sabato 17 giugno 2017

Tutti noi siamo piccoli veicoli di energia e informazioni.


La semplicità è la necessità di distinguere sempre, ogni giorno, l’essenziale dal superfluo.
Ermanno Olmi

È molto diffusa la credenza che per ottenere il successo sia necessario lavorare fino allo sfinimento ed essere disposti a qualsiasi tipo di rinuncia e sacrificio, se davvero vogliamo raggiungere l’obiettivo.
Siamo cresciuti con il mito del piacere derivante solo ed esclusivamente dalla fatica e dal lavoro intenso, e siamo abituati ad  associare il concetto di successo, col fare di più, lavorare giorno e notte e immolarsi alla causa.È arrivato il momento di rovesciare questo paradigma.

Noi costruiamo la nostra realtà, osservando i fatti e mettendoli in schemi, per forgiare i nostri modelli mentali. Questi schemi sono presenti in tutte le conoscenze acquisite nel corso della vita, potendo "anestetizzare" e impedire l'acquisizione di nuovi modelli informativi, se non stiamo attenti.
A causa di questi schemi prestabiliti, non sempre interpretiamo correttamente ciò che vediamo. Essi possono rappresentare barriere che bloccano il progresso personale e professionale.
Tutti noi crediamo che ciò che vediamo corrisponda sempre alla "realtà", ma la verità e che stiamo guardando una rappresentazione, una mappa che costruiamo con le lenti che usiamo per guardare il mondo e le cose intorno a noi. Da questa mappa è da dove i nostri paradigmi emergono. Più le nostre lenti sono deformate, più lontano dalla realtà ci collochiamo. Se interpretiamo la realtà di un modo molto deforme, andiamo contro i risultati sempre al di fuori del contesto della realtà, dunque, diverso da quello che ci aspettiamo. E’ questa, quindi, la causa delle delusioni, della sfortuna e delle continue frustrazioni, perché i concetti che abbiamo di come la vita e il mondo di oggi operano sono grandemente equivocati.

Non sempre il successo arriva attraverso il duro lavoro.
Non è detto che ogni sacrificio debba essere ricompensato o che il lavoro sodo sia Passe-partout per il successo. 
La nostra vita è una dichiarazione del modo in cui percepiamo la realtà.
Ogni giorno, ci allineiamo, positivamente o negativamente, con qualcosa che noi percepiamo come "verità". Così come il mito del lavorare sodo per ottenere successo, molte altre credenze sbagliate, sonno infiltrate nella nostra cultura e sono viste come verità assoluta e pensiamo che "questo è come funzionano le cose".
Quando ci proponiamo raggiungere un obiettivo importante nella nostra vita, due forze entrano in gioco: la forza di volontà e quella dell’immaginazione. Se non vanno di pari passo in armonia, si può scommettere che quando loro sono in conflitto, vincerà sempre la forza dell'immaginazione.
Potete applicare tutte le norme tecniche, gli sforzi soprannaturali, competenze…, ma se una semplice vocina dentro, iniziare a importunarci dicendo: "Io farò, ma sarà inutile”, “non riuscirò trovare abbastanza risorse”, “lo farò ma so che non renderà molto questa volta”, “farò questa volta solo per fare esperienza, la prossima ci riuscirò…" questo significa che le due forze sono in conflitto e il risultato, si sa già come andrà a finire.

Quando riteniamo che, per qualsiasi ragione, non saremo in grado di superare certe situazioni, rimane nel subconscio un frammento d’informazione negativa (la memoria di un fallimento, per esempio), e quando la stessa situazione o una simile si ripresenta, il subconscio, che ha conservato l'esperienza, ti passa le informazioni di fallimento e questa sensazione ti accompagnerà durante tutto il processo, condizionando il risultato al fallimento. La consapevolezza di questa catena evento-ricordo-comportamento, è ciò che provoca il cambiamento dell’atteggiamento mentale, quando si dovrà affrontare situazioni che hanno avuto esito negativo.
Pertanto, l'unico modo per influenzare e impedire l'esito negativo dei nostri comportamenti, è di agire direttamente sul subconscio, selezionando e reinstallando nuovi e positivi pensieri, ripetutamente.

La legge del minor sforzo
Il successo è una continua espansione della felicità e include l’abbondanza materiale, buona salute, relazioni appaganti, libertà creativa e pace della mente. Certe leggi ci aiutano a raggiungere il successo senza troppo sforzo e in modo armonioso. La legge è un processo che trasforma il "non manifesto" in "manifesto". La Divinità è la fonte che, attraverso l'azione della nostra mente, si rende concreto nel mondo fisico.
Quest’universo non è altro che movimento di energia e informazioni. Tutti noi siamo piccoli veicoli di energia e informazioni. Possiamo, consapevolmente, cambiare l'energia e il contenuto dell'informazione, attraverso l'attenzione e l'intenzione. Da che ogni cosa è connessa e correlata con ogni altra cosa, l''intenzione ha una flessibilità infinita. Scivolate nel silenzio, liberate la vostra intenzione e attendetene la fioritura. Abbandonate l'attaccamento al risultato. Lasciate che l'universo manovri i dettagli.

La Legge di Causa & Effetto
In ogni momento o situazione noi facciamo delle scelte. Poiché l'universo offre infinite scelte, le nostre reazioni alle cose sono in genere scelte condizionate. Per fare le giuste scelte, dobbiamo ascoltare i segnali del nostro cuore che ci darà un senso di conforto se la scelta è giusta. Ponete sempre attenzione nel momento in cui fate una scelta. Lasciatevi guidare dal cuore per fare scelte significative.

La Legge della Pura Potenzialità
Noi siamo essenzialmente pura coscienza. Siamo parte di un campo energetico universale che è infinito e slegato. Normalmente viviamo una vita influenzata dalle cose esterne. Il risultato è paura, bisogno di controllo e ricerca di approvazione. Per superare questo dobbiamo comprendere che il nostro vero "io" non è legato alle cose esterne bensì dalla pura coscienza interna”. 

Fonte: Le Sette Leggi Spirituali del Successo” di Deepak Chopra


domenica 11 giugno 2017

Os 90% do DNA chamados de lixo, são um reflexo da nossa espiritualidade.

Imagem Google

FANTÁSTICO! Os segredos espirituais estão no DNA!

Toda a sua glória e formosura está no interior, e só aí o Senhor se compraz; O Reino de Deus não vem de modo visível. O reino de Deus está dentro de vós, diz o Senhor. Lc 17.21;  Aprende a desprezar as coisas exteriores e entrega-te às interiores, e verás chegar a ti o reino de Deus. Rom 14,17; (Jesus Cristo). No centro do átomo é onde eu estou. O espaço entre a nuvem de elétrons e o núcleo, está cheio de amor. (Deus)

A célula tem um campo que é quântico.
Hoje, existem vários estudos no campo espiritual, que envolve os mistérios do nosso DNA. Mas o que tem a ver o DNA com a espiritualidade? O segredo de todas as atuações milagrosas, profundamente poderosas e incompreensíveis, dos grandes Mestres que passaram por essa terra, está no DNA. Dentro da estrutura celular estão as ferramentas da mestria. Elas são parte da estrutura celular, que está sendo estudada hoje de um modo inteiramente diferente pela ciência. Um estudo escatológico do DNA, se torna um estudo da mestria, do Deus interior, e uma entrada para tudo o que há. Os segredos espirituais estão no DNA! As séries de instrução para a mestria estão no DNA! Toda a história Espiritual humana, está escrita nas partes quânticas do DNA. A célula tem um campo que é quântico e que sempre existiu, mas nunca foi visto, porque é interdimensional, está fora da linearidade 3D, portanto, invisível aos instrumentos usados atualmente.
Há uma nova energia no planeta, e esta energia procura agora ativar peças e porções da energia da alma que chamamos de DNA. É esta parte do corpo que está, tanto na 3D como em múltiplas dimensões, onde o Eu Superior reside. O DNA se comunica e recebe informações da consciência humana (consciente ou inconsciente), através do eletromagnetismo. Existem atributos espirituais interdimensionais no DNA que são quânticos e o próprio DNA, tem uma natureza eletromagnética.
O eletromagnetismo, bem como a gravidade, é uma força muito conhecida e, abundantemente, utilizada em nossa realidade, mas sua natureza ainda é fundamentalmente mal compreendida. O eletromagnetismo e gravidade são forças interdimensionais, que trabalham "transversalmente" entre as dimensões. Aqui está a importância da presença do eletromagnetismo que "liga" em um continuum, um código presente em múltiplas dimensões.

Atualmente, o DNA humano possui apenas duas hélices ativas. A ativação, reconexão e recodificação do DNA, reunificam, novamente, as 10 fitas “desconectadas” com as glândulas endócrinas -o hipotálamo e a pineal que se encontra em um estado atrofiado; se despertam e começam a funcionar, reconectando com o nosso Ser Dimensional elevado. O sistema endócrino evolui, conforme evolui o DNA, produzindo substâncias químicas, que são combinações de formas geométricas inteligentes, trazendo aos nossos corpos rejuvenescimento e uma melhor saúde.

A ativação ocorre através de uma consciência de escolha!
Vamos especificar o que está diferente, agora. Se quiserem abrir a porta, se quiserem empurrar as partes quânticas de si mesmos, através de uma consciência de escolha, então ocorrerá a mudança. A realidade, neste planeta, é conduzida pela escolha da consciência Humana. Para aqueles que não compreendem este conceito, eu repito o famoso Paradoxo de Hardy. Ele afirma que, em um estado quântico, os fótons, ao serem observados, mudam os seus atributos. Verdadeiramente, issto funciona da mesma forma, pois a sua intenção é a observação, para criar a mudança para o seu DNA quântico. Sem intenção, nada acontece”. (Kryon)

O DNA quântico não funciona de um modo linear.
Kryon: As dezenas de milhares das máquinas mais complexas no planeta, todas elas, fazem sempre a mesma coisa. Vocês podem até ter algo mil vezes mais complicado do que um delicado relógio, mas as molas e os mecanismos são sempre molas e mecanismos. Eles fazem a mesma coisa, inúmeras vezes, de um modo complexo.
Todos os seus aparelhos eletrônicos mais sofisticados, fazem sempre a mesma coisa. Eles proporcionam milhões de processos idênticos, inúmeras vezes, e os caminhos dos elétrons fazem a mesma manobra... um processo singular e rápido com complexidade linear.
Mas não o DNA. Ele não é uma máquina. Pense no DNA como sendo completamente interativo consigo mesmo. Quando uma parte muda, a parte próxima a ela, também muda. Vocês, então, não podem identificar um propósito singular de partes específicas do DNA, fazendo sempre a mesma coisa. Pensem neste complexo relógio que mencionamos. E se ele fosse interdimensional, e a mola pudesse, subitamente, se tornar um mecanismo, e o mecanismo pudesse mudar a forma e o tamanho quando necessário? Pensem em uma parte que não seja mais necessária, e, simplesmente, desaparece; ou algo necessário, que não esteja lá, que de repente aparece!
Em um estado quântico, não existe tempo. Em um estado quântico não há um espaço real onde algo esteja. Pois, a mecânica quântica, declara que qualquer matéria, ou qualquer energia, está em todos os lugares, juntos, como UM. Imaginem algo tão complexo!
Agora, imaginem que isto esteja duplicado centenas de milhares de vezes em seu corpo.
A fim de que o DNA trabalhe apropriadamente, a fim de que ele faça todas as coisas das quais falamos, espirituais e quanticas, os 300 trilhões de fragmentos de DNA devem todos saber de algo, ao mesmo tempo!

Tem que haver uma comunicação simultânea quando algo ocorre no DNA microscópico da unha do seu dedo do pé, com o maior fio de cabelo em sua cabeça. Ambos têm que saber disto instantaneamente. Então estes trilhões de fragmentos devem concordar, devem ter uma absorção de energia da consciência. Isto tudo deve acontecer em um constructo (imagem formada por síntese mental) em 3D - isto é, dentro de sua realidade.
Não há palavras na ciência para este processo, a menos que considerem aquele criado por uma descrição de fótons, chamado de "emaranhado" ou uma “sopa quantica”.

Há "uma confluência de energia", uma fusão de energias, de modo que elas se tornem algo mais, uma unidade. A ciência não vê isto dentro do DNA ainda, mas, em algum nível, eles sabem que isto deve existir. Pois, como poderia o corpo Humano fazer o que faz?
A estrutura celular é específica e única. Como a máquina linear, ela é especializada, e as células-tronco, mantêm esta especificidade. Mas o DNA é idêntico em todo o corpo. Ele não é específico. Vocês não têm o DNA da unha do dedo do pé, ou o DNA do cabelo, ou o DNA do coração. Vocês já receberam o seu próprio e único DNA.
Trilhões de cópias do mesmo projeto quântico Humano, devem se comunicar, instantaneamente, um com o outro, ou vocês deixariam de existir.

Como eles fazem isto?
Na verdade, nenhum nome foi dado, pela ciência, ao processo de comunicação entre os circuitos (laços) do DNA, mas ela ainda dará. É uma quantização na "sopa" do magnetismo.
Há algo que vocês deveriam saber sobre o DNA, e isto é, que ele tem componentes magnéticos.
Cada laço do DNA, tem um campo magnético que envolve o laço próximo a ele, que envolve o próximo... Centenas de trilhões de sobreposições se equiparam à consciência. Isto então representa uma marca magnética, que o Humano mantém consigo.
O magnetismo é uma energia interdimensional, uma energia quântica, e esta marca cria a aura Humana. Uma aura não é um campo magnético e vocês não serão capazes de ver uma aura com equipamento magnético.
Uma aura, é o resultado de uma confluência da comunicação do DNA, dentro do corpo Humano, uma marca quântica, uma fusão de energia para criar um campo quântico, não mensurável por nenhum aparelho no planeta, ainda.
Como acontecem os milagres- Eu lhes digo estas coisas, porque vocês precisam compreender que, o que acontece no DNA, acontece, imediatamente, dentro de cada camada de energia dele. Pensem na coordenação, no quebra-cabeças. Se vocês tiverem algum tipo de ativação espiritual, que seja nova em seu DNA, ou quando lançam uma intenção para obter algo, uma cura, por exemplo, pensem no que deve ocorrer! Centenas de trilhões de partes a recebem ao mesmo tempo e trabalham para manifestar o seu desejo. Não se trata de uma fórmula mágica. È, simplesmente, uma intenção que, quando você dá a si mesmo, põe em movimento as coisas que, em seu poder como seres divinos, decidem que aconteçam.
O DNA é muito maior do que se pensa, e até mesmo a ciência de hoje, está começando a reconhecer que 90 por cento do DNA, que aparentemente não têm sentido, podem não ser, em absoluto, uma linguagem ou código. Em vez disso, podem ser o que eles chamariam dequímica influente”, algo que, de alguma forma, modifica ou configura os cinco por cento que constituem o motor do programa genético.
Os 90% do DNA são um reflexo da vossa espiritualidade. O Eu Superior, aquela porta que procuram para “bisbilhotar no outro lado do véu”, está lá… em um estado quântico, pois estas coisas de fato não se encontram nas substâncias químicas. Pensem em todas essas substâncias químicas juntas, como uma ponte, uma espécie de duto, um portal ou pista quântica para tudo. Então, para se entender melhor, esta ponte química tridimensional/quântica é um influenciador sagrado do genoma, e é muito grande, contendo a maioria das informações do projeto Humano de vida.

.Fonte: Kryon


martedì 6 giugno 2017

A realidade "física" é uma ilusão que só existe em nosso cérebro.

Imagem Google
O Universo é organizado segundo principios holográficos
O mundo é um jogo de realidade virtual que só existe porque acreditamos nele, porque a realidade "física" é apenas uma ilusão que só existe em nosso cérebro. Acreditar que somos "reais", nada mais é que uma falsa realidade. Vivemos em uma Internet holográfica em que nossas mentes estão conectadas a um "computador" central que nos alimenta com a mesma realidade coletiva, que depois nòs decodificamos naquele universo holográfico tridimensional que todos nós acreditamos de ver. Um holograma é uma uma fotografia tridimensional, produzida com a ajuda de um laser.
Para entender sobre a natureza dos hologramas, basta olhar a TV. As pessoas e objetos ali dentro, parecem tão reais na sua tridimensionalidade, mas é apenas uma ilusão! Assim é a nossa suposta “realidade”.
Se, por exemplo, o holograma de uma rosa for cortado na metade, quando iluminada por um laser, descobre-se que cada metade contém ainda a imagem completa da rosa. Mesmo continuando a dividir as duas metades, vemos que cada fragmento conterà sempre uma versão menor, mas sempre completa, como a imagem de origem. Cada fragmento contém todas as informações do próprio holograma.
Somos TODOS UM no Universo-Deus.
O físico Alain Aspect, submetendo partículas subatômicas, como elétrons, em determinadas condições, descobriu que elas são capazes de se comunicarem umas com as outras, instantaneamente, independentemente da distância que as separa, seja de 10 metros ou de 10 bilhões km. Para o renomado físico David Bohm, o motivo pelo qual as partículas subatômicas se comunicam, independentemente da distância que as separa, é que a sua separação é uma ilusão. Ele era realmente convicto de que, num nível mais profundo da realidade, estas partículas não são entidades individuais, mas extensões de um mesmo organismo fundamental. Bohm simplifica com um exemplo: Imagine um aquário que contém um peixe. Imagine que o aquário não é visível diretamente, mas apenas através de duas câmeras, uma posicionada frontal e outra lateral.

Olhando para os dois monitores de televisão, podemos pensar que os peixes são duas entidades separadas. A posição das duas câmeras nos dará duas imagens ligeiramente diferentes. Mas, continuando a observar os dois peixes, notamos que eles se movimentam com sincronia: quando um olha para a frente, o outro olha para o lado. Não conhecendo o verdadeiro objetivo do experimento, acreditamos que os dois peixes se comunicam entre si, instantaneamente e misteriosamente. Segundo
Bohm, o comportamento das partículas subatômicas, indica que há um nível de realidade à qual não temos conhecimento, uma dimensão que ultrapassa a nossa. Se percebemos as partículas subatômicas como se fossem separadas, é porque somos capazes de ver apenas uma parte da realidade, elas não são "partes" separadas mas sim facetas de uma unidade mais profunda e basilar, que resulta também holográfica e indivisível como a nossa rosa. E como tudo na realidade física é composta por essas imagens, segue-se que o próprio universo também é uma projeção, um holograma.
Além de seu caráter ilusório, o universo teria outras características surpreendentes: se a separação entre as partículas subatômicas é apenas aparente, isto significa que em um nível mais profundo, todas as coisas são infinitamente ligadas. Os elétrons de um átomo de carbono do cérebro humano estão interconectados com as partículas subatômicas que compõem cada salmão que nada, cada coração que bate, e cada estrela que brilha no céu. Tudo permeia tudo. Embora a natureza humana tenta categorizar, classificar e subdividir os vários fenômenos, cada divisão é necessariamente artificial e toda a natureza nada mais é, senão uma imensa rede ininterrupta.
Em um universo holográfico, até mesmo o tempo e o espaço já não podem mais ser vistos como princípios fundamentais. Conceitos como a localização são quebrados, em um universo onde nada é realmente separado do resto, sendo assim, o tempo e o espaço tridimensional (como as imagens de peixe no monitor de TV) devem ser também interpretadas como meras projeções de um sistema mais complexo. A um nível mais profundo, a realidade nada mais é que uma espécie de super holograma onde o passado, presente e futuro co-existem simultaneamente. Dispondo de ferramentas adequadas, um dia poderemos ultrapassar esse nível de compreensão da realidade e colher cenas do nosso passado, esquecidas com o decorrer do tempo.
Em um universo no qual mentes individuais são atualmente porções indivisíveis de um holograma e tudo está infinitamente interligado, os chamados "estados alterados de consciência" pode ser, simplesmente, a passagem a um nível holográfico mais elevado. Se a mente é parte de um continuum, de um labirinto relacionado, não só com as outras mentes existentes ou existidas, mas, também, é ligada a cada átomo, organismo ou área na vastidão do espaço, então, o fato de que a mente seja capaz de fazer incursões nesse labirinto e fazer com que nosso corpo tenha experiência extra-corporea, já não parece assim tão estranho.
O tempo não é aquilo que parece.Não corre em uma única direção, e o futuro existe simultaneamente com o passado.
É uma construção mental, um conceito relativo. (Albert Einstein)
A Teoria da Relatividade deu um contributo decisivo para a nossa compreensão da relação entre espaço e tempo. Assim, o tempo é o que està em relação com o espaço que existe entre os objetos.
Agora, podemos entender porque, se realizássemos uma longa viagem em uma nave espacial, ao nosso retorno, poderíamos descobrir que o tempo decorrido seria de apenas 10 anos, mas para aqueles que ficaram na Terra, teriam se passado 30.
Mas se os cientistas conseguirem desenvolver um sistema de propulsão extremamente potente, realmente um astronauta poderá retornar à Terra, antes mesmo de partir.
Se um astronauta viajasse à velocidade da luz no espaço por vinte anos, enquanto seu irmão gêmeo permanecesse na terra, em seu retorno, o primeiro seria mais jovem do que o segundo, porque o tempo à velocidade da luz, passaria mais lentamente para o astronauta no espaço do que para os terrestres.
Logo, o tempo é apenas uma construção mental. Tudo o que aconteceu e vai acontecer, está acontecendo exatamente agora. A capacidade de observar um evento, depende somente do nosso ponto de vista no espaço.
Na vida cotidiana, temos a impressão de estar observando os eventos no mesmo instante em que eles ocorrem, isto porque a velocidade da luz, em pequenas distâncias, dá uma impressão de contemporaneidade; mas quando nos comparamos com outros corpos no espaço, devemos levar em conta o fato de que a luz das estrelas mais próximas nos chegam com um atraso de centenas ou milhares de anos.
É só no presente que encontramos realmente respostas a todas as nossas perguntas mais profundas e à nossa necessidade de dar sentido a tudo que nos rodeia. É só no presente que podemos nos tornar plenamente conscientes de quem nós realmente somos, matéria e espírito, efêmero e absoluto, corpo e alma.

Tudo que vemos é outra coisa. A maré vasta, a maré ansiosa,
É o eco de outra maré que está onde é real o mundo que há.
Tudo que temos é esquecimento. A noite fria, o passar do vento
São sombras de mãos cujos gestos são a ilusão mãe desta ilusão.

domenica 4 giugno 2017

L’effetto serra? Colpa delle vacche. Non rispettan...

E a partire d'adesso... pure di Trump?

Secondo lui il " cambiamento climatico è un «concetto inventato dai cinesi per impe...

martedì 30 maggio 2017

Como substituir os maus-hábitos e SER feliz!

Imagem Google

"Não existe feiura ou beleza, bem ou mal, certo ou errado, pessoas normais ou loucas, pobreza ou riqueza, melhores ou piores. Existe apenas pontos de vista diferentes, que são alimentados por seus maiores e mais profundos desejos”. M. Cavalcante


Crescer significa aprender. E nós aprendemos, comparando-nos com as nossas escolhasNós somos o que pensamos. Nós temos o poder de escolher livremente o que pensar.
O pensamento cria a ação. Se o nosso pensamento é construtivo e harmonioso, o resultado será o bem; se o nosso pensamento é destrutivo ou disarmônico, o resultado será o mal

Há uma lei, um princípio, uma causa, uma Fonte de Poder, na qual estamos todos conectados, e o bem ou o mal são apenas palavras cunhadas para descrever o resultado da nossa ação, ou do nosso cumprimento ou não cumprimento dessa lei. O resultado do nosso pensamento é regido por essa lei imutável!
Nossas vidas não estão sujeitas aos caprichos ou instabilidades de qualquer tipo. Elas são governadas por uma lei estável. Esta estabilidade é a nossa oportunidade, porque estando de acordo com a lei podemos alcançar o efeito desejado com precisão invariável. É a Lei que faz do Universo um grandioso hino à harmonia. Se não fosse pela lei, o Universo seria um caos em vez de um Cosmos.
As divergências culturais diferenciam também, o julgamento comportamental do indivíduo. Os seres humanos acham natural observar o comportamento de uma pessoa e conectá-lo ao seu background cultural que irá criar os habitos de pensamento. Esse background cultural é o que, na realidade, determina o julgamento que fazemos a uma açao ou pessoa; e os hábitos, são o que causam os resultatos obtidos.

Como substituir os maus-hábitos e ser feliz!

Cada linha de pensamento, tem a certeza de produzir seu resultado no caráter, na saúde e nas circunstâncias do indivíduo. Os métodos pelos quais podemos substituir os hábitos que nos trouxeram somente efeitos indesejados, com  hábitos de pensamento construtivo, são fundamentais. O caminho mais rápido para alterar um pensamento arraigado, ou uma ideia promotora, é o de reverter a seqüência de pensamento-palavra-ação. Executar a ação sobre a qual você pretende haver um pensamento novo. Em seguida, pronunciar as palavras das quais você deseja ter um novo conceito. Faça isso com muita frequência e você terá uma mente treinada para pensar de uma forma totalmente renovada.
Lembra-se daquele velho ditado: Pense antes de agir? Bem, esqueça. Se você quiser mudar um pensamento arraigado, você deve agir antes de pensar. Quando você quiser mudar um pensamento arraigado, aja de acordo com a nova ideia que lhe veio em mente. Mas você deve fazê-lo rapidamente, caso contrário, sua mente irà suprimir essa ideia antes que você perceba. Por isso, aja rapidamente quando a oportunidade se apresenta, e se você fizer isso com bastante frequência, sua mente vai acabar aceitando a ideia. Será o seu novo pensamento.
O que é certo, o que é errado?

As idéias de "certo" e "errado" variam muito conforme a cultura, a época, religião, lugar, muitas vezes da pessoa. Você pode mostrar-lhes que o que algum dia já foi considerado certo, por exemplo, enviar à fogueira sob a acusação de bruxaria, hoje é considerado errado. Quando se pensa que alguém tenha feito algo "errado", a sentença depende não tanto pelo que essa pessoa fez, mas do tempo e do lugar em que ela fez. 
Errado é um termo relativo, significando o oposto do que chamamos de "certo". O certo ou errado são apenas definições que atribuímos aos eventos e circunstâncias, de acordo com as nossas decisões em questão. E o que constitui a base das nossas decisões são nossas próprias experiências.
Tudo o que acontece, todas as experiências são projetados para criar oportunidades. Não devem ser considerados "obras do diabo", "castigo divino", "recompensas celestiais" etc. É o que pensamos, fazemos e a nossa relação a estes eventos, que irão dar um significado ao termo. Os eventos e as experiências, são criados por nós mesmos, individualmente ou coletivamente. A consciência coletiva é muito poderosa e muitas vezes consegue suprimir aquela individual, se não tomar cuidado.
Não existem erros nem acasos.
Todos os erros que cometemos, não passam de erros por ignorância. A aquisição do conhecimento e do seu conseqüente poder é o que determina crescimento e evolução. A identificação e demonstração do conhecimento é o que constitui o poder, e este poder é espiritual, e esta força espiritual é o poder que reside no coração de todas as coisas, é a alma do universo.
Esta sabedoria é o resultado da capacidade dos homens de pensar e o pensamento é a semente da evolução consciente da humanidade. Quando o homem deixa de avançar em seus pensamentos e ideais, suas forças imediatamente começam a desvanecer e a sua fisionomia, gradualmente, manifesta essa mudança de condições.
Se você tem sido fiel ao seu ideal, você entenderá quando as circunstâncias estão prontas para materializar seus planos, e os resultados serão na exata proporção de sua fidelidade ao ideal. O ideal firmemente mantido, é o que predetermina e atrai as condições necessárias para seu cumprimento. É desta forma que você pode tecer a roupa do espírito e do poder na trama de sua inteira existência; é assim que você pode viver uma vida maravilhosa e ser sempre protegido contra qualquer dano; é desse modo que você pode se tornar uma força positiva, mediante a qual, as condições de opulência e harmonia possam ser atraídas para você. Sem nada de bem ou mal, certo ou errado.
Lembre-se: A ação é o pensamento que floresce, e as condições são o resultado da ação, então, você sempre tem em sua posse as ferramentas com as quais, certamente e inevitavelmente, criará ou não a si mesmo, e alegria ou sofrimento será a recompensa. 
A Lei decorre eternamente até a transcendermos.
Cada pessoa é totalmente responsável pelo seu próprio universo! Cap. X


venerdì 26 maggio 2017

Il Tempo è soltanto una nostra costruzione mentale!

Immagine Google

Il Tempo non è affatto ciò che sembra.
Non scorre in una sola direzione, e il futuro esiste contemporaneamente
al passato
. Albert Einstein

Il mondo è un gioco di realtà virtuale che esiste solo per il fatto che noi lo crediamo, perché la realtà "fisica" è puramente un’illusione che esiste soltanto nel nostro cervello.
E’ soltanto un’illusione credere che siamo "reale". Viviamo in una internet olografica nella quale le nostre menti sono connesse a un "computer" centrale, che ci nutre con la stessa realtà collettiva che noi decodifichiamo poi nell’universo olografico tridimensionale che tutti siamo convinti di vedere.
I tempo è una costante. Siamo noi a muoverci, non il tempo. Esiste solo un momento eterno.
Il Tempo non è movimento, ma un campo che attraversiamo a bordo dell’astronave Terra.
Neale Walsch)
Come ha detto Einstein, il tempo è una costruzione mentale, un concetto relativo.
Il Tempo è una dimensione con la quale noi tutti conviviamo, ogni momento, e che tutti pensiamo di sapere cosa sia. Con cui da sempre si misura la filosofia e di cui si occupano tutti i fisici teorici che cercano di unificare la relatività generale di Albert Einstein e la meccanica quantistica in un’unica teoria unitaria: la gravità quantistica.

Carlo Rovelli, insieme a Lee Smolin, ha elaborato una delle principali linee di questa teoria unitaria, nota come gravità quantistica a loop.
Il concetto di tempo, dopo che abbiamo capito che dipende dalle cose che accadono, che si mescola con lo spazio, che è soggetto alle fluttuazioni quantistiche eccetera, diventa qualcosa che non c’entra più con la nostra intuizione semplice di tempo, e tutto sommato diventa un concetto inutile. La teoria descrive come si muovono le cose una rispetto all’altra, e non c’è davvero bisogno di parlare di “tempo”. Dimenticando il tempo tutto diventa più semplice. È più facile capire come funziona il mondo a livello fondamentale. Non significa che non ci sia il tempo nella nostra vita quotidiana. Significa solo che “tempo” non è un concetto utile quando si studiano le strutture più generali del mondo.

Newton ha messo il tempo su un piedistallo in cui prima il tempo non c’era. Prima, per esempio per Aristotele, il “tempo” era solo un modo di misurare come si muovono le cose. Se non c’è nulla che si muove, non c’è tempo. Invece Newton, per costruire la sua fisica ha immaginato la possibilità di un immenso spazio vuoto dove il tempo passa anche se non c’è niente e non accade niente. Newton ha separato il tempo dagli accadimenti del mondo. Ha immaginato che il tempo passi di per sé, indipendente da tutto il resto. Come una commedia in cui ci sia il primo atto, il secondo atto, il terzo atto, ma sul palco non succede niente

Einstein si è accorto che in mezzo fra quello che chiamiamo “passato” e quello che chiamiamo “futuro” c’è qualcos’altro che prima nessuno aveva notato. Non c’è soltanto un effimero e istantaneo “presente”, c’è molto di più. Il motivo per cui questo “qualcos’altro” di solito non lo notiamo è che dura molto poco. Quanto dura questo “né passato né futuro” dipende dalla distanza. Per esempio se noi stiamo parlando nella stessa stanza, l’intervallo che non è né passato né futuro è di qualche nanosecondo, cioè pochissimo, e non lo notiamo. Ma se io sono sulla terra e dovesse comunicare con qualcuno che è su Marte, allora il “né passato né futuro” dura un quarto d’ora, e questo sì che si nota. Per questo non si può avere una conversazione semplice fra Marte e la Terra: perché anche se io provo a rispondere non appena sento la tua domanda, tu comunque avrai la mia risposta dopo 15 minuti. Quei quindici minuti non sono né nel mio passato né nel mio futuro. Sono nella “zona intermedia”. Significa che non esiste, in realtà un “questo momento”, nell’universo». Carlo Rovelli – Fisico quantistico.

Il Tempo è soltanto una nostra costruzione mentale
La Teoria della Relatività ha dato un contributo determinante alla nostra comprensione del rapporto tra spazio e tempo. Quindi, il tempo è ciò che è in rapporto allo spazio che esiste tra gli oggetti.
Ora possiamo capire perché se compissimo un lungo viaggio in astronave, al ritorno potremo scoprire che il tempo trascorso è di solo dieci anni, invece per quelli rimasti sulla Terra ne sarebbero passati trenta.
Se un astronauta viaggiasse alla velocità della luce nello spazio per vent'anni mentre suo fratello gemello fosse rimasto sulla terra, al suo ritorno, il primo sarebbe più giovane del secondo, perché il tempo, alla velocità della luce, sarebbe passato più lentamente per l'astronauta che per il terrestre.
I
l tempo, quindi, è soltanto una nostra costruzione mentale. Tutto ciò che è accaduto e che accadrà sta succedendo proprio adesso. La capacità di osservare un evento dipende soltanto dal nostro punto di vista nello spazio.
Nella vita quotidiana abbiamo l'impressione di osservare gli avvenimenti nello stesso istante in cui avvengono, questo perché la velocità della luce, sulle piccole distanze, dà un'impressione di immediatezza; ma quando ci confrontiamo con altri corpi nello spazio dobbiamo prendere in considerazione il fatto che la luce delle stelle più vicine ci arriva con un ritardo di centinaia o migliaia di anni.
È solo nel presente che troviamo veramente risposta a tutte le nostre domande più profonde e al nostro bisogno di dare un senso a tutto ciò che ci circonda. E' solo nel presente che possiamo diventare pienamente consapevoli di chi siamo veramente, materia e spirito, effimero e assoluto, corpo e anima.

martedì 23 maggio 2017

I batteri che si nutrono di scorie nucleari!

Dopo il disastro nucleare in Giappone, tutti si chiedevano: che cosa se ne farà poi delle scorie nucleari generate? Le alternative te...

lunedì 22 maggio 2017

giovedì 18 maggio 2017

Desertores contam o que é viver num campo de concentração na Coreia do Norte.

Imagem Google
Execuções públicas e torturas são ocorrências cotidianas no Lager da Coreia do Norte

A Coreia do Norte é notoriamente um dos regimes mais isolados e impermeável do planeta e ocupa um dos últimos lugares no mundo, quanto ao respeito dos direitos humanos e liberdades pessoais. Disso não temos dúvida.
Para a Coreia do Norte, deixar o país sem permissão oficial – impossivel de obter para pessoas comuns - é um crime.

Durante depoimento à Comissão de Inquérito das Nações Unidas, em Seul, Shin Dong-hyuk relata que, durante seus primeiros 23 anos, sobreviveu submetido ao pior castigo concebido pelo regime mais cruel do mundo,
O País negou manter campos de concentração e afirmou que Shin Dong-hyuk - tema do best-seller "Fuga do Campo 14" - era um "criminoso que fugiu depois de estuprar uma menina", lançando uma campanha agressiva tentando desacreditar o relatório da Organização das Nações Unidas sobre violações dos direitos humanos no país.
Shin admitiu em um post em sua página no Facebook ter mudado partes de sua história, explicando ao jornalista que algumas vivências eram muito dolorosas para falar delas.

No entanto, Michael Kirby, um juiz australiano que comandou a investigação da ONU, afirmou que as mudanças na parte de Shin não afetam as contatações da comissão.
"É parte do depoimento de uma testemunha, cujas declarações são citadas em uma página de um relatório de 350 páginas que inclui o testemunho de centenas de outras pessoas, portanto, isso tem de ser considerado na sua proporção", disse ele.

Relato de desertores do sistema norte-coreano:
"Agora morro, pensei quando os guardas me arrastaram para a frente do campo de execuções. Depois de meses de tortura e isolamento, naquela manhã eu pensei que eles iam me matar. Só quando vi minha mãe com uma corda em volta do pescoço, pronta para ser enforcada, e meu irmão amarrado a um poste, pronto para ser fuzilado, eu percebi que não era eu quem estava para ser morto.
Morreram pouco depois. Mas, naquela momento, eu não senti alguma emoção. Ao contrário. Achei que fosse justo. De fato, fui eu a denunciá-los aos agentes ". Shin Dong-hyuk

Até a idade de 22 anos, na vida e na cabeça de Shin nunca existiu TV, Internet, ou sequer um hambúrguer, a existencia dos Estados Unidos nem mesmo da propria Coréia do Norte. Ele não sabia sequer se a terra fosse plana ou redonda. Sua existência, desde que ele nasceu, tinha apenas o Campo 14. Os dias eram todos iguais. Fatos de violência e regras a seguir. "Ninguém nunca me explicou por que eu estava lá dentro", diz ele. "Eu achava que havia apenas pessoas que nascessem com as armas e pessoas nascidas em cativeiro, como eu. Que o mundo exterior fosse igual ao interior. Talvez por isso, eu nunca pensei em fugir. "

Quando ele fala, sua voz parece não trai qualquer emoção. Não gesticula. Sorri levemente. E se move silenciosamente.
Dez anos após sua fuga, o seu corpo ainda é um mapa do horror. Os tornozelos deformados pelas algemas para mantê-lo pendurado de cabeça para baixo, durante o isolamento. As costas e nádegas marcadas pelas queimaduras. Os braços dobrados como um arco devido a trabalhos forçados. O dedo médio da mão direita cortada, uma punição – segundo seu relato - por ter deixado cair uma máquina de costura. A parte inferior do abdômen perfurada pelo gancho com o qual os guardas o tinham pendurado sobre as chamas, para torturá-lo. As pernas queimadas pela cerca elétrica durante a fuga.
Seus pais se conheceram no gulag, entre as barracas. Suas relações sexuais eram uma recompensa que só os prisioneiros modelo tinham direito - permitido cinco vezes por ano: uma recompensa por bom comportamento. Desse encontro, em 19 de novembro de 1982 Shin nasceu. Hoje tem mais ou menos a mesma idade do ditador Kim Jong-un.

"Minha primeira lembrança, eu deveria ter quatro anos, é de uma execução. Naquele dia eu estava com a minha mãe. Nos enfiamos no meio da multidão para chegar à primeira fila. Na frente dos guardas com armas apotadas, tinha um homem amarrado a um poste. Para evitar que gritasse, amaldiçoando talvez o governo norte-coreano, encherama a boca dele com pedras. Então eu me lembro um par de tiros, a morte do homem e o silêncio ".
No Campo, as execuções eram sempre públicas e os presos eram obrigados a participar. Mas, para dizer a verdade "muitas vezes era considerado como uma diversao, visto a vida monótona que faziamos."

Dos seis campos de internamento norte-coreanos, dizem que o 14, aquele onde Shin nasceu, é o mais duro de todos. Escondido entre as montanhas e o rio Taedong, cerca de 80 km de Pyongyang. Mas não o suficiente para escapar dos satélites do Google Maps.

Estimativas independentes apontam para 150 a 200 mil pessoas detidas nos campos prisionais norte-coreanos, e desertores dizem que os presos ficam desnutridos e trabalham até morrer.
Jee Heon-a, de 34 anos, contou à comissão que desde o primeiro dia de prisão, em 1999, percebeu que sapos salgados eram um dos poucos alimentos disponíveis. “Os olhos de todos estavam afundados. Todos pareciam animais. Os sapos eram pendurados em botões nas suas roupas, colocados em um saco plástico e tinham a pele arrancada”, disse ela.
Em voz baixa, ela suspirou profundamente ao contar em detalhes como uma mãe teve de matar seu bebê.
“Era a primeira vez que eu via um recém-nascido, e fiquei feliz. Mas de repente houve passos, e um guarda de segurança chegou e disse à mãe para virar o bebê de cabeça para baixo em uma vasilha com água”, contou a mulher.
“A mãe implorou ao guarda para poupá-la, mas ele continuou batendo nela. Então a mãe, com as mãos trêmulas, pôs o rosto do bebê na água. O choro parou, e uma bolha subiu quando ele morreu. Uma avó que havia entregado o bebê, discretamente o levou embora.”

Crianças eram dadas como 'prêmio' para cães na Coreia do Norte
Desta vez, um testemunho dos horrores vividos pelos norte-coreanos. Foi relatado por um guarda dos campos de prisioneiros de Pyongyang.

"Havia três cães e eles mataram cinco crianças", testemunhou Ahn Myong-Chol, em um dos muitos testemunhos que ajudará o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas a analisar em março um relatório sobre as violações cometidas por Pyongyang.
"Ao escapar de seus mestres, os cães se lançaram sobre as crianças que voltavam da escola do campo. Eles mataram imediatamente três, as duas outras respiravam com dificuldades e foram enterradas ainda vivas pelos guardas", declarou, por meio de um intérprete.
No dia seguinte, ao invés de liquidarem os cães, os guardas "recompensaram os animais com uma comida especial", acrescentou Ahn.

O órgão de segurança das Nações Unidas aborda pela primeira vez as violações dos direitos humanos pelo regime da Coreia do Norte
Pela primeira vez, uma comissão de juristas formada pelas Nações Unidas elaborou um relatório que estabelece que o regime da Coreia do Norte comete crimes contra a humanidade, como submeter sua população ao extermínio, à fome e à escravidão. Segundo o texto, o país merece ser levado ante um tribunal internacional por seus crimes.
A comissão responsável por este relatório foi constituída em maio de 2013 pelo Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas

A porta-voz adjunta do Departamento de Estado, Marie Harf, assinalou que Washington apoia o relatório e pediu que Pyongyang adote "medidas concretas" para melhorar a situação. Harf comentou ainda que o relatório "reflete o consenso da comunidade internacional no sentido de que a situação dos direitos humanos na Coreia do Norte é das piores do mundo".

As denúncias de violação aos direitos humanos foram reveladas por um ex-guarda de campo de prisão entre 1987 e 1994, durante Comissão de Inquérito, em Genebra, para rever abusos do governo norte-coreano em campos que existiriam até hoje

Fonte:

venerdì 12 maggio 2017

Os Novos Fractais do Tempo poderão acabar com as previsões catastróficas


Imagem Google
A Terra é um ser vivo que está passando por seu processo de crescimento e transformação. Nosso desenvolvimento se espelha no seu. Nós e a Terra estamos aumentando nossas freqüências vibratórias, o que está fazendo lentamente nascer em ambos, uma nova dimensão ou realidade.
Tudo - visível e invisível - vibra em uma determinada frequência porque é energia. Um aumento do estado vibracional corresponde a um aumento na temperatura.
A própria terra está mudando as suas vibrações para cima, como é evidenciado pelo aumento da temperatura.
O clima da Terra está mudando. Muitas correntes científicas querem fazer com que a opiniao pública acredite que o "aquecimento global" seja um fenômeno causado pela poluição industrial. Os contaminantes, certamente não fazem bem para o ecossistema, mas a causa real do aumento da temperatura global é causado pelo aumento da frequência vibracional do campo de energia planetário, que está aumentando exponencialmente.
É a freqüência sonora da Terra que está aumentando com grande velocidade. Esta é a frequência sonora básica, conhecida como Ressonância Schumann, que foi identificada pela primeira vez em 1899.

O Sistema de Memória do Planeta.
“Desde 2012, muitas coisas estão reagindo e mudando, não apenas nos humanos, e é disso que eu quero falar.
Eu discuti com vocês que exixte uma rede invisïível que envolve o Planete e é uma “rede de lembranças”. É uma rede ativa (sempre mudando) e se ativa pelas emoções e as compaixões dos Seres Humanos. Eu lhes disse que é uma rede de rastreamento rápido – isto é, se ela mudar, então os seres humanos que estão sobre ela, sentirão essa mudança. Até agora, as informações que ela recebeu da humanidade, são prevalentemente de opressão negativa, porque é a isto que a natureza humana responde. Essas são as emoções primordiais – medo, sofrimento e horror. Vejam os notíciários. Parece que os seres humanos são mais atraídos e interessados ao horror, drama e à negatividade, muitas vezes dirigidos pelo marketing, filmes e livros. Essa é a natureza humana de que falamos, e isso está começando a mudar.

O Tempo é Circular!
O círculo do tempo não é algo que vocês sintam realmente porque para vocês o tempo é uma linha reta: passado, presente e futuro. Mas na realidade, é de natureza fractal. Ele ocorre em um círculo e tem energia colocada nele, que reage. Os “fractais” são as frações que fazem parte do todo, mas que deixam partes semelhantes de si ao longo do caminho.
O tempo Fractal afeta o modo como vocês percebem as coisas. À medida que os eventos acontecem no planeta, eles criam tipos de solavancos na estrada, de modo que, quando vocês percorrem o círculo novamente, vocês sentem aqueles tipos de solavancos, e percebem que determinados eventos estão vindo. E isso, muitas vezes, faz com que aquele evento se repita realmente. Por isso se diz que “o tempo se repete”... (nada é novo debaixo do sol). Isso é o tempo fractal. Este efeito já foi estudado, explicado e há física de partículas atômicas por trás dele (The Higgs Singlet).

O que acontece com o tempo fractal nesta nova energia? O que acontece com os eventos na linha do tempo do passado que podem desencadear o futuro? Toda a linha de tempo, todos os fractais, estão começando a ser reiniciados, e quando eles desaparecerem, queridos, o próprio tempo começará a mudar. Por que seria assim? Porque a consciência humana é parte dele. Se vocês reiniciarem o tempo fractal (um percurso do tempo com vibração mais alta), isso significa que as coisas que se repetiam no passado não irão mais afetá-los hoje ou amanhã, ou no futuro; fazem parte de uma energia mais velha, de baixa vibração.
Na energia antiga, vocês continuaram tropeçando nos solavancos e eles continuaram se repetindo. Isso levou à guerra, após guerra, após guerra. Isto aconteceu porque era algo esperado. Essa era a natureza humana.
Portanto, se este for o caso e a cronometragem das coisas agora começa a ser diferente, isso significa que vocês estão escrevendo uma nova linha do tempo. Estão criando novos solavancos que porém, podem realmente ser positivos em vez de dramáticos e negativos. Os Fractais são assim. Eles reagirão, não importa o que vocês façam.
Se poderia dizer que vocês a limparam. Controverso? Sim. Também é controverso na física.
O tempo é o tempo, não importa o que aconteça, a tendência é continuar a pensar e percebê-lo como se fosse o mesmo, como foi por eras. Mas lhes digo que está sendo mudado. O catalisador? A Consciência do Novo Humano.
Então, vamos dar um passo adiante. Se os fractais fossem mudados, isso afetaria a reação dos seres humanos sobre o passado? E a resposta é, oh, sim!

Os novos fractais poderão promover a paz no Oriente Médio
Onde vocês veem o efeito da história no planeta que é mais profundo? A resposta é o Oriente Médio. As pessoas do Oriente Médio e suas culturas atuais não esperam a verdade do que estou lhes dizendo. De repente, isso pode muito bem ser o início de uma reação inteiramente nova à história. O plantio de sementes de paz entre antigos inimigos está próximo porque agora, o passado não terá o efeito que costumava. Mas os que mais sentirão isto serão os jovens, pois nunca experimentaram a história. Eles estão apenas reagindo a ela, e o que lhes foi dito sobre isso. A solução para a “situação” simplesmente não virá do lado de fora. Não virá do Ocidente, mas apenas deles.
Como?” Dirão. “Desde a década de 40, quando a permissão foi dada para retornar à terra e criar uma nação, que esperamos por isto. Mas devido a ações em ambos os lados, só ficou pior. Existe, por acaso, um botão mágico, Kryon, de modo que se apertássemos, de repente criariamos a paz nesta região com todos aqueles que nos rodeiam?

A resposta é que eles já apertaram o botão, em 21 de dezembro de 2012, a data em que a terra começou a mudar sua vibração.
O reinício começou com a percepção do passado, porque os fractais se foram ou foram reescritos. Haverá crianças que farão a pergunta, “Diga-me de novo, pai, por que é que eu deveria odiá-los? Eu não estou realmente entendendo isso... Diga-me novamente o que aconteceu no passado que deveria me controlar agora? Diga-me novamente, pai, por que não podemos limpar o passado que não funcionou para nós? Diga-me por que não podemos iniciar um processo para olhar em seus olhos e dizer: ‘Vamos deixar de lado tudo o que existiu, e resolvamos a questao!’

Há uma nova energia de mudança de paradigma, no planeta. Essas mudanças foram previstas nos calendários das raças mais antiga! Se você observar os verdadeiros calendários maias e astecas, você vai entender o que realmente queriam dizer. O que previam eram esquemas de energia potencial que fazem parte do relógio temporal de Gaia. Não são Calendários, mas marcadores de energia.
Para uma geração futura, eu digo: Chegará um momento em que os velhos líderes irão embora, em ambos os lados, e haverá muito menos ênfase em quem fez o quê a quem, e em vez disso haverá uma consciência de uma rede limpa e um começo limpo. O passado não conduzirá mais o futuro. Que conceito!
Este é o catalisador para a paz no Oriente Médio e não teria ocorrido se vocês não tivessem ultrapassado este marcador. (21/12/12)

Por que é que as guerras mundiais vieram e foram, e os inimigos que experimentaram tudo se uniram nos últimos 60 anos como bons parceiros e vizinhos? O que há com o Oriente Médio que continua uma luta muito antiga e nunca parece sair da questão quem fez o quê a quem por mais de 1.000 anos? A resposta pode surpreendê-los.

Seria o Oriente Médio a desencadear a Batalha do Armagedom que foi profetizada por suas escrituras e outros estudiosos das eras, desde os tempos antigos até a década de 80. Era necessário cumprir esta profecia para desempenhado seu papel no fim dos tempos.
Então, não aconteceu o que esperavam. Muitos ainda estao convictos de que ainda ocorrerá, porque eles estão investidos na condenação do futuro, e passaram muito tempo achando que seria assim. É por isso que serão os jovens a trazer isso, pois não estão enraizado neles, como está naqueles que passaram a vida esperando por isto. Há mais.
O equilíbrio da luz e da escuridão no planeta está começando a se reajustar e criará mais “trunfos”, representados por seres humanos, que trarão mudanças inesperadas, coisas que, muitas vezes, são chocantes, não são positivas ou negativas, mas são mudanças nos paradigmas do que era. Estes trunfos, muitas vezes, impulsionam o futuro, tanto na consciência quanto na ciência.

Previsões
Existem vários trunfos chegando na forma de Seres Humanos, fazendo mudanças de maneiras e em lugares que vocês não esperam. Há um modo atrasado, em Nova York, nas Nações Unidas, pois uma organização antiga com idéias maravilhosas sobre como ajudar o planeta, está paralisada em sua própria política de energia antiga. Se vocês não agirem, muito em breve, ela poderá realmente deixar de funcionar. Os caracteres universais não são garantidos. São cronometrados para combinar a livre escolha daqueles em torno deles. Pensem nisso: uma organização criada para criar paz na Terra pode se tornar disfuncional e até mesmo falhar, ou um trunfo pode vir e reestruturá-lo com grande controvérsia e quase sem financiamento. Isso é o que faz um trunfo – eventos totalmente inesperados.
Vocês podem encontrá un trunfo nos negócios, nos bancos ou na política. Novas idéias nunca tentadas antes, muito radicais, podem existir em breve. Esperem por este tipo de coisas, mas elas têm de ser apreciadas por vocês. Pode haver algumas partidas e interrupções. Pode haver semeadores que não o conseguirão. Em seguida, outros podem chegar e fazer com que as sementes comecem a crescer. Isso significa que as idéias que não foram aceitas ontem, podem realmente ser aceitas agora ou no futuro. Isso ocorre porque, à medida que vocês evoluírem, vocês verão a nova sabedoria nelas. Tudo isto faz parte do processo de crescimento ao longo do tempo.
Portanto, isto é onde vocês estão atualmente, no padrão de mudança. Vocês estão no início do processo de crescimento. Tudo isso com uma nova rede, com muito poucos fractais para desfazer e refazer, como uma placa em branco, limpa das energias históricas. Vocês estão prontos?

Ouçam: Nenhuma profecia, sob qualquer condição, foi escrita sobre o que está acontecendo em seu planeta agora. Zero. Não há anciãos em qualquer lugar ou canalizadores em qualquer lugar, no momento, dando-lhes profecias sólidas ou boas sobre o que está próximo. Isto é porque vocês passaram pelo túnel da velha energia, das velhas profecias, e já estão livres delas. Esta é uma nova energia que vocês nunca experimentaram antes no planeta. Se vocês não sabem do que estou falando, leiam as profecias.
De acordo com as melhores e mais populares profecias aceitas de seu tempo, onde vocês deveriam estar agora? Onde a terra deveria estar agora? A resposta é “radioativa”. Ninguém pode existir em um planeta que teve uma troca nuclear maciça, não importa o que seus filmes digam. A ideia de uma terra pós-apocalíptica é uma fantasia. Vocês não sobrevivem quando há muita radiação. Ela afeta tudo no ar, nos oceanos e a própria poeira que teria sido levantada por milhares de explosões nucleares estaria circundando o planeta e bloqueando o sol por décadas. esse é o apocalipse que nunca aconteceu. Em vez disso, vocês estão aqui com seus filhos e um novo planeta com esperança.

Em uma ou duas gerações, alguém levantará a mão e dirá: “Eu não pude deixar de notar que somos diferentes”. Este é o tempo que pode levar, especialmente para reescrever a velha consciência da desgraça esperada. Duas gerações podem se passar antes que alguém levante uma mão para dizer: “Olha, o sol está saindo (uma metáfora). Está diferente”. Os seres humanos são lentos para mudar, mas podem notar atitudes que mudam e que têm uma estrada nova sobre a qual caminhar.

Então você quer saber qual é a sua tarefa no momento, querida velha alma? (termo usado para os que já estão despertando).Sua tarefa é incentivar aqueles ao seu redor usando sua compaixão e equilíbrio. Quando vocês os ouvirem falar sobre o fato de que eles não podem ir adiante, ou que as coisas estão horríveis no planeta, ou o que o noticiário disse na noite passada, falem de uma forma amorosa. No momento apropriado vocês poderão dizer: “Eu realmente não concordo com tudo isso, eu sinto que temos um tempo positivo pela frente. As coisas estão diferentes. Vocês não podem sentir isso, vocês não podem ver isso? Eu acho que nós temos um futuro melhor. Só precisamos ser pacientes com isso e parar de chafurdar no drama que outros nos estão dando, que nos influencia e nos fazem temer tudo “.

Ouçam: Isso é chamado de “plantio de sementes” e eles podem rir em sua cara. No entanto, a semeadura que vocês fizeram tem uma visão compassiva e equilibrada que permanece em sua consciência. É atrativo. Plantem as sementes de que existe a chance de mudança positiva à frente.
Agora eu estou lhes dizendo por que essas coisas têm uma tendência a mudar em uma nova energia. O potencial está maduro para essa mudança, no entanto, a cronometragem disto cabe aos seres humanos que estão aqui. Vocês ouviram isso? O Espírito não está no controle de seu livre arbítrio ou com que rapidez vocês se adaptam a essa mudança.
Quanto tempo isso levará para os israelenses e para vocês? Como vocês recebem esta mensagem sobre eles? Muitos irão separá-la, discuti-la no YouTube, comentar o quanto é estúpida ou absurda. Este é o livre arbítrio, mas deixem-me dizer-lhes algo: se vocês virem esse tipo de reação, é um ser humano que não escapou da ideia de destruição para todos. Essa é a consciência do que deve ser reescrito primeiro. Quantas décadas precisam se passar antes que alguém perceba que a profecia do que deveria ter ocorrido há quase 20 anos não ocorreu?

É uma mensagem maravilhosa. Vocês acreditam nela? Nós não temos um grupo de velhas almas todas tomando uma pílula. Cada um de vocês é tão único e tão diferente e irá despertar e evoluir em diferentes momentos, por diferentes razões.
O que vocês irão fazer com tudo isso? Alguns não conseguem digerir tudo o que eu disse, mas, com o tempo, vocês irão entender. Outros já entendem isso agora. Novamente, vocês todos estão em caminhos diferentes.

O Espírito sabe quem vocês são. O Espírito sabe o seu nome, e vocês não estão na escuridão. Vocês não estão sem apoio. Como isso os faz sentir? A metáfora é: eu os desafio a entrarem no armário, fecharem a porta, e apagarem a luz – e tentem ficar sozinhos! Vocês não podem! Os anjos benevolentes que vieram a este planeta com vocês ainda estão com vocês. Esse é o Deus-em-vocês". Kryon

Fonte: http://www.rosacroceoggi.org/