginando, por favor). E toda a caminhada se faria na obscuridade! Então é possível que se digam: "Bem, não é o que esperava. Na verdade é muito chato."

Já indicamos a vocês, outras vezes, que o micro e o macro têm muitas coisas em  comum em  sua própria física. Inclusive na biologia de  vocês há uma ordem que segue o Universo maior.  Permitam-me dizer-lhes o que há nesse espaço entre os prótons no centro do átomo e a nuvem de elétrons, os quais estão proporcionalmente muito longes, e que não se pode ver. Está carregado de  informação! Está carregado de  física. Aí existe matéria que não pode ser vista; parte dela chamaremos de ”matéria espiritual". Sua consciência interdimensional, todavia, está por manifestar-se. Vocês ainda olham tudo de forma linear em  sua realidade de 4ª dimensão. Assim, quando dão uma olhada à matemática no centro do átomo, só vêem o que as quatro dimensões lhes dizem que existe alí. Não verão o que realmente está alí presente.

Ao centro de um simples átomo há muito mais para se ver do que como aparece em 4D. Deixe-me dar lhe uma predição: Os cientistas começarão a compreender tudo isto em maior escala à medida que forem observando o Universo. Falta algo na medição da energia de "tudo o que deveria estar lá" para que o movimento e seu alcance estejam lá como vocês o vêem. Então, o que falta? Por que não podem vê-lo? Os cientistas já estão considerando a possibilidade de que exista a matéria escura. Esta matéria seria uma matéria que não pode se ver, mas que deve existir para permitir que a equação da energia se equilibre. No entanto, ninguém disse nada a respeito da interdimensionalidade, mas o fará. Tem que ser feito, porque a elegância da matemática, eventualmente, lhes demonstrará com muita clareza que, talvez o que está acontecendo no Universo seja de alcance interdimensional. O que está faltando em suas computações de  energia é a realidade da matéria interdimensional.

Os cientistas começarão a  procurar as dimensões que faltam para explicar a energia que falta! E já era hora. E é como deve ser. Portanto, já é hora de  revelar a forma do Universo e a ação de puxa/empurra dentro das mudanças de dimensão que faz com que seu Universo realize as coisas que realiza, e lhes mostre o que ele realiza. Muitas das coisas que observam continuamente, são indícios disso, mas não são interpretadas corretamente. A energia que vocês não podem ver, não segue o mesmo paradigma daquilo que podem ver.
Em quatro dimensões, sua física tem muitíssimo sentido. No entanto, quando vocês saem da 4D e se tornam interdimensionais, mudam todas essas regras lógicas da física. Já lhes dissemos que, quando vocês se tornam o suficientemente pequenos, as leis da física básica também mudam. Da mesma forma acontece, quando se tornam demasiadamentre grandes. Mudam com as estruturas de tempo.

domenica 13 novembre 2011

O Grande Mistério da Física Quântica para se Refletir


A luz se transforma em partícula, quando é observada por um Ser Humano! 

"A física quântica diz respeito à forma como pequenas partículas interagem entre elas. Estas partículas são muito pequenas, incluindo partículas de luz, moléculas de DNA e outros produtos da teoria da partícula-onda e são tão pequenas, que precisa de um microscópio eletrônico para vê-las. Seria isto o que os físicos chamam de mecânica quântica e é observada somente no mundo do muito pequeno. E isso já é um bom quebra-cabeça para eles.
A luz e outras matérias passam regularmente de onda a partícula. A luz se torna uma partícula quando observada por um Ser Humano. Então, como um sistema matemático pode "perceber" que está sendo observado? Você já sabe que a energia quântica pode ser muito diferente de qualquer coisa que você tenha em mente, ok? E se não se tratasse de física? E se a energia quântica fosse a "impressão digital do criador"? Se trataria de física e também teria uma consciência. Mas, talvez, vocês acham que isso seria muito estranho, não? Kryon

O Grande Mistério da Energia Quântica da Galaxia
A energia quântica que se vê no muito pequeno, se vê também no grandissimo. Na verdade, o que se precisa entender é que a física é realmente muito diferente em diferentes partes do universo, dependendo do que está no centro de cada galáxia. Vamos começar desta premissa - que a física não é um conjunto de leis universais pré-determinadas. Ela varia de acordo com a impressão quântica da energia criativa de cada uma. Algumas delas são muito semelhantes, mas todas diferem ligeiramente. E, se você pudesse conhecer a diferença, você se perguntaria o porquê, e é o que eu acabei de dizer – se trata daquilo que está lá no meio.
Dado que a sua física é principalmente 3D, vocês têm dificuldade para perceber como as coisas realmente funcionam. E a física quântica é a única pista que vocês têm para o multiverso e a possibilidade de algumas leis de massa e gravidade sejam determinadas pelo que acontece no centro de cada galáxia. A energia da criação está no meio. Essa energia bipolar, o push / pull que nós chamamos de as gêmeas, estão no meio de sua galáxia. Vocês veem em 3D, como uma coisa única – o que é impossível – mas, na verdade, é um evento duplo. A ciência não sabe disso ainda. Por isso, lhes damos essa informação agora, para que, quando descobrirem, possam dizer que ouviram aqui. Isto, então, dará crédito a tudo o que eu estou prestes a dizer. A propósito, já que na sua física, tudo vem em pares, até mesmo as leis da física atual, como você pode criar uma singularidade no mio da galáxia? Ninguém nunca pensou que isso poderia ser mais um par?

Uma pergunta para os astrônomos
Caro astrônomo, você acredita em Deus? O astrônomo pensa um momento e poderá então responder: 
"não me compete definir a divindade. Não é a minha ciência. Eu poderia acreditar em Deus, mas não é minha área de estudo, porque eu trato do método científico". 
Então, em vez disso podemos lhe perguntar: o que você vê na sua galáxia que seja cientificamente interessante? Aqui, o astrônomo pode ficar mais animado e responder:
"Muito bem, lhe direi o que é interessante para todos nós. Descobrimos algo que não entendemos. Existem princípios físicos, em coisas grandes que não se aplicam à mecânica celeste que se estuda na física newtoniana e euclidiana. É estranho, para nós, que a galáxia se mova como uma plataforma única, quase como se as estrelas fossem pedras coladas sobre ela. Gira tudo junto. Deve haver algum tipo de energia que mantém essa forma. Porque a mecânica celeste que nòs conhecemos tem a ver com a gravidade, a massa e objetos que orbitam em torno de um núcleo, como o nosso Sol, e cria órbitas que são todas diferentes. Todos os objetos em torno de um centro gravitacional traçam sua própria órbita, de acordo com a massa e velocidade. É por isso que todos os planetas têm órbitas diferentes. É a física que nós esperamos.Isso é o que faz o nosso sistema solar. Mas não uma galáxia. As galáxias têm algo no centro, que deve se basear na gravidade, no entanto, tudo gira em torno do centro como uma coisa só. Tem uma espécie de unidade ou atração gravitacional lá. Nós não entendemos

O projeto Incrível – Contra todas as probabilidades!
Mas não é tudo. Eles, então, irão dizer-lhe algo que você não vai acreditar. Tem a ver com o que vocês chamam de casualidade.
Esiste allgo que vocês não esperavam e que está acontecendo ao seu redor. Na sua realidade tridimensional, tudo o que acontece na Terra, parece estar em um estado casual. Ou seja, a realidade reage segundo uma esperada curva em forma de sino (Gaussiana). As coisas comuns ocorrem com mais freqüência do que as incomuns. A probabilidade toma a forma de casualidade esperada. Se você jogar um dado milhares de vezes, verá uma coerência na casualidade que você define "a forma como as coisas funcionam." É o que você espera. Não há parcialidade.

Voltando ao astrônomo que agora está dizendo: 'qualquer parte que olhemos, considerando o que chamamos de "energia criativa do Universo “, é incrivelmente improvável matemáticamente. Seria como jogar o dado e obter seis, depois seis, depois seis, mil vezes. Está além do campo da casualidade. Demonstra que deve haver  um "projeto inteligente". Agora, eu não estou falando de uma pessoa metafísica. Estou falando de um astrônomo. Onde quer que olhe, ele vê que, contra todas as probabilidades, o Universo è projetado generosamente para a vida. Eles usaram o termo "projeto inteligente". Eu uso o termo "projeto benevolente." E lhes direi que a energia que une os sistemas solares da sua galáxia, mais de 100 bilhões de estrelas, è uma gigantesca mão quântica que se assenta sobre todas as  galáxias do seu Universo, como a mão de Deus. É uma mão benevolente, e quântica.

Como pode ser isso?
Este é o fator quantico, a própria impressão digital criadora do Universo. É propensa ao amor, propensa à vida, propensa à benevolência. E aqui estão vocês em uma terras que, na realidade, não deveria existir, porque a única coisa que consente a sua existencia, é o projeto inteligente.

Parece surreal, mas não é por nada!
Quanto tempo foi preciso para que os cientistas se dessem conta disso? Para eles, é um enigma, e não uma declaração divina. É fora da estatística das probabilidades e parece ser possível, somente por meio de um projeto - uma benevolência que é a energia criadora do Universo. Pensem nisso. O que isso significa para você? Se existe uma benevolencia, em toda a criação do universo que consente a vida, que permite a esta terra de existir, isso significa que existem outras terras. Existe vida em todo lugar! Já dissemos isso muitas vezes. No entanto, estamos em uma terra muito especial - o planeta que é o único planeta de livre escolha, entre todos. Há apenas um em cada universo e houve outros planetas do livre arbítrio, antes. Há também graduados planetas de livre-arbítrio, que fornecem as sementes da vida em outros planetas, que depois se tornam planetas do livre arbítrio.
Então, aqui estão vocês, a energia criativa em vocês tem a sabedoria das eras. É a sabedoria das eras de sua galáxia, não da sua terra. Outros, antes de vocês, nos bilhões de anos em que esta galáxia existe, participaram de outros testes de consciência. Se graduaram para um novo nível de benevolência, passando para o  planeta sucessivo. É um evento de longo prazo e, no final, vocês, também, irão fazer o mesmo. Desta forma, vocês populam a galáxia com suas próprias sementes e com as sementes dos que vieram antes – sementes com uma finalidade divina. Essa é a verdade.
Ao passarem adiante essa benevolência, ela efetivamente formará o Universo sucessivo e quanto será inteligente esse novo projeto. Demorou  muitissimo tempo, para se chegar a este ponto em que podemos mostrar que a física  tem uma atitude. E é uma atitude de benevolência.

Aqui está um grande enigma para os cientistas
Quando esta energia quântica for reproduzível em outros laboratórios, haverá aqueles (porque há sempre) que tentararão transformá-la numa arma. Aqui está algo que vocês devem saber: Será a primeira energia a ser descoberta, que não vai permitir isso. Não poderá ser usada como uma arma, porque é energia benevolente. Imaginem uma energia quântica que é física pura, mas que tem uma propensão! O que isso lhes diz? Deveria mostrar-lhes que está acontecendo algo na física superior, que é mais do que matemática e atributos da matéria.
Com o tempo, o fator quântico será descoberto neste planeta. Quando isso acontecer, será muito controverso e irá contrariar a lógica, a 3D, e o modo como as coisas funcionam com o método científico. A escalada para se chegar a tudo isso é difícil. O que você faria, como cientista, se os experimentos que tivesse realizado tivessem uma " mente própria"? O que você pensaria se a gravidade, o magnetismo e a luz só pudessem ser montados de um determinado modo, que criasse a cura e jamais um alinhamento destrutivo? Tudo isso irá redefinir algumas das forças fundamentais do universo.
O projeto inteligente é só o primeiro mas, muitos astrônomos e físicos hoje, ainda pensam que é uma anomalia.
Essa vai ser a próxima maior descoberta no planeta. Estava inacessível até agora porque é preciso uma consciência de vibração mais elevada para criá-la e compreendê-la. Quando qualquer planeta descobre uma energia quântica e é capaz de usá-la, pode-se caminhar sobre aquele planeta, sabendo que alì serão encontradas entidades de consciência elevada. Isto nunca lhes foi dado antes, porque dentro do fator quântico está contido o segredo da viagem interplanetária, usando estados amplos e interconectados. Há maneiras de fazer as coisas que vocês nunca pensaram que poderiam existir. Vocês podem jogar fora os seus foguetes. Voces estão prestes a conseguir isso.

lunedì 7 novembre 2011

Verdades chocantes! A indústria farmacêutica usa a doença como business

Saia da Ignorância de massa e VIVA MAIS! 

Os potentes da Terra convidados a sentar no banco dos réus?

A indústria farmacêutica e uma impressionante lista de nomes dos persogens mais poderosos da terra, estão sendo acusados pelo Dr. Matthias Rath de genocídio.
São acusados - conforme indicado na intimação apresentada pela Dr. Rath Health Foundation - de, estrategicamente, ter projetado, implementado, realizado e organizado um plano de fraude comercial em escala global que, por sua magnitude econômica, não tem precedentes na história humana.

A indústria farmacêutica está disposto a sacrificar a saúde e a vida dos consumidores, em nome do lucro!
Em uma entrevista em vídeo, na Natural News, Gwen Olsen, ex-representante de produtos farmacêuticos, faz desvanecer o mito de que as empresas farmacêuticas se empenham na cura ou tratamento da doença: na verdade, a indústria farmacêutica se encarrega de regular a doença, controlar os sintomas e manter as pessoas presas em um ciclo mortal de dependência química. Eu não quero que as pessoas pensem que eu seja uma teórica da conspiração, porque na realidade, não existe nenhuma teoria por trás do que eu estou dizendo; é tudo demonstrável ... tudo o que estou dizendo, pode ser demonstrado e é que, a indústria farmacêutica não se interessa em curar as pessoas.
No vídeo, Gwen explica que os remédios - especialmente aqueles psiquiátricos - são destinados a estimular as pessoas a serem clientes fixas da indústria farmacêutica. Afinal, se as empresas farmacêuticas estão empenhados em promover a cura de doenças, agindo de outra forma significaria serem cortadas do mercado. Nesses tempos de mentira universal, dizer a verdade é um ato revolucionário!

Eis aqui uma verdadeira BOMBA chiando!
O médico alemão, Matthias Rath, que sonha com uma nova Nuremberg, trabalhou durante anos com Linus Pauling, o ilustre  cientista duas vezes premio Nobel - um de química e outro da paz - faz batalha no tribunal internacional.
Rath decidiu levar para o banco dos réus, quase todos os poderosos da terra. Do ex-presidente dos EUA George Bush - com toda sua comitiva (Cheney, Rumsfeld, Rice etc.) O primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, mas também todos os CEOs, executivos e conselhos de administração das empresas farmacêuticas multinacionais (Pfizer, Merck, GlaxoSmithKline, Novartis...), petroquímicas (Exxon, BP, Chevron ...) e membros de grupos financeiros que lhes dão suporte (Rockefeller, Rothschild, JP Morgan, a Comissão Trilateral etc.).
Uma lista impressionante de nomes reunidos por trás de uma pesada acusação: genocídio. Para ser mais exato, genocídio e outros crimes contra a humanidade cometidos em conexão com o business farmacêutico da doença e com a guerra no Iraque.
Rath é um conhecido médico no campo de pesquisa "alternativa" e muitas vezes tem criado calorosas discussões. Uma das coisas que sustenta veementemente, é a importância da vitamina C. Seu uso em grandes quantidades têm efeitos poderosos na luta contra muitas doenças,  principalmente na prevenção.
Matthias Rath se pôs à frente de uma fundação cujo objetivo é garantir saúde para todos, até 2020. Os acusados são responsáveis por ter, deliberadamente, provocado a persistência e a propagação de doenças, causando, voluntariamente, o aparecimento de novas doenças, expandiindo o uso de medicamentos que foram patenteados para uma unica doença, ao maior numero de doenças possíveis.

O Colesterol não é o fator que desencadeia ataques cardíacos e derrames.
"Comecei a trabalhar no campo da pesquisa convencional sobre as causas de doenças cardíacas – conta Rath, em uma das várias entrevistas, traduzidas no seu site - naquele tempo pensava-se que o alto nivel de colesterol fosse o principal fator que causa ataques cardíacos e derrame cerebral, devido à influência dos fabricantes de medicamentos para diminuir o colesterol, e a informaçao dos médicos de que níveis elevados de colesterol no sangue danificam as paredes dos vasos até o bloqueio total, causando ataques cardíacos e derrames.
Hoje sabemos que isto era apenas uma operação de marketing e da indústria farmacêutica. Se o colesterol alto deteriorasse as paredes dos vasos sanguíneos, isso ocorreria em todo o sistema circulatório, que se blocaria em todo o corpo e não apenas no coração ou cérebro. Em outras palavras, teriamos infartes no nariz, orelhas, joelhos, cotovelos, dedos, e em todos os órgãos, o que, obviamente, não acontece. Mais tarde, descobri que a cardiopatia é essencialmente desconhecido no mundo animal, enquanto nos seres humanos é uma das principais causas de morte.
A descoberta sucessiva foi um avanço na medicina natural em todo o mundo. Os animais produzem vitamina C em seus corpos, necessária para produzir as moléculas de colágeno que fortalecem o corpo e o sistema de vasos sanguíneos. Quanto maior a quantidade de vitamina C, mais o colágeno está presente, quanto mais estável são as paredes dos vasos sanguíneos, muito menos ataques cardíacos ocorrem. Os animais raramente sofrem ataques cardíacos e que seu corpo produz quantidades suficientes de vitamina C.
Nós, seres humanos, não conseguimos produzir uma molécula sequer dessa vitamina e, geralmente, não assumimos quantidade suficiente de vitaminas, através de alimentos, expondo o sistema vascular a fraquezas e ao desenvolvimento de depósitos. Estes depósitos são desenvolvidos principalmente em áreas onde os vasos sanguíneos estão mais expostas ao estresse mecânico, tais como artérias coronárias. Estas descobertas fundamentais, foram confirmados por dados de pesquisas e estudos clínicos, dissipando quaisquer dúvidas.

Por que os ursos ainda não foram extintos, visto que eles têm elevadissimos níveis de colesterol em seu sangue?
De fato, os ursos, como outros animais que passam algum tempo em hibernação, têm uma média de mais de 400 miligramas de colesterol por decilitro! A esse ponto, os ursos estariam jà fazendo companhia aos dinossauros, exibindo seus ossos em algum museu de ciência natural! Os ataques cardíacos teriam dizimado e extinguido a sua raça! O que não aconteceu. Por quê? Simplesmente porque os animais produzem quantidade suficiente de vitamina C e, apesar de ter colesterol muito alto, não estão sujeitos a ataques cardíacos, que são o resultado primário da deficiência de vitamina e não de ipercolesteremia!" Rath cita em seu livro Eradicating Heart Disease  (A erradicação da cardiopatia, publicado em 1993).

Porque os animais não estão sujeitas a ataques cardiacos ... e os seres humanos sim?
O fato de que os ursos não foram extintos mostra que:
1. Os altos níveis de colesterol no sangue não são a causa primária da aterosclerose, ataques cardíacos e derrames.
2. Alcançar e manter a estabilidade das paredes arteriosas, através da ingestão ideal de vitaminas, é mais importante do que diminuir colesterol e outros fatores de risco na corrente sanguínea.
3. O colesterol, e outros fatores de reparação na corrente sanguínea, só pode se tornar fatores de risco se a parede das artérias estiver enfraquecida por uma deficiência crônica de vitamina.
 A vitamina C serve, por exemplo, para produzir colágeno, que é útil para construir bem as paredes das artérias, e para uma adequada eliminação do colesterol usado pelo corpo. Se a vitamina C está presente em dose adequada, a eliminação ocorre normalmente, ou seja, o colesterol do fígado se transforma em ácidos biliares e é eliminado através da vesícula biliar e do trato intestinal.

Não só colesterol, derrames e infartes. Na lista de doenças deliberadamente difundidas, também estão o câncer e a AIDS.
"A descoberta da cardiopatia é só o começo - continua Dr. Rath – uma vez compreendido que as vitaminas, minerais, alguns aminoácidos e os  elementos-traço são necessários como "combustível" biológico para milhões de células em nosso corpo, tornou-se evidente que, se através da aplicação dessas descobertas podem ser evitadas doença arterial coronariana e ataques do coração, a mesma coisa pode acontecer com muitas outras doenças de hoje. O ascorbato (vitamina C) reduz a taxa de reprodução do vírus. Um estudo publicado na competente  Proceedingsof the National Academy ofScience USA, demonstrou, em 1990, que grandes quantidades de vitamina C tomada diariamente, eram capazes de bloquear mais de 99,9% a taxa de reprodução do vírus HIV! "
"Nos últimos anos - continua Rath - o meu instituto de pesquisa, em colaboração com cientistas e médicos ao redor do mundo, verificou, além de qualquer dúvida, que as referidas doenças são causadas principalmente por deficiências prolongada destes micronutrientes (vitaminas, minerais, etc.). Tomando-se uma quantidade ideal desses micronutrientes por meio de dieta ou na forma de suplementos, pode-se, amplamente, prevenir as seguintes condições: pressão arterial elevada, insuficiência cardíaca, batimentos cardíacos irregulares, problemas circulatórios de natureza do atletismo e muito mais."

O Business do Cancer!
"Outra descoberta importante, é sobre o modo natural para evitar que as células do câncer se espalhe no organismo.
Estas células, independentemente do tipo de câncer e do órgão em que ele começa, se espalha da mesma maneira. Usam as chamadas "tesouras biológicas" (enzimas) que são capazes de cortar as moléculas do tecido (colágeno) do nosso corpo. Quanto mais o tipo de câncer é agressivo, mais enzimas que destroem o colágeno são produzidas. Esta produção excessiva pode ser retardada ou bloqueada internamente, de uma forma natural, utilizando os aminoácidos lisina e prolina, em combinação com a vitamina C e outros micronutrientes. Na Europa e América já existem dezenas de milhares de pacientes com câncer que usam esta forma natural de prevenir e curar a doença. Centenas deles já foram curados. "

A única e inquietante questão que permanece é: por que estas informações não foram imediatamente espalhados por todo o mundo?
"A única razão pela qual essas grandes descobertas médicas não têm sido amplamente discutidas e aplicadas é que essas substâncias (micronutrientes) não são patenteáveis e, portanto, têm margens de lucro baixas. Além disso, o mais importante, todo o tratamento eficaz di uma doença, leva, enfim, à sua erradicação e à eliminação de um mercado de medicamentos equivalente a vários bilhões de dólares "- explica Rath, no documento fornecido aos tribunais holandeses, nos quais expõe e resume aquilo que fornece as provas do que ele chama “desenho criminoso”, perpetuado a nível global, por parte das empresas farmacêuticas multinacionais.

A venda de medicamentos para pacientes com câncer, tem sido particularmente fraudulenta e mal-intencionada.
Sob o pretexto de curar o câncer, usando o termo da cobertura "quimioterapia", substâncias tóxicas são administrados ao paciente, que incluem até derivados de gás mostarda. O fato de que estas toxinas destruem milhões de células saudáveis, é deliberadamente calculado.
Sabendo disso, foram deliberadamente planejadas as seguintes conseqüências: primeiro, o câncer se espalharia como uma epidemia global, fornecendo a base económica para um business multibilionário duradouro sobre esta doença. Segundo, a aplicação sistemática de agentes tóxicos, em forma de quimioterapia, causa a disseminação de novas doenças em pacientes com câncer que recebem essas substâncias tóxicas. Como resultado desta estratégia, o mercado de medicamentos para o tratamento dos efeitos colaterais destes agentes tóxicos perigosos que causam infecções, inflamação, obstrução dos órgãos, hemorragia etc, é ainda maior do mercado de medicamentos da quimioterapia em si.
Portanto, os réus aplicaram seus planos de fraudes organizadas, mesmo prejudicando  centenas de milhões de pacientes com câncer, com um único objetivo: engordar sua própria conta-corrente. 80% dos produtos farmacêuticos, atualmente disponíveis no mercado, não tem prova da sua eficiência."
Matthias Rath está convencido de que, se uma doença é prevenida ou erradicada, simplesmente não representa mais um mercado. Então, é melhor não erradicá-la por nada. Ou, talvez, inventar outras novas, como aconteceu com o caso de pneumonia atípica. A SARS, nada mais é que uma doença viral que, como todos os vírus, pode ser contida e prevenida, através da ingestão adequada de ácido ascórbico (vitamina C) e outras moléculas naturais, mas - explica ele - estas moléculas não são patenteáveis e, portanto, seu uso não é promovido.
"O que está sendo promovido, no entanto, é o medo global de uma qualquer epidemia misteriosa; medo que benefícia exclusivo o cartel, causando uma dependência psicológica da indústria farmacêutica e espalhando um clima em que seja possivel forçar uma série de leis que possa conferir maiores poderes ao governo."
Sobre a mesa dos acusados daquela que Rath Matthias gostaria de ver como uma nova  Nuremberg, não se sentam somente os patrões da "Big Pharma" ("o tribunal militar de 1947 decretou que a segunda guerra mundial não teria sido possível sem o cartel Petroquímico farmacêutico da IG Farben: por isso, junto com os líderes nazistas, foram julgados e condenados por crimes contra a humanidade, alguns de seus líderes ")
"A indústria farmacêutica não se desenvolveu de uma forma natural. Foi criado artificialmente por investidores (aqui, a referência histórica de Rath é o grupo Rockefeller no início de 1900) que para ficar rico com a doença, impediram a distribuição mundial de curas naturais não-patenteáveis."
De que maneira? "Fazendo pressão e comprando o parecer médico no mundo. Fundando faculdades de medicina privadas, como as chamadas universidades Ivy League, desde Harvard a Yale, tendo assumido, desde os anos 60, o controle da OMS e da FAO. Combatendo com a instituição do “Codex Alimentariu" o uso de micronutrientes, com o pretexto de presumíveis efeitos colaterais, absolutamente inexistente."
Daí, a acusação aos maiores grupos financeiros do mundo e, seguindo uma linha que leva diretamente até à Casa Branca e Downing Street, as acusações contra o eixo político Bush-Blair. "Essas informações (sobre o micro-nutrientes e medicamentos naturais), já se espalharam pelo mundo. Isto representa uma tal ameaça para os grupos de investimento multibilionários que estão tentando centrar a sua pegada global sobre a população mundial, com a ajuda de uma task-force legal, através de leis protecionistas e o abandono dos direitos civis."

O alibi para essa estratégia é a "guerra ao terrorismo".
Esta guerra não é uma guerra real. Todos sabem disso. Foi estrategicamente desenvolvida e implementada para criar um estado de medo e intimidação global tal, que  permitiu a implementação de medidas jurídicas relevantes, não só na América do Norte mas em todo o mundo. Para isso, o primeiro a beneficiar da atual crise, da guerra no Iraque e da potencial terceira guerra mundial, é a indústria farmacêutica. "
"O ex-ministro da Guerra, Donald Rumsfeld, foi consultor sênior para várias empresas multinacionais. Ele recebeu muitas honras por seu serviço prestado àquela indústria, antes de ser nomeado na administração Bush. Não nos esqueçamos de que, a indústria químico-farmacêutica estava entre as principais financiadoras, durante as campanhas eleitorais. Sem dúvida, Rumsfeld também sabia que, se a verdade sobre o business da doença viesse à tona, todos eles seriam indicados como responsáveis pela morte de centenas de milhões de pessoas. Este é o pano de fundo da guerra contra o terrorismo. É por isso que eles tentam conquistar todo o planeta. "

Precisamos impedi-los! – Grita Rath que, além da "denúncia impossivel", apresentada à Haia (mas destinada, porém, a fazer barulho) continua a mostrar-se muito otimista.
A indústria farmacêutica é uma indústria para o investimento. Por sua própria natureza não pode e não quer produzir medicamentos que possam erradicar a prevenção de doenças, porque isso eliminaria a doença que é o mercado para o uso contínuo desses medicamentos. Isto é difícil de compreender e ainda mais difícil de aceitar. Mas é a verdade e todos devem saber. Conseqüentemente, 80% dos produtos farmacêuticos agora no mercado, não tem eficiência comprovada, o que faz é apenas camuflar os sintomas. Como conseqüência direta disso, as doenças mais comuns da atualidade, como doenças cardíacas, câncer, AIDS e muitas outras, não estão sendo contidas, mas continuam a se espalhar apesar da disponibilidade de alternativas eficazes, mas não  patenteáveis.

AIDS - A Grande Farsa!
São muitos médicos, cientistas, pesquisadores ilustres, até mesmo alguns Prêmio Nobel, que afirmam que a teoria oficial da AIDS, pela qual seria o retrovírus HIV causador da Aids, é falsa e inconsistente, não verificada nem testada em laboratório, mas funcional para os lucros das multibilionárias casas farmacêuticas e a política de controle e discriminação de inteiros grupos sociais, especialmente os viciados em drogas e homossexuais.
Muitos deles pertencem ao grupo de cooperação internacional, denominado REGIMED - Research Group for Investigative Medicine and journalism, que se ocupa de questões éticas ligadas à pesquisa médica e à periculosidade de certas aplicações práticas, fundado em 1996 pelos Drs. Heinrich Kremer e Stefan Lanka.
Um grupo de cientistas australianos, liderado pela Dra. Eleni Papadopulos-Eleopulos, depois de liderar durante anos, experiências e estudos de laboratório, chegou à conclusão de que não se pode provar que o HIV exista, só podemos supor; mas o que é realmente impossível afirmar, é que este seja um vírus (ou um retrovírus).

A existência do HIV é uma mera suposição de laboratório. Nunca foi comprovada, e sua existência não é demonstrável, nunca foi produzida uma fotografia de uma partícula de HIV, mas, principalmente, nunca foi publicada as experiências de laboratório que provassem sua existência. Portanto, não há nenhuma evidências de que o HIV exista, o presumivel portador da síndrome da imunodeficiência adquirida. O prof. Peter Duesberg afirma que seja razoável supor que este vírus exista, mas, e esta é a coisa mais importante, não poderia em nenhuma circunstância atacar o sistema imunológico humano, uma vez que seria destruído em um curto espaço de tempo, por isso mesmo se existisse , seria substancialmente inofensivo.
O HIV é apenas um latente e retrovírus perfeitamente inofensivo, do qual muitos, mas não todos, os pacientes com AIDS, podem ser portadores. Dizer que o HIV é o causador da AIDS significa colocar de lado tudo o que sabemos sobre os retrovírus ... a teoria HIV é inconsistente, absurda e paradoxal. ... A AIDS não é nova nem original, mas foi inventada como uma palavra guarda-chuva para cobrir um complexo de doenças, algumas das quais já haviam sido descritas pela medicina em 1539. ... A AIDS não é uma doença, não é uma epidemia, e não é uma infecção: é a morte por meio dos remédios. Afirma Peter Duesberg.

Em qualquer caso, as estatísticas falam por si: cerca de 50% dos HIV-positivos não ficam doentes de AIDS, todavia, há casos de AIDS que dão todos os testes negativos para a AIDS, e isso sempre existiu, desde o início da "uso de testes. Por exemplo, em novembro de 1984, Montagner encontrava teste negativo, em 32% dos pacientes com AIDS.
Na África, metade/um terço dos casos diagnosticados como AIDS, tinha um teste negativo. Duesberg contou muitos, em todo o mundo, descritos na literatura científica até 1993.
Farsa: O Sol não causa câncer, mas o filtro solar, sim! - Assista isso: http://youtu.be/Ttidlu45aVw 

Para outros detalhes, consulte o site do Dr. Matthias Rath: http://www4.dr-rath-foundation.org/
Texto da denúncia e apoio:  
Fonte: http://digilander.libero.it/napoleta/aids.html
altraconsapevolezza.it