venerdì 29 aprile 2011

Le statistiche rivelano: chi è più bello guadagna di più




 “Nel 2025 la chirurgia estetica sarà diventata un fenomeno di massa e, meno del 50% dei nati in questo secolo, conserveranno il proprio corpo totalmente esentato da interventi di chirurgia estetica, dalla nascita alla morte.” Secondo Vito Di Bari nel suo libro Il Futuro che c’è già, questa è una delle 70 previsioni sul futuro che cambieranno il nostro modo di fare le cose, relazionarci con gli altri, di divertirci e do lavorare.
Oggi, misuriamo il nostro aspetto confrontandoci con uno stereotipo basato su ideali irrealistici. L’immagine che abbiamo di noi stessi, spesso non è frutto di una visione personale, ma piuttosto di un collage d’immagini che si conforma a standard esteriori di bellezza. Per molte di noi ci sono voluti anni per riuscire ad allontanarsi del nostro falso “sé”.
I media riverbera su spot e riviste il mito di una magrezza estrema imponendo un fisico efebico stonante con la bocca a cannotto e le tette a pallone. Questo mito, per altro ridicolo, si radica nelle menti dei giovani (e non solo) facendo sì che la dieta diventi un’ossessione e le sessioni in palestra, o la semplice pratica di uno sport, se trasformi in un comportamento patologico.
E, come se non bastasse l’influenza dei miti da copertina e il risalto che si dà a diete di grido made in Usa, fanno del body design ( nuova cultura del corpo modificato), un vero e proprio fattore socializzante.
Ecco, quindi, il passe-partout per il successo nella vita: essere bello a ogni costo. Più ti assomigli a un’Agelina Jolie o un Brad Pitt, più successo in carriera ti aspetta.

Ma non preoccuparti. Secondo Di Bari, entro il 2020 la chirurgia estetica verrà percepita come un investimento per avere un maggior successo nelle relazioni umane e nella carriera professionale.
Oggi, chi è più bello guadagna il 5% in più rispetto alla media, il che vuol dire che, chi è brutto guadagna 5% meno di chi è bello? Niente affatto. 
Se sei brutto, caro anatroccolo, puoi scommettere che guadagnerai 9% in meno, conferma una ricerca fatta dagli economisti americani Kristie Engemann e Michael Owyan della Federal Reserve.

Recente sondaggio dell’Academy of Facial Plastic and Reconstructive Surgery, indica che l’80% degli americani, considera l’aspetto fisico un fattore determinante per fare carriera e pensa che, per rimediare questa “temibile” falla nel proprio curriculum, ci voglia soltanto un bisturi. L’Ela (Employment Law Alliance) dichiara, infatti, che 1 lavoratore americano su 6 ha denunciato di avere subito discriminazioni per colpa dell’aspetto fisico non “idoneo”, tali quali: chili di troppo, acne, bassa statura. 

Grazie a Dio, nel 2025, tutti potranno dormire sono tranquillo. Arriveranno le nuove discipline scientifiche per plasmare ogni corpo umano del pianeta, la biomeccatronica – la scienza che utilizza discipline diverse come: biologia, robotica, microelettronica, informatica, per bio- ibridizzare la specie umana. Grazie all’ingegneria genetica, si potrà comandare la crescita muscolare – ad esempio – attraverso il gene “Igf1” e scolpire un corpo mozzafiato, senza alcuno sforzo. E senza bisturi.)
Saremmo, quindi, tutti degli JoliePitt. Punto e basta. E per di più, technologicus. Cosa se vorrà di più della vita? E non venire a dirmi quel patetico un Lucano che per altro fa schifo!
Niente più concorsi di bellezza, noiosi come Miss Italia, niente veline, letterine e via dicendo.
Chi sa come sarà felice Antonio Ricci! Niente più sbancare l’audience con tutte quelle veline sponsorizzate, con tanto di raccomandazione!
Alla fine… non solo la legge sarà uguale per tutti ma pure la bellezza!
Infine… una vera Par condicio!
Fonte: Homo Technologicus di Giuseppe Longo
Il Futuro che c’è già – Vito Di Bari

venerdì 22 aprile 2011

Il preconcetto sull’Astrologia



Credere o non credere nell’Astrologia? Sì. L’Astrologia è una scienza a tutti gli effetti! 


Astronomia: (dal greco astron, stella, e nomos, legge) scienza che studia le posizioni relative, i movimenti, la struttura e l'evoluzione degli astri. Oggetti studiati dall'astronomia: nel Sistema solare: Sole, pianeti, satelliti asteroidi, comete, polvere interplanetaria; nella Galassia: stelle, ammassi di stelle, nebulose, polvere interstellare; nell'Universo: galassie, quasar, ammassi di galassie, polvere intergalattica, vari tipi di radiazione in cui è immerso l'Universo”.

Kryon -  E adesso parliamo di astrologia. Potrebbe sembrare un argomento esoterico, ma non lo è. E’ l’aspetto della scienza più incompreso di tutti… ha su di sé un’etichetta di occulto, e che sia per persone che pensano in modo poco lucido. Permettetemi di ricordarvi che pensavano la stessa cosa anche di quelli che non credevano ai germi prima che fosse comprovata la verità. 
Figuratevi… un micro-organismo che provoca delle malattie (gasp… deve essere una cosa oscura, o un piano degli ET per invadere la Terra!). Dopo che i vostri strumenti e la vostra saggezza arrivò a capirlo, è diventata una scienza che ha salvato delle vite. Ora vi diciamo che lo stesso vale per l’astrologia, che al momento è considerata una scienza mistica.

Se avete seguito la mia esposizione sul magnetismo, avrete compreso che gli Esseri Umani sono continuamente influenzati dalla griglia magnetica del pianeta e che è stato così progettato in funzione della comunicazione e dell’equilibrio. Vorrei svelarvi ciò che sta arrivando (depositandosi) sulla griglia magnetica che potrebbe riguardare la comunicazione di cui stiamo parlando. Oh, sono moltissime le informazioni che vengono trasmesse in questo modo, ma vi parlerò soltanto dell’informazione astrologica.

Nel centro del vostro sistema solare c’è il sole. Il vostro sole è foggiato dal punto di vista magnetico, ogni secondo della giornata, dalla gravità. Non potete separare la gravità dal magnetismo perché sono come due gemelli dalle caratteristiche scientifiche comuni, però si deve comprendere come sono tra loro collegati. Entra in gioco anche la luce, perché anch’essa è interdimensionale. Quando nella vostra realtà una cosa si manifesta in due luoghi contemporaneamente, essa è quantica [caratteristiche interdimensionali] e la luce cade in questa categoria insieme al magnetismo e alla gravità. Magnetismo, gravità e luce sono i misteri della vostra realtà. Nessuno di questi tre è veramente capito, ma tutti e tre vengono semplicemente usati. Sapete cosa fanno, ma non avete idea di cosa siano. Il tempo è un altro di questi, ed è il risultato dei primi tre e non un’energia in se stessa.

Quindi, il vostro sole se ne sta lì, con i pianeti che tirano e spingono girando intorno ad esso. Immaginate la forza della tensione sul sole operata da tutti i vostri pianeti nei vari allineamenti che intervengono nel loro moto. Immaginate, per un momento, di poter vedere la gravità e quelle incredibili forze gravitazionali come filamenti che fuoriescono dai pianeti puntando sul centro del sole. Verrebbe a crearsi un continuo cambiamento delle configurazioni dei filamenti, non è vero? Ogni giorno, in ogni momento, ci sarebbe una diversa configurazione.

Questo modello è un modello interdimensionale del sole. Quindi, potreste dire che il modello quantico del sole è diverso ad ogni istante, secondo la posizione dei pianeti. Avreste ragione. Pensate alle caratteristiche date da questo tira e spingi sul sole quando i pianeti si allineano perfettamente! Pensate a cosa succede quando c’è quella che sembra essere una retrogradazione [il moto apparentemente a ritroso delle orbite osservato quando si sta su una base che orbita a sua volta]. Così noi ci troviamo con un modello del sole in continuo cambiamento, un cambiamento che è interdimensionale, magnetico e che influenza anche il tempo.

Cosa sapete del sole oltre il fatto che invia luce e calore? Il sole emette verso la Terra ciò che viene chiamato vento solare. E’ un flusso ininterrotto di particelle cariche [magnetismo!]. Questa è l’informazione del modello solare inviato alla griglia magnetica della Terra. E se lo dubitate, allora osservate le aurore boreali, perché questo è il nome che si dà al vento solare quando colpisce la griglia magnetica del pianeta, creando una sua induttanza, trasferendovi informazioni del modello del sole.

Quando arriva alla griglia del pianeta, questo modello viene poi trasmesso ancora per induttanza al vostro DNA di nascita. Voi lo ricevete alla nascita, poiché questo vi arriva con la vostra prima boccata d’aria, la vostra prima interazione con l’ambiente come essere indipendente. Acquario, Pesci, Cancro – ricevete un modello dal sole. Il modello è un riflesso dell’allineamento dei pianeti al momento della vostra nascita. Questo modello si deposita nel vostro DNA come forza vitale, ciò di cui abbiamo parlato ieri quando illustravamo l’apparente caos dell’energia nella scena interdimensionale. Questo modello vi influenza e, da quel momento in poi, siete sensibili all’energia delle configurazioni nel momento in cui si allineano all'interno del vostro sistema solare. Voi questo la chiamate astrologia: è una delle scienze più antiche del pianeta e rientra nell’intuizione [quella parte della vostra coscienza che “sa”].

Ci sono persone che dicono: Io non ci credo. 
Vi abbiamo appena spiegato che siete sensibili alle configurazioni della meccanica celeste interdimensionale e alcuni dicono: Continuo a non crederci. Va bene, vi farò una domanda: come spiegate la sindrome da luna piena? La Luna è il più grande oggetto che orbita intorno alla Terra, invia un modello al sole ma ha un impatto ancora più influente sulla vostra griglia con la sua attrazione gravitazionale. [La gravità è legata al magnetismo]. Perché le forze di polizia di tutto il mondo decidono di aumentare la guardia quando c’è la luna piena? C’è chi dice: Beh, è facile. C’è più chiaro e succedono più crimini. No. Questo si collegherebbe alla luce e non all’orbita della luna, invece succede anche quando la luna piena è coperta dalle nuvole. Chiedete agli ospedali, perché anche loro si trovano nella stessa situazione, dato che in quei giorni si devono prendere cura di numerosi incidenti e problemi tra gli Umani. Sanno che il periodo di luna piena è un momento difficile. Allora, spiegatelo… e l’unica spiegazione è l’astrologia. L’astrologia ha un’influenza importante sul comportamento Umano, è una scienza e coinvolge il DNA e il pensiero Umano. Riuscite a immaginare l’aiuto che potrebbe essere per l’umanità quando questo sarà infine riconosciuto? Voi siete sensibili al movimento dei pianeti. Siete vivi con Gaia. Siete una parte del sistema. Come potete negarlo? Questa è scienza. 
Ora, astrologi, capirete perché 18 anni fa vi abbiamo detto che nelle carte del cielo ci sarebbe stata una differenza che doveva essere corretta da prima a dopo, per scoprire ciò che c’è stato nel cambiamento dell’energia e nel cambiamento della griglia magnetica tra un tempo e adesso. Abbiamo parlato di un’influenza di circa tre gradi tra allora e il 2012. Questi gradi non sono in un’unica casa. Questi tre gradi si trovano alla cuspide delle case, aprono e chiudono l’ampiezza della nuova configurazione. Procedete, correggete e vedete cosa intendiamo. Effettuate un confronto tra prima e dopo, e scoprirete grazie a questi clienti che dovevate stendere delle carte per allora e per adesso, per ciò che sta succedendo e in che modo questi cambiamenti stanno modificando. La classe degli astrologi sa che è in atto un cambiamento. Anche l’astrologia è dinamica, infatti si collega al magnetismo!

domenica 17 aprile 2011

O Preconceito sobre a Astrologia



Il Preconcetto sull'Astrologia - Italiano



Acreditar ou não acreditar em astrologia? Sim. Para todos os efeitos, a astrologia é uma ciência!
"Astronomia: (do grego astron, estrela, e nomos, lei) ciência que estuda as posições relativas, os movimentos, a estrutura e a evolução dos astros. Objetos estudados pela astronomia: no Sistema Solar - Sol, planetas, satélites, asteróides, cometas, poeira interplanetária. Na Galáxia - estrelas, aglomerados de estrelas, nebulosas, poeira interestelar. No Universo - galáxias, quasares, aglomerados de galáxias, poeira intergaláctica , vários tipos de radiação que envolve o Universo. ". 

Astrologia. Este poderia parecer um tema esotérico, mas não é. É um dos mais incompreendidos atributos da ciência...  classificado como oculto por aqueles que não estão pensando de forma clara. Deixe-me lembrar-lhes que esta também foi a consideração dos que não acreditavam na existência dos germes, antes de ser provado que era algo verdadeiro. Imaginem... um microorganismo, invisível, que causa doenças (deve ser algo oculto ou um plano dos ETs para invadir a Terra!) Quando seus aparelhos e sabedoria vieram a compreender tudo isto, tornou-se ciência, e ajudou a salvar vidas. 

Kryon: Nós dizemos que com a astrologia é a mesma coisa. É uma ciência que neste momento é considerada misticismo.
 Se vocês acompanharam até aqui a minha discussão sobre o magnetismo, compreenderão que os seres humanos são continuamente influenciados pela grade magnética do planeta, e que ela foi projetada daquela forma para comunicação e equilíbrio. Eu gostaria de revelar para vocês o que está sendo depositado no campo magnético, que poderà ser parte da comunicação sobre a qual estamos falando. Oh, há muita informação que é entregue desta maneira, mas darei a vocês apenas a informação astrológica.

A coroa do Sol é serpenteada por uma complexa rede .
No centro do seu sistema solar está o Sol, que está sendo padronizado magneticamente com a gravidade, a cada segundo do dia. Não se pode separar o magnetismo e a gravidade, pois eles são como dois gêmeos com os mesmos atributos científicos, que ainda precisa ser compreendido como se relacionam um com o outro. A luz também está envolvida, pois é interdimensional. Quando algo em sua realidade se manifesta em dois lugares ao mesmo tempo, esse algo deves ser quântico [atributos interdimensionais] e a luz se encaixa nesta categoria, juntamente com o magnetismo e a gravidade. Magnetismo, gravidade e luz são os mistérios da realidade de vocês. Nenhum deles é realmente compreendido. Ao contrário, eles são simplesmente usados. Vocês sabem o que eles fazem, mas não tem nenhuma idéia do que são. O tempo é um outro, e é o resultado dos três primeiros e não uma energia por si mesmo.

E então, no centro do seu sistema solar está o seu Sol com os planetas puxando e empurrando sobre ele, enquanto movem-se ao seu redor. Imagine a força do puxão sobre o Sol de todos os planetas e os vários alinhamentos pelos quais passam. Imagine por um instante que você pudesse ver a gravidade e as incríveis forças da gravidade como cordas que saem dos planetas puxando o centro do Sol. Isto criaria um padrão de cordas que muda constantemente, não é? Pois ele tem configurações diferentes diariamente, a cada momento.
Este modelo é um modelo interdimensional do Sol. Portanto, você poderia dizer que o padrão quântico do Sol é diferente a cada momento, dependendo de onde os planetas estiverem. E você estaria certo. Pense sobre o que os atributos destes puxões e empurrões fazem com o Sol quando os planetas se alinham em uma fila! Pense sobre o que ocorre quando acontece o que vocês chamam de retrógradação aparente [aparência de um movimento para trás nas órbitas como observado de outra plataforma em órbita]. Então, aqui estamos nós com um padrão de Sol, mudando constantemente, uma mudança interdimensional, magnética e que afeta até mesmo o tempo.

O que vocês sabem sobre o Sol além do fato de que está enviando luz e calor? O Sol envia à Terra algo que é chamado vento solar. É um fluxo contínuo de partículas carregadas [magnetismo!] Esta é a informação da padronização do Sol sendo enviada à grade magnética da Terra. E se você duvida disto, então dê uma olhada na aurora boreal. Pois este é o nome dado ao show de luzes do vento solar, enquanto ele se choca com a grade magnética do planeta, criando sua própria indutância, transferindo informação da padronização do Sol para vocês.
Quando chega à grade do planeta, esse modelo é então transmitido através de indutância adicional para o seu DNA, no momento do seu nascimento. Você o recebe com a sua primeira inspiração do ar, sua primeira interação com o ambiente, como ser independente. Você então tem um padrão... aquário, peixes, câncer. Voce recebe um modelo do Sol que é o reflexo do alinhamento dos planetas no momento do seu nascimento. O padrão é retido em seu DNA como uma força vital. Ela lhe afeta e dali por diante você fica susceptível à energia daquelas configurações, no momento em que elas se alinham em seu sistema solar. Isto é chamado astrologia. É uma das mais antigas ciências no planeta e é intuitiva [aquela parte da sua consciência que ‘sabe’].

Há aqueles que dizem, “Eu não acredito nisto”.
Nós acabamos de dar a vocês informações de que são susceptíveis à padronização da mecânica orbital interdimensional e ainda assim alguém diz, “Eu ainda não acredito.” Tudo bem, então como você explica a síndrome da lua cheia? A lua é o maior corpo em órbita da Terra, e ela padroniza o Sol, mas tem uma influência muito maior na grade magnética com a sua atração gravitacional. [A gravidade está relacionada com o magnetismo.] Por que será que as forças policiais, em todo o mundo, decidem colocar ajuda extra durante a lua cheia? E alguns dizem, Ah, esta é fácil! É porque na lua cheia é mais claro e por isso mais crimes acontecem. Não, porque é algo que acontece até mesmo durante noites nubladas de lua cheia. Perguntem nos hospitais, pois eles também estão envolvidos, cuidando dos vários acidentes e desafios entre seres humanos naqueles dias. Eles sabem que a lua cheia é um momento difícil. Tentem explicar isto... e a única forma é através da astrologia. A astrologia há uma grande influência no comportamento humano, é ciência e envolve o DNA e o pensamento humano. Vocês podem imaginar o que isto pode fazer para ajudar a humanidade quando for, finalmente, reconhecida? Vocês são susceptíveis ao movimento dos planetas. Vocês estão vivos com Gaia. Vocês são parte do sistema. Como podem negar tal coisa? Isto é ciência.

Os mapas devem ser retificados
Astrólogos, há 18 anos atrás dissemos que haveria uma diferença nos mapas, entre aquela época e agora (2007), e que deveriam ser retificadas devido à mudança energética e à mudança da grade magnética. Nós falamos sobre uma influência de três graus em seus mapas entre agora (2007) e o ano 2012. Estes três graus não ocorrem todos em uma única casa. Estes três graus são a culminação das formas das casas abrindo e fechando em uma nova configuração de tamanhos. Vão adiante, façam as retificações e vejam o que queremos dizer. Façam um confronto antes e depois e vocês descobrirão através daqueles clientes, de quem fizeram mapas naquela época e agora, o que está acontecendo e em que modo estas mudanças estao se transformando. Os astrólogos de categoria mundial sabem que está havendo uma mudança. Até mesmo a astrologia é dinâmica, pois, realmente, está relacionada com o magnetismo! 

mercoledì 13 aprile 2011

O Fluxo do Dinheiro é Determinado pela Corrente Eletromagnética do Pensamento!



Todos nós temos muitas crenças sobre o dinheiro que não têm nada a ver com aquilo que o dinheiro realmente representa.
O dinheiro é simplesmente representante do fluxo da energia que está por trás dele - nada mais, nada menos. Não há nada inerentemente bom ou mau sobre o papel e as moedas que usamos para representar este fluxo.
Você deve aceitar o fato de que é merecedor da abundância da riqueza. A prosperidade em sua vida deve representar o elo da crença de que você a merece. À mercê de crenças totalmente infundadas, aprendemos que o dinheiro não traz benefícios e que a riqueza não leva aos céus mas as boas ações. Enquanto seres terrenos, é honroso aceitar e desfrutar de todas as riquezas que o Universo propõe à humanidade. Tudo è simplesmente ENERGIA! E como qualquer energia, você pode usá-la, para o beneficio ou não, de si mesmo e dos outros.
Crescemos em uma cultura onde o dinheiro é visto como algo sujo, demoníaco ou  que apenas poucos são merecedores.
Não é a natureza do dinheiro em si que determina a maneira pela qual as pessoas o obtem e o usa. O dinheiro obtido ilegalmente ou desonestamente, não é ruim ou sujo. O dinheiro em si não cria condições de abundância ou escassez. O dinheiro não tem controle nem sobre você, nem sobre os outros e não fornece interesses adquiridos. O dinheiro não te faz sofrer pela sua falta. O dinheiro simplesmente responde à entrada de energia da pessoa que ganha e o gasta.

Para ser capaz de parar de ceder o seu poder ao dinheiro, é preciso se destacar e olhar o dinheiro pelo que ele é. Não há nada para julgar em mérito ao dinheiro. Ele, por si só, não causa o bem ou o mal. 

Atraindo um maior fluxo do dinheiro para si

Se você quiser atrair um fluxo maior de dinheiro em sua vida, você precisa fazer alguns ajustes energéticos em seus pensamentos e em seu ser. Nós controlamos o dinheiro, e ele responde às energias que fazemos circular no mundo. Não é o dinheiro que deve  controlar você, mesmo que às vezes possa parecer dessa maneira.
Você pode usar a energia que o dinheiro representa para tornar a sua vida terrena rica e cheia de alegria, ou você pode usar essa energia para se infligir dor e sofrimento. Se você estudou alguma coisa sobre a nova ciência e a física quântica, saberá que tudo é energia. Tudo o que conhecemos como realidade criada, na verdade é energia em movimento sob a forma de ondas sonoras que vibram a um determinado nível de freqüência. São os padrões das ondas sonoras que formam a matéria densa e a natureza transparente da terra, tornando-as mais leve do que os planos etéreos e, até as dimensões mais elevadas, onde tudo é um padrão em movimento de luzes e cores. É o ritmo das vibrações ou freqüência das ondas, que determina a natureza de sua manifestação na realidade.

Nosos pensamentos são correntes eletromagnéticas

Quando o fluxo de corrente elétrica se comporta como deve ser, a eletricidade funciona perfeitamente. Sendo o nosso próprio pensamento, uma forma de corrente eletromagnética, o mesmo deveria valer por aquilo que se manifesta em nossas experiências de vida. Se não houver uma avaria no equipamento, nenhum bloqueio de corrente, então a nossa realidade deve funcionar perfeitamente. 

Você pode ter qualquer coisa deseje.
A corrente dos nossos pensamentos é, naturalmente, também uma questão de freqüência ou a taxa do ritmo da vibração sonora. Quando a corrente dos nossos pensamentos é bloqueada pela vibração densa e mais lenta de outros pensamentos, a corrente não pode levar à manifestaçao desejada. A realidade que experimentamos na nossa vida poderá estar muito longe do pretendido. A razão para isso reside nos pensamentos do medo, da dor, da impotência e culpa, que são muito densos e de vibração inferior.
Estes baixos pensamentos terão o efeito de bloquear e de provocar um curto-circuito na nossa corrente criativa, no nosso poder, concedido por Deus, de manifestar a realidade que escolhermos. Como a corrente elétrica que chega em sua casa, se não for concertada a disfuncionalidade, continuará a dar problemas e sua vida não vai funcionar de modo eficaz.

Considerando com atenção este conceito de fluxo de energia sob forma de corrente elétrica, a partir da perspectiva do dinheiro
O dinheiro é simplesmente matéria assunto, em si mesmo. É papel ou metal. Não tem um poder próprio, nem tem uma própria força. O seu fluxo é determinado pela corrente eletromagnética do pensamento que lhe está por trás. É o pool coletivo desses pensamentos eletromagnéticos, na consciência planetária, que determina a natureza dos sistemas monetários do mundo. Os pensamentos e os sistemas de crenças que temos em relação ao dinheiro e à abundância, representa as manifestações do nosso alinhamento de frequência sobre este plano. Estes são, de fato, apoiados e reforçados por semelhantes pensamentos e sistemas de crenças da maioria da humanidade.
Mas você pode, contudo, ter o controle de sua corrente eletromagnética que vai criar a forma em que a energia por trás do dinheiro irá fluir em sua a vida. Se você procurar manter os cabos livres, a energia  que é representado pelo dinheiro fluirá dentro e fora, sem problemas e regularmente. Saiba que qualquer coisa que você criar com o poder de seus pensamentos se manifestará em sua experiência.
Então, a chave para ser completamente auto-determinado em relação a seus pensamentos e àquilo que se manifesta em sua vida por meio deles, não está em sua mente pensante. Está em suas emoções. O poder da manifestação encontra-se em seus sentimentos, não no que você pensa.
Existem, atualmente, novas energias no Planeta que permitem mudanças nos nossos padrões de crenças, mas elas precisam ocorrer através de um processo interno de aceitação e amor por nós mesmos.
Criando Abundancia - Cap. XIII

Abandone esses conceitos e padrões de crenças que limitam a prosperidade:
O dinheiro honesto é ganho com suor do rosto.
- Quem nasce pobre morre pobre.
- O rico fica mais rico, o pobre fica mais pobre.
- Deus ama os pobres.
- Dinheiro não traz felicidade.
- Dinheiro que vem fácil vai fácil.
- Só os pobres alcançam os reinos dos céus.
- Não tenho sorte.
- A vida dura molda homens fortes.
- Não posso cobrar por algo que recebi de graça.
- Quem guarda sempre tem.
- Dinheiro não cai do céu.
- Ganho meu dinheiro com sacrifício.
- Nada é fácil para mim.

giovedì 7 aprile 2011

Siamo il risultato dei nostri pensieri

Somos o que pensamos - Portugues


È possibile ottenere qualsiasi cosa si scelga, ma non sempre ciò che si sceglie è ciò che si "vuole”.

Il mondo intero guarda ora l'alba di una nuova coscienza, di un nuovo potere e di un successo senza precedenti delle risorse presenti all'interno del sé. Il secolo attuale produrrà un grande progresso mai registrato prima nel campo del potere mentale e spirituale.
Così come le forze più potenti della natura sono invisibili, hanno scoperto che anche le energie più potenti di una persona sono le sue forze invisibili, la forza spirituale.

L'unico modo che la spiritualità deve manifestarsi è attraverso il processo del pensiero.
Il pensiero è la sola attività esercitata dallo spirito e conduce a un unico prodotto: il pensiero. L'energia di un solo pensiero è in grado di consentire le attività nei nervi, muscoli e cervello. Basta coltivare un certo numero di pensieri su un argomento, per indurre un completo cambiamento nell'organizzazione fisiologica di una persona. Questo è il processo attraverso il quale, il fallimento si tramuta in successo e la malattia in salute.

Oggi, la scienza è d'accordo sul fatto che ci sia solo un Principio, Coscienza o Mente ed è ciò che pervade l'intero Universo, occupando tutto lo spazio ed è sostanzialmente identico in ogni punto. Questa sostanza è estremamente potente, totalmente saggia e onnipresente. Contiene tutti i pensieri e tutte le cose. E', quindi, dappertutto.

Nell'universo esiste una sola coscienza capace di pensare, e quando pensa, i suoi pensieri diventano concreti, per legge. Poiché questa coscienza è onnipresente, dev’essere logicamente presente in ogni individuo e ogni individuo dev’essere una manifestazione di questa coscienza onnipresente, onnipotente e onnisciente. Che significa: la nostra coscienza è identica alla coscienza universale, vale a dire, c'è solo una mente. Noi rappresentiamo l'individuazione dell'Universo. Non c'è modo di sfuggire a questa conclusione.

Scelta consapevole

Quando si sceglie qualcosa che si desidera ricevere, dev’essere scelta con tutta la forza del cuore. Non si deve mai sbiadire, persistere fino a vedere la cosa compiuta. Se non si agisce in questo modo, è molto meglio non iniziare l'elaborazione di un progetto. Quando si comincia qualcosa e non si completa, o quando si propone di fare qualcosa e non la realizza, si crea nella psiche l'abitudine al fallimento. Se pretendete fare qualcosa, cercate di portarla avanti finché non è conclusa, anche se il mondo ti cada addosso. Non lasciare che niente e nessuno interferisca. Questo è credere, ed è nota come fede.

Quando progettate qualcosa, il vostro IO - o la vostra anima - ha già deciso, insieme con voi. Il programma è già stato definito, non bisogna aggiungere nulla. E voi non avete motivo di andare avanti e indietro.
Il nostro "Io" non è il corpo fisico, e non è la nostra mente. Essi sono solo gli strumenti che lo IO usa per pensare, ragionare e progettare.

Facciamo delle scelte ogni momento della nostra vita, consapevole o inconsapevolmente. Scegliendo inconsciamente, corriamo il rischio di ricevere sia il desiderato sia l’indesiderato perché tutto ciò che realizziamo in un singolo giorno, è il risultato delle nostre scelte: Vado in macchina o a piedi, mangio hamburger o insalata, mi metto in rosa o in blu? Tutte queste scelte portano con sé un risultato buono o cattivo, alla fine. La Mente Universale risponde sempre e cerca di dare forma a ciò che si presta attenzione, che sia positivo o negativo. Questa Mente non giudica mai. Riceve informazioni attraverso il potere dei pensieri cercando i mezzi per materializzarli. Questo significa che non c'è un’entità che ci risponda quando è in vena, o che ci respinga quando abbiamo commesso un "peccato" e così via. Dio non "dona" niente di più perché Lui ci ha già dato tutto il necessario per ottenere ciò che vogliamo. Lui ci ha dato la condizione e il meraviglioso potere di creare e realizzare. Siamo noi a creare tutto quello che abbiamo nella nostra vita attraverso il pensiero, le parole e le azioni, con il libero arbitrio. Siamo un essere creativo, fatto a immagine e somiglianza di Dio, ed è possibile ottenere tutto ciò che si sceglie, ma attenzione: non sempre ciò che si sceglie è ciò che si "vuole", anzi, se si vuole una cosa molto fortemente, probabilmente non la otterrà mai.

Perché questo paradosso?

Il pensiero, si sa, è creativo e il pensiero di "volere" è una dichiarazione fatta all'Universo, l'affermazione di una verità che l'universo produce nella sua realtà. Se tu dici me voglio quello, l’universo interpreta e ti dà esattamente questa esperienza: quella di "volere" quella cosa. E’ molto diverso quando si crea una determinazione con l'intento di ottenere, non di volere.
Qualsiasi parola si metta dopo lo IO diventa un comando creativo. Il genio della lampada - o Dio - produce ciò che si sceglie, si sente e si dice.

Allora come si spiega il fatto di fare troppo a lungo - o addirittura non arrivare mai – quello che ho scelto?

Ci sono diverse ragioni: perché non ci credi in meritare quella cosa scelta o perché non sai cosa scegliere, perché continua a cercare di capire ciò che è "meglio" per te, perché tu vuoi una garanzia preliminare di che le tue scelte saranno giuste o perché continui a cambiare le tue idee.
Vivere una vita di scelte è vivere una vita di azioni coscienti. Una vita vissuta a caso è una vita di reazioni inconsce. Una reazione non è altro che un ricorso fatto in passato. Quando si re-agisce, si sta semplicemente dando un valore ai dati in arrivo, cercando attraverso il labirinto della memoria, la stessa esperienza (o simile) per agire allo stesso modo che ha agito in precedenza. Questo è un lavoro mentale, non dello IO – ma dell’anima.
Quando si perde tempo a cercare di analizzare ciò che è "migliore" per te, l'unica cosa che stai facendo è proprio questo: perdere tempo.
Agire dal punto di vista dell'anima, non di quella mentale, è risparmiare un sacco di tempo. Le decisioni sono prese più rapidamente e le scelte sono rapidamente attivate, senza la revisione, senza l'analisi critica delle esperienze passate. Quindi, l'anima crea, la mente reagisce.
L'anima sa che la tua esperienza attuale ti è stata data da Dio, prima ancora che tu fossi cosciente. Ogni Adesso è un dono prezioso di Dio, perciò è chiamato presente.
L'anima comprende che Dio è uno con te, anche se la mente continua a negare questa verità e il corpo reagisce con base in tali negoziati.
Pertanto, nel momento di prendere decisioni importanti, esci della mente e cerchi l'anima. Quando si spende tempo ad analizzare ciò che è "meglio", le scelte saranno prudenti, le decisioni incredibilmente lente e il viaggio sarà un mare di aspettative, dove è possibile annegare.

Se si desidera portare più potere nella vostra vita, è meglio cercare di prendere coscienza di questo potere; per avere una salute migliore, cercare di aumentare la consapevolezza di salute, per provare felicità, cercare ad avere più consapevolezza di essa. Personalizzare lo spirito di queste cose fino a farle diventare tue.
Ricordati: Bisogna Essere prima di fare, e possiamo fare solo quando siamo e ciò che siamo dipende da ciò che pensiamo.



Fonte: Conversazioni con Dio 2 - The Master Key System

sabato 2 aprile 2011

As leis da Física são seis e não quatro!

Tradicionalmente, o físico moderno tem listado 4 interações fundamentais para as leis da fisica, que são: gravidade, eletromagnetismo, a força nuclear fraca, e a força forte. Aqui alguns físicos e matemáticos encontrarão alguns desafios muito interessantes e oportunos para se refletir!

"Segundo os cientistas, as únicas quatro forças que controlam tudo são: a gravidade, conhecida como uma força fraca, o eletromagnetismo, conhecido como uma força forte e as duas formam um par. A número três é conhecida como força nuclear fraca e a quarta é conhecida como força nuclear forte e formam um outro par. Estas quatro forças supostamente são responsáveis por tudo o que acontece, mas de repente, parece haver um dilema. Há uma energia faltante! Isso talvez, não poderia dar-lhes uma intuição de que as quatro forças poderiam ser seis? E são. Eu quero que vocês observem a natureza em seu planeta. Quase tudo vem em fatores de 12.

Há seis forças na natureza. Jà notaram que, mesmo o quatro sendo um fator de doze, o seis e o doze são aqueles que mais aparecem, e são os mais parecidos com a natureza? Olhem para a química do DNA e contemplem os fatores de 12 presentes lá. Está em toda parte. 
Eu darei os atributos das outras duas forças mas não os nomes, pois elas serão nomeadas de acordo com o que a ciência desejará mostrar mais tarde, quando então explicarão a matéria escurao que irá introduzir o conceito de leis multidimensionais. E aqui, será quando você começará a entender Deus na Física.
Essas novas leis da física irão ajudá-los a entender e explicar o que vocês vêem no Universo e na Galáxia. 
Eu não pretendo dar informações de algo que vocês ainda não possuem ou que ainda não tenham imaginado ou descoberto intuitivamente no planeta, mas permita-me um indicio: A Física em sua galáxia não é necessariamente a mesma Física para todas as galáxias e, portanto, eu aconselho que você limite o seu conhecimento e estudos à sua própria galáxia. Acredite em mim, há muito mais para se descobrir. Não extrapolem o que descobrem aqui para as outras galáxias e outros céus, porque eles possuem o seu próprio sistema espiritual. A essência criativa da vida vem do centro de sua galáxia e é só o que direi por agora.

E o que tem a oferecer essas duas novas leis?
Principalmente, dará uma explicação do que é a matéria escura presente na vastidão do espaço. Existe energia na Física multidimensional. O aspecto quântico da parte multidimensional do átomo ainda não foi compreendido, mas há uma tremenda energia aí que explicará o que os astrônomos vêem no céu: uma energia que foi identificada, mas que não se pode ver e, erroneamente, considerada como parte do sistema de Newton, mas não é. É um sistema não linear, parte da física multidimensional.

Existe uma diferença entre a galáxia e o sistema solar - uma grande diferença. Newton ouça. No meio do sistema solar existe massa comum. Não importa o quão grande ou o quão pequeno seja o sol em qualquer sistema solar ele representa massa comum e consistente. Quando vocês entram em sistemas gigantescos, como as galáxias, é aí que encontram a magia e as descobertas. Há anos atrás nós lhes dissemos o que estava no meio de cada galáxia causando a rotação, mesmo antes de ser notado pela ciência. Nós dissemos que há algo no meio, algo interdimensional - um buraco negro. Há alguns anos atrás nós demos então o resto da história; dissemos que há gêmeos no meio de cada galáxia. Há dois atributos quânticos. Um vocês chamam de buraco negro, o outro não podem ver. Este é o gêmeo. Eles são um sistema empurra/puxa de energia interdimensional. Eles representam a peça faltante das forças do universo e a energia que oscila, indo e vindo.
Deixe me dizer-lhes o que acontece quando vocês têm este tipo de energia interdimensional no centro de qualquer coisa. A lei de Newton não mais se aplica, pois o centro não é uma massa comum. Esta energia interdimensional tem uma coesão. Ela cria uma galáxia com rotação em disco constante devido a esta coesão. Todo um conjunto de leis para uma força interdimensional fraca e uma forte deve ser desenvolvido. Estas são as duas últimas forças. Agora vocês têm as seis. Vocês têm gravidade, eletromagnetismo, força nuclear forte e fraca e agora a número cinco e a número seis que são a força interdimensional forte e fraca. Que tal?  


Nova Informação sobre o Centro das Galáxias.
Cada galáxia tem um sistema empurra/puxa em seu centro. Este é um sistema de energia gêmea, mas vocês só veem um. Vocês estão convencidos de que é invisível, um buraco negro. Nenhuma luz escapa, mas vocês pensam que é algo singular, uma única coisa. Como são tridimensionais! Não é apenas uma coisa. Ao contrário é um belo buraco de uma agulha, duplo. Agora ouçam. Quando começarem a mapear o universo e observarem como as galáxias são realmente colocadas juntas, já saberão que não é algo aleatório. Isto não é interessante? O que vocês chamaram de Big Bang não deveria estar distribuído de forma aleatória por toda parte a partir do quase nada? Então por que existe um padrão? Esta é a parte bela, querido ser humano. Existe um padrão no aparente caos do evento interdimensional que foi o Big Bang. Como jà dissemos, o seu Big Bang foi na verdade uma grande colisão interdimensional com outra força interdimensional. A interdimensionalidade parece ser o caos com um padrão escondido.
Imagine comigo, por um momento, uma agulha gigante. Passe duas linhas por ela. Uma vai para dentro do buraco negro e a outra sai dele. Estas linhas são cordas de força interdimensional que depois se conectam com outras galáxias, entrelaçando-se para dentro e para fora de seus centros que são buracos negros de olho duplo. Um sistema puxa/empurra - uma força interdimensional da qual ainda não estão conscientes, alinhavando as galáxias umas às outras. Agora visualizem em sua mente este acolchoado tendo uma simetria e um propósito. Se vocês pudessem olhar para o meio dele, para o meio do universo, a partir de certo ângulo, teriam a simetria de uma mandala. As galáxias são formatadas lindamente juntas, em uma dança elegante. A simetria faz sentido e é de base 12. Nós lhes desafiamos a encontrar isto. E aquilo que parecem fios entrando e saindo dos centros das galáxias, estas novas forças que acabei de descrever, é uma malha. Uma malha com simetria e propósito... a malha cósmica. Ela tem beleza. E é a energia faltante do universo segundo aqueles que procuram por ela. A matéria escura que todo mundo procura não está nos espaços vazios entre as coisas. Está nas cordas de forças interdimensionais entre as galáxias, colocadas lá propositalmente. Oh, é um sistema maravilhoso. Vocês desejam que a matéria escura faça sentido em 3D, mas não pode ser assim. Ela lida com as duas forças interdimensionais do universo que são quânticas e, portanto, estão fora do tempo e da previsão de suas fórmulas 3D