giovedì 30 giugno 2016

L’uomo è la somma totale dei suoi stessi pensieri!


Nelle mani dell'umanità è racchiuso un enorme potere, che aspetta di essere utilizzato...
E’ stupefacente come l’uomo abbia tanto tremendo potere dentro se stesso, così tante facoltà trascendentali delle quali non abbiamo idea.Non è strano che ci abbiano sempre insegnato a cercare forza e potere “esterno”?
Ci hanno insegnato a guardare ovunque tranne che “dentro” e ogni volta che questo potere si manifestava nelle nostre vite ci veniva detto che era qualcosa di soprannaturale.
Ci sono molti che sono riusciti a capire questo meraviglioso potere, e che hanno compiuto seri e coscienziosi sforzi per raggiungere salute, potere e altre condizioni, e sembrano fallire. Essi non sembrano capaci di mettere in atto la Legge della Creazione. La difficoltà in quasi tutti i casi è che si relazionano con elementi esterni. Vogliono denaro, potere, salute e abbondanza, ma non riescono a capire che questi sono effetti, e si possono ottenere solo trovandone la causa. Ci sono soltanto tre cose che possiamo eventualmente desiderare nel mondo “esterno” e ognuna di esse la si può trovare nel “mondo interno”. Il segreto per trovarle è semplicemente quello di applicare il “meccanismo” appropriato di connessione al potere onnipotente al quale ogni individuo ha accesso.
Le tre cose che tutta l’umanità desidera e che sono necessarie per la sua più alta espressione e completo sviluppo sono Salute, Ricchezza e Amore. Tutti ammetteremo che la Salute è assolutamente essenziale; nessuno può essere felice se il corpo fisico soffre. Non tutti affermiamo con la stessa sicurezza che la Ricchezza sia necessaria, ma tutti dobbiamo ammettere che un sufficiente sostegno è almeno necessario, e quello che consideriamo sufficiente per uno, potrebbe essere considerato un’assoluta e sofferta mancanza per un altro; e dal fatto che la Natura procura non solo in modo sufficiente ma abbondantemente, prodigalmente, generosamente, possiamo evincere che ogni privazione o limitazione è solo la limitazione dovuta a un metodo di distribuzione artificiale. E probabilmente ammetteremo che l’Amore è la terza, o forse qualcuno dirà la prima essenza necessaria alla felicità dell’umanità; in ogni senso, chi possiede Salute, Ricchezza e Amore, capisce di non avere bisogno di null’altro da aggiungere alla sua coppa della felicità. La sostanza Universale è “Tutta Salute”, “Tutta Abbondanza” e “Tutta Amore” e il meccanismo di collegamento mediante il quale possiamo coscientemente connetterci con il sostegno infinito è nel nostro metodo di pensiero. Per pensare correttamente bisogna quindi entrare nel Luogo Segreto dell’Altissimo. La visualizzazione è il meccanismo di collegamento di cui abbiamo bisogno. La Visualizzazione è un processo molto diverso dalla vista; la vista è fisica, quindi associata al mondo oggettivo, il “mondo esterno”, ma la Visualizzazione è un prodotto dell’immaginazione, ed è quindi un prodotto della mente soggettiva, il “mondo interno”. Essa quindi possiede vitalità; essa crescerà.La cosa visualizzata si manifesterà nella forma. Il meccanismo è perfetto; è creato dal Grande Architetto che “Ha fatto bene ogni cosa”

La sola osservazione, modifica la realta'.
Il fatto che la nostra concentrazione possa focalizzare un avvenimento piuttosto che un altro, è pure consono alle scoperte della nuova fisica, che ammette che l'esperimento, o anche la sola osservazione, modifichi la realta'. Sembra che, usando il pensiero, il sentimento e l'emozione, possiamo attrarre i punti di scelta e cambiare i risultati previsti.
Se oggi, nel nostro presente, siamo capaci di introdurre anche una piccola modifica, possiamo sfuggire all'effetto negativo del futuro.

Un metodo nuovo di preghiera!
All'interno di noi stessi dobbiamo sperimentare, sentire ciò che vogliamo realizzare all'esterno; e questo dobbiamo sentirlo nel corpo, nei pensieri e nei sentimenti.
Ciò che vogliamo deve realizzarsi contemporaneamente nel pensiero, nel sentimento e nel corpo
Il pensiero e l'emozione, prima devono essere considerati separatamente e poi riuniti perche' il

PENSIERO
 deve essere il sistema di guida che indirizza le nostre emozioni. Il pensiero, anche sotto forma di immaginazione, determina dove dirigere l'attenzione e l'emozione.
L'EMOZIONE e' l'energia che ci fa percorrere la direzione voluta, e' "la fonte di potere." All'estremo esistono solo due emozioni: l'amore e la sua mancanza, spesso identificata con la paura.
Il SENTIMENTO e' l'unione di pensiero ed emozione, infatti per provare un sentimento dobbiamo avere un'idea e un'emozione. Ora, il sentimento, e' la chiave della preghiera, perché la Creazione risponde al mondo del sentire umano. Quindi, per prima cosa diventa importante capire ed essere coscienti dei pensieri e delle emozioni rappresentati dai nostri sentimenti, perché talvolta si esprimono pensieri che sottendono emozioni diverse da quello che affermiamo, e finiamo così per realizzare effetti indesiderati, o facciamo in modo che la nostra preghiera non funzioni. I pensieri, in se stessi, possono veicolare delle aspettative, ma rimangono desideri potenziali e quindi inerti se non sono accompagnati dal potere dell'emozione. Spesso, però, l'emozione che accompagna un desiderio cammina in direzione inversa al nostro desiderio, ma noi non ne siamo coscienti.
Se desidero una salute migliore, sotto il pensiero del miglioramento c'è la paura della malattia, della poca salute che ho, e quest'emozione dà potere proprio a ciò che temo: la malattia. Anche a livello di pensiero, dicendo "migliore", implicitamente mi focalizzo sul "non abbastanza"; e se pensiamo di non avere abbastanza, inconsciamente ci sentiamo miseri, angosciati.
Noi immergiamo nelle possibilità della Creazione un sentimento in forma di immagine, quel tanto di energia che basta affinché si sviluppi una nuova possibilità. La chiave di questo sistema, però, e' che la Creazione restituisce precisamente ciò che la nostra immagine aveva mostrato.
L'immagine indica alla zuppa della Creazione dove abbiamo posto la nostra attenzione. L'emozione che colleghiamo all'immagine attrae la possibilità di quest'immagine.
Quando "non vogliamo qualcosa - un'emozione basata sulla paura - la nostra paura in realtà alimenta ciò che diciamo di non volere."

In sostanza, la Legge Creativa, che regola questo nostro potere, implica che noi ci focalizziamo solo sul positivo, su ciò che vogliamo e mai su quello che non vogliamo che accada; quindi, per esempio, dire e sentire: "fai scomparire la guerra", finisce col dare forza all'idea di guerra, mentre pregare per la pace significa focalizzare l'attenzione su di essa.
Non basta, tuttavia, limitarsi a quest'aspetto della preghiera, ma ogni possibilità effettiva di cambiamento, sia a livello individuale, sia a livello sociale (mutamento degli schemi che reggono la societa', realizzazione di un nuovo mondo), si concretizzerà solo se riusciremo a sintonizzarci sullo stato d'animo del risultato e non sul tempo che ci sarebbe voluto a produrlo.
In sintesi, dobbiamo sentire che ciò che vogliamo si e' già realizzato e che la nostra preghiera è stata esaudita nel momento stesso in cui l'abbiamo pronunciata.
La fede diventa l'accettazione del nostro potere in quanto forza capace di imprimere una direzione alla creazione.
La modalità di richiesta della nuova forma di preghiera, necessariamente, deve terminare con un'esplicitazione di gratitudine, perché se siamo convinti che ciò che chiediamo è stato ottenuto, dobbiamo ringraziare. Anche se non vediamo al momento risultati concreti, dobbiamo essere sicuri che in qualche parte del mondo la nostra preghiera è già stata esaudita.
“L’uomo è la somma totale dei suoi stessi pensieri; quindi la domanda è: come facciamo a mantenere solo i buoni pensieri e respingere quelli cattivi? All’inizio non possiamo impedire ai cattivi pensieri di arrivare, ma possiamo evitare di mantenerli. L’unico modo di riuscirci è dimenticarli, cioè sostituirli con qualcos’altro. E’ qui che arriva un’affermazione precostruita.

Quando si insinua un pensiero di rancore, gelosia, paura o apprensione, iniziate subito la vostra affermazione. Il modo per combattere l’oscurità è con la luce, l’unico modo di combattere il freddo è col calore, il modo per sopraffare il male è col bene. Per quanto mi riguarda, non avrei mai potuto trovare alcun aiuto nel negare. Affermate il bene, e il male svanirà.”Frederick Andrews.

Fonte: L'effetto Isaia di Gregg Braden
La Chiave Suprema – Charles Haanel


lunedì 20 giugno 2016

Scoperta la sinfonia della vita: le proteine vibrano come corde di violino per comunicare!

foto google


Incredibile! Ogni singola cosa sul pianeta possiede luce e suono!
Utilizzando una nuova tecnica d’imaging, un gruppo di ricercatori coordinato da Andrea Markelz dell’università di Buffalo nello stato di New York è riuscito a osservare e a documentare le vibrazioni del lisozima, una proteina antibatterica presente in molti animali, compreso l'uomo.
Il team ha scoperto che le vibrazioni, che in precedenza si pensava che si smorzassero rapidamente, in realtà persistono nelle molecole come il “suono di una campana“.
“Questi piccoli movimenti – ha detto Markelz – consentono alle proteine di cambiare forma rapidamente in modo che si possano facilmente legare ad altre proteine, un processo che è necessario al nostro corpo per eseguire funzioni biologiche critiche come assorbire ossigeno, riparare altre cellule e replicare il codice genetico”.
La ricerca apre le porte a un nuovo modo di studiare i processi cellulari fondamentali che sono quelli che permettono la vita.

Nel 2005 Kryon aveva già informato del potenziale imminente di questa scoperta:
“Vorrei darvi una vera scienza che è invisibile. Cioè, estendere la vostra logica a cose che sono al di fuori della vostra realtà, ma che effettivamente vi trovate in essa, ma sono invisibili per voi.
Vi darò alcune percezioni alle quali pensare. Immaginate che ci sia due oggetti su un tavolo. Diciamo due mele se volete. Che cosa vedete? “Bene, Kryon, vedo una cosa e poi c’è dello spazio tra loro e quindi vedo un’altra cosa. Poi vedo anche il tavolo. ”Questo è molto quadridimensionale, ed è giusto nella vostra realtà. Ma ecco qui alcune informazioni che vi daremo che sono scienza: non esiste una cosa come uno “spazio tra loro.” Esse esistono tutte in una costante continuità d’interezza energetica, sempre in cambiamento. E se aveste degli occhiali interdimensionali, non vedreste due oggetti e un tavolo. Al contrario vedreste un processo! E all’interno di questo processo, i colori vi direbbero dove le differenze di energia dovevano creare ciò che voi ritenete solido o spazio. Essi non sono affatto oggetti! Sono un processo di energia che è costantemente in movimento.
Dico solo che questi metaforici occhiali interdimensionali vi potranno dire qualcosa di drammatico: essi vi mostreranno che non esiste una cosa come lo spazio tra due oggetti. All’interno della vera dimensionalità (non la 4D) non c’è tempo lineare e non c’è distanza. Non c’è spazio nemmeno tra te e quelli che hai amato e perduto. Assolutamente. Ma in 4D pensi che ci sia, e piangi coloro che, nelle quattro dimensioni, se ne sono andati a causa di quella che chiami Morte umana. Ma quando indossi quegli occhiali interdimensionali, potrete vedere che essi sono proprio qui! 

Il DNA Canta!
"Adesso vi daremo qualcosa cui pensare. Voi mettete la luce, il suono e il colore in comparti separati. Dite: “Oh, è bello!” e poi attribuite i colori a determinate cose e le luci ad altre e i suoni, ad altre ancora – senza mai comprendere che ogni singola cosa sul pianeta li possiede tutti e tre! Essi sono integrati come uno solo, e non potete menzionare niente sul pianeta che non li contenga tutti e tre. Tuttavia, voi separate il loro studio.
Oh, potreste guardarli indipendentemente se così scegliete. Ma sarebbe come andare da un’orchestra sinfonica e chiedere di ascoltare un violino, mentre il resto dell’orchestra suona senza che voi la udiate. Perché fareste questo quando il coro e l’orchestra sono così profondi? Perché isolereste un attributo per dire: Bene, studiamo una sola cosa e ignoriamo tutte le altre. Questo è perché non potete sentire e vedere e apprezzare le altre. Perché? Perché spesso esse sono invisibili alla vostra percezione.
Kryon, ci stai dicendo che le cose comuni possiedono luce?
Sì, questo è esattamente ciò che vi sto dicendo. Pensavate che la luce avesse un’energia propria? Avete considerato che potrebbe trattarsi di un effettivo mattone della materia, parte di un processo? Dovete ancora scoprire questo. E quando lo farete, ci sarà un tumulto. E la notizia sarà: Bene, sembra che, in effetti, noi non comprendiamo veramente la materia, poiché scopriamo la luce in ogni sua parte".

Ogni cosa possiede luce, persino in una roccia!
Fate degli esperimenti per vedere se vi sto dicendo la verità. Scoprirete la luce in tutta la materia, anche in una roccia! Oh, può essere sottile, ma c’è. Sfidiamo i vostri scienziati a trovare camere oscure dove poter mettere un oggetto comune. Poi sezionatelo, apritelo se lo desiderate. Con strumenti ultra sensibili alla luce, lasciateli lì per una settimana o un mese... o anche di più. Con una lastra fotografica ad alta sensibilità, raccogliete i fotoni che potrebbero uscire da questa roccia nell’oscurità completa. Vi garantisco che quando li tirerete fuori da quella camera oscura e svilupperete quel film, scoprirete che c’è luce nella roccia! E se desiderate iniziare ad analizzare quella luce, scoprirete una vibrazione che non ha alcun senso: è molto più alta di quello che potevate aspettarvi.
Quella nuova vibrazione è effettivamente un colore! Quando iniziate a parlare di vibrazioni molto elevate voi non pensate ai colori perché non sono nella gamma della vista umana. Ogni cosa possiede luce. Ci sono attributi della luce che voi dovete ancora misurare o comprendere, ma ogni vibrazione è un colore e anche un suono. Che orchestra! Che suono produce la luce! Vedete, la luce è sempre anche suono, ma voi non lo sentite. Io sì, e anche voi, quando non siete in un corpo umano.
Molti dubitano di me. 
Fate attenzione a questo: un giorno la vostra scienza vi dimostrerà che effettivamente il DNA canta! Gli strumenti dimostreranno che il DNA canta (ha le vibrazioni del suono). Vi dico che alcune delle cose di cui sto discutendo in questo momento stanno per essere scoperte”. - Kryon nel 2005

Il Magnetismo… un processo!
“Volete vedere un motore a energia gratuita? Guardate i magneti a due barre!
Lasciate che vi faccia un esempio di un processo che forse non avete ancora considerato. Quando prendete due barre magnetiche, aventi ognuna una lunghezza di parecchi pollici, e le unite in una certa posizione, fate fatica a separarle. Tuttavia con un altro allineamento, essi spingono – si respingono a vicenda con una tale forza che non riuscite ad avvicinarle, per quanto vi sforziate di spingere. Qualcuno ha chiesto: Dov’è la Fonte? Dove sono le pile? E quante volte dovete sostituirle? Bene, non ci sono pile e non si devono mai sostituire perché la potenza è continuata.

Da dove viene questa potenza?
Pensateci. Che cosa potrebbe causare una tale forza costante... un’attrazione o una repulsione di tale portata per tutta la vostra vita e oltre? Avete mai considerato questo? Nessun collegamento, non ci sono pile, nessuna presa nella parete, e tuttavia è fisicamente potente e voi potete vederlo e sentirlo. State forse vedendo un processo? Qualcosa invisibile?

Vi dirò che cos’ è: è un processo di magnetismo e gravità. Questi si soprappongono per creare un’interazione dove in entrambi i campi vengono create anomalie, che sbilanciano il Reticolato Cosmico quanto basta a tirare apparentemente dal niente la potenza fisica (forza) dall’universo. Se questa forza è grande abbastanza, può effettivamente cambiare la distanza, il tempo e gli attributi della materia (lo spazio tra il nucleo di un atomo e la massa dell’elettrone). E’ una forza interdimensionale, ed è per sempre!

C’è una connessione interdimensionale tra il polo nord e il polo sud?
Pensate alla vostra terra e ai poli nord e sud, che sono proprio come i magneti. Quali sono gli attributi di questo motore? Alcuni chiedono: C’è forse qualche tipo di connessione, che in realtà non possiamo vedere, tra l’energia del polo nord e quella del polo sud? E la risposta è assolutamente sì!
C’è una connessione interdimensionale che non potete vedere, ma che è più spessa di quanto possiate immaginare. Tra i due poli di qualsiasi campo magnetico, c’è un motore che è interdimensionale ed è sempre “acceso.” Tra i poli c’è un processo, non spazio vuoto. Voi siete seduti all’interno del processo (tra i poli), e questo, mio caro umano, è il segreto per cui il magnetismo della terra si relaziona alla tua biologia e al tuo DNA.
Hai già visto la “forza” dei magneti. Incominciate ad ammettere che forse questa forza invisibile porta qualcosa per te. Pensateci: energia apparentemente dal nulla.

martedì 14 giugno 2016

Falar às células para se curar – O DNA nos “conhece”!


Leitura recomendada para quem sabe usar a mente quântica.

Uma célula, deixada a si mesma, pode se desenvolver de forma desordenada, enquanto que quando recebe ordens específicas, se organizam em tecidos e sistemas para manter um equilíbrio de relacionamento com as outras células que a rodeiam.
Uma nova linha revolucionária desta percepção da vida está se estabelecendo hoje no nível científico, e as possíveis aplicações resultantes, são de importâcia vital. Estão emergendo inovadoras chaves  de aplicação para a compreensão e tratamento das doenças atè mesmo graves, através da simples comunicação com as próprias células..

“Assim como a luz, a biologia humana è mais inteligente do que se pensa. Existe uma enorme energia de cura na camada nove do DNA à espera de instruções quânticas, para modificar sistematicamente o próprio padrão. Visto que o DNA funciona de forma multidimensional, o entendimento não chega a vocês de forma muito lógica. Pense em um efeito quântico da física: pequenas partículas que se comportam de forma muito estranha e até mesmo fora da sua realidade 3D. Isto é demonstrado por um simples experimento feito com a luz (a experiência da dupla fenda). A luz pode estar em dois lugares ao mesmo tempo. Pode-se observar a luz que muda seu estado, passando de onda a partícula, pelo simples fato de ser observada por um ser humano. O que isso significa? Que a luz é multidimensional, e mais inteligente do que você pensa. Bem, é a mesma coisa com a sua biologia!
*(segundo Kryon, o DNA possui 12 camadas e a n°9 é a camada da cura)

O DNA foi projetado para funcionar em muitas dimensões
O DNA foi projetado para funcionar em duas partes, de modo muito semelhante à química identificada no genoma humano. Menos de cinco por cento é linear e a maior parte dele está esperando para ser ativada. Pense nisso como se cinco por cento fosse o motor do genoma e os outros noventa e cinco por cento, as instruções que o fazem funcionar.
Uma parte do sistema imunológico é linear, e esta é a parte que vocês conhecem e com a qual  a medicina moderna interage. Os outros noventa por cento só podem ser ativados com energias multidimensionais  – energias que eram conhecidas no passado, mas que foram se perdendo ao longo do tempo.
Vamos observar juntos, do ponto de vista linear: E se você tivesse um vírus agora? Será que o seu corpo lhe diria? E se você tivesse um crescimento surpreendente e ameaçador do câncer, unindo-se a um órgão? O seu corpo lhe diria? Vocês não acham isto perturbador? Não é estranho que tenham que ir a um médico para tomar conhecimento de tais informações, através de analises? Isto não clama, a nível celular, que há algo sendo omitido? Realmente, há, e o que está sendo omitido é 90% da informação quântica de um DNA que foi concebido, não apenas para sabê-lo, mas também para cuidar-se. Mas não è o que acontece.

O Segredo de "DNA lixo"
Vocês estão começando a descobrir agora, o potencial que está dentro de vocês mas que nunca pensaram antes. O DNA "sabe" quem você é. Em seu corpo, há uma centena de trilhões de moléculas na dupla hélice do DNA que são todas iguais. Elas formam ao seu redor um campo que se estende por cerca de oito metros e tem um nome hebraico: Merkabah. Vejam, o DNA é o elemento sagrado dentro de vocês. Cada loop ativo do DNA tem três bilhões de partes químicas. No entanto, quando a ciência estuda essa química, vê apenas aquele três por cento que  é o sistema linear que cria todos os genes do corpo humano.
Todo o resto da química, que representa mais de noventa por cento de todo o seu DNA, não é compreendido porque a ciência procura sempre a linearidade. Os cientistas querem examinar as coisas que esperariam encontrar em sua realidade. Os noventa por cento que vêem, parecem um mistério, eles continuam a se concentrar em apenas três por cento, porque é o que parece fazer todo o trabalho. Ser Humano, se a sua consciência é linear, então, isso serà tudo o que você verà - sistemas lineares e um comportamento linear.
O DNA só pode ser explicado se for linearizado, porque os seres humanos não conseguem examinar algo que está além de sua capacidade de compreender outras dimensões. Vocês alcançaram um limite de lógica e certos conceitos caem em ouvidos surdos, em uma consciência surda, pois não há entendimento. As coisas que não se encontram em sua realidade, são inconcebíveis para vocês. Assim, para ser estudado, todo o argumento de um aspecto multidimensional tem que ser colocado em uma linha reta.

O DNA tem uma parte linear e uma parte multidimensional. Quando observado ao microscópio, você verá apenas a parte linear... as partes químicas. Você não vê a parte invisível multidimensional. A parte multidimensional, no entanto, é tao real quanto a que está em 3D. É tão real quanto qualquer parte química. E você poderia até ver, se tivesse um microscópio multidimensional. Apenas cerca de três por cento do DNA é química 3D. O resto é informação multidimensional, escondida naquilo que parece ser uma química aleatória.
Não se trata de uma coisa esotérica, é apenas invisível aos seres humanos. É real, existe e è uma estrutura celular magnífica em muitas dimensões. A parte linear é evidente e simples, ocupa menos de cinco por cento do todo. A parte multidimensional, que é a maior parte do DNA, é complexa e difícil de explicar. Lá está tudo aquilo que definem como espiritual. O DNA é espiritualmente inteligente, mas você precisa vibrar àquele nível mais elevado que o permita de funcionar plenamente. Esta é a razão pela qual a maioria da humanidade è consciente apenas dos três por cento dele e não dà nenhum crédito à outra parte.
*(Ter uma atitude mental positiva – focada no amor - aumenta a frequência vibracional das células. Ndr)

Sua consciência fala à sua estrutura celular sobre o seu corpo, todos os dias.
Há uma tremenda energia de cura na Camada Nove do seu DNA, à espera de instruções quânticas para mudar sistematicamente o seu próprio projeto.
Sabem qual è a energia mais potente, disponível ao DNA multidimensional? A consciência Humana. Vocês têm uma consciência sagrada no campo do DNA. Sua consciência pode falar à estrutura celular do seu próprio corpo em uma base diária. Ela pode fortalecer o seu sistema imunológico e afugentar a doença, pois a energia da consciência Humana realmente é só energia de “informação”. Ela envia instruções para que o seu corpo mude. Então, a ferramenta poderosa que pode se comunicar com suas células, fazendo-as mudar, É A SUA CONSCIÊNCIA.

Quero que você entenda bem. Há vários atributos de possíveis comunicações com o noventa por cento do DNA (a parte quântica). A consciência humana é a mais forte e será ainda mais eficaz quando os seres humanos abandonarem o construto 3D. Muitos têm feito, e outros ainda o fazem!
Os métodos antigos são simples e estiveram com vocês por muitos e muitos anos. Depois, chegou a física básica. Observem, como pode a física de uma invenção afetar o DNA inteligente multidimensional? Há apenas um modo: a invenção a intenção do inventor. É algo tão fora da sua realidade 3D, que faz  você levantar os olhos para o céu. No entanto, a física quântica é assim. Se a luz pode mudar de forma por causa da observação de um Humano, é assim tão estranho que a consciência inventiva do cérebro humano possa ser afetada por propósito e intenção? A resposta é que é assim que funciona!
Por que Nikola Tesla era tão brilhantemente não-linear? Porque seu cérebro estava sintonizado a uma intenção não linear. Você sabia que ele descobriu uma massa sintonizável? (Descrição de Kryon para a anti-gravidade.) É possivel fazer com que os objetos sejam mais leves ou mais pesados, ​​sintonizando a massa. Isso se faz com o magnetismo de um projetista inteligente. No entanto, ele não foi capaz de manter o controle, porque não havia ainda computadores. Seu cérebro, no entanto, era sintonizado em frequências multidimensionais que lhe davam a capacidade de "pensar fora da caixa 3D".
A consciência humana que lhes dá uma invenção multidimensional está imbuído com a mesma invenção. É uma coisa difícil de explicar. Pensem nisso como uma fôrma de energia da intenção do inventor sobre o dispositivo em metal. Não importa como seja usado, o instrumento fala ao DNA e o DNA reage com a informação. A consciência FALA ao DNA.

Agora, os estados multidimensionais não são lineares, assim, você tem que jogar fora toda a lógica de tudo o que conhece para tentar entender como essas camadas trabalham. Você tem que jogar fora toda a matemática que você aprendeu na física, especialmente a que diz respeito à energia em geral. A lei do inverso do quadrado, por exemplo, é uma lei totalmente em 3D. Em um estado multidimensional, no entanto, está tudo lá. Às vezes parece que um energia realmente se multiplique. Isto é porque, na verdade, a energia multidimensional é uma transferência de informação.
No final, você vai conhecer os segredos que os antigos sabiam. Você sabia que viviam centenas de anos? Sim, foi assim para muitos. Sabiam como criar fora da 3D. O que para a medicina moderna parece ser uma mitologia ou uma superstição tola, eram mecanismos multidimensionais.

Os meridianos do corpo representam tipos de portais para acessar a “inteligencia” do DNA.
Os antigos poderiam não ter um conhecimento específico sobre o DNA, mas eles sabiam que havia princípios espirituais que poderiam realizar a cura, e os usavam perfeitamente. O que vocês acham que são os meridianos do corpo, e quantos existem? Eles aparecem nos raios-X? Não. Eles são reais? Sim. Há doze deles. Cada um representa o tipo mais simples de portal multidimensional do corpo Humano para acessar a “inteligência” do DNA. Durante milhares de anos, a humanidade conheceu isto. Agora, como a “medicina moderna” usa isto? A resposta é que simplesmente  não usa, pois a medicina moderna o vê como uma velha tradição de ignorância.
A pesquisa médica diz que a homeopatia é um “sistema reacionário impossível” e que uma substância que representa somente algumas partes em um milhão, não pode ter um efeito no sistema Humano. Isto ocorre porque é somente um sinal de “informação” ao DNA multidimensional. Na sua forma mais simples, ela dá ao corpo, informação para ajudá-lo a compreender o que fazer. É um sinal de intenção que afirma que o DNA é inteligente e precisa somente de informação, não de química para se curar.
O que é a acupuntura ou outros sistemas similares que operam com esses meridianos? São transferências de informação de energia para as partes inteligentes de DNA. Estas ajudam o corpo a se curar sozinho, com seu conjunto pessoal de instruções químicas, em vez de ser bombardeado por uma química externa, como se fosse ignorante e que precisasse de ajuda. Não há credibilidade para um corpo inteligente. A medicina alopática presume que o corpo não saiba e que precise de ajuda. Parece que o corpo está ali: inconsciente e estúpido.
É o momento de reconsiderar a realidade em que vivem. Quando a física diz que há mais de 11 dimensões no centro de cada átomo, por que então vocês decidiram que são apenas quatro que funcionam? Por que não aceitar o fato de que há uma energia em seu corpo (a Camada Nove) que opera com a sua biologia 3D e está pronta para trabalhar por vocês? No momento, a medicina moderna está ignorando isso, preferindo lhes bombardear com a química, que às vezes cria maiores danos, e então trabalhar com um sistema de instrução sistemática.
A mudança em que vocês se encontram, está dando-lhes a capacidade de operar novamente com as partes multidimensionais do DNA. Vocês faziam isso nos tempos antigos mas foi se perdendo. Agora se mostra novamente e algumas culturas estão já difundindo para o resto do mundo.

Ouçam isto: será provado cientificamente, e não falta muito. As células do seu corpo, especialmente a que você chama de Inteligência Inata ou o Inato, todas têm algo em comum e eu vou lhe dar um nome pela primeira vez.  Será chamado C.A.L. (Cells Are Listening). Isso significa que as Células Estão Ouvindo! (C.E.O.) Kryon)




giovedì 9 giugno 2016

A Glândula Pineal - O incrível poder do ser humano.



Todas as coisas no universo são criadas com a polaridade - Sem polaridade não existe vida!
"A Vida é criada pela presença de uma dualidade, uma polaridade nas partículas atômicas.
A vida é o que é necessário para que haja o universo. Não ha nenhuma razão para uma física sem a vida - e se pensava que fosse o contrário, e que a vida fosse um acaso em um único planeta. Em vez disso, a Vita é o PROJETO ". Kryon

O universo manifesto é baseado em pólos opostos, ou dualidade. Se há o bem, há também o mal, se existe a luz existe também escuridão, se houver nascimento há também a morte, e assim por diante. Não há um elemento que não tenha o seu antagonista. Da mesma forma, o universo traz sempre consigo a solução para neutralizar eventuais desequilíbrios. Podemos dizer que a economia do universo seja igual a zero por efeito destas polaridades contrastantes.

O organismo possui em si mesmo todas os elementos necessários para compensar os desequilíbrios que nele ocorrem - dos anticorpos, aos hormônios ou substâncias psicotrópicas. Assim, também a criação da glândula pineal é uma consequência desse espírito...
Para o místico, Deus é um estado de consciência, para os religiosos, é uma entidade externa com atributos. No primeiro caso, o homem que faz tal experiência, pode identificar-se com Deus, no segundo, nunca o alcançará ou o conhecerá (em um nível físico); ele aprende a sentir-se uma vítima, um indigno.
O misticismo, em todas as suas expressões, afirma que Deus se encontra no interior de cada homem e é possível alcançá-lo reconhecendo-o com a atitude mental correta, separando-se dos condicionamentos do ego hipertrófico. Então, se Deus é um status, uma consciência, (coisa que pode ofuscar-se), se poderá dizer que uma "ferramenta" capaz de elevar o estado de consciência, pode ser útil para restabelecer a situação primordial.
Há boas razões, portanto, para se acreditar que este instrumento seja a glândula pineal. A descoberta dos hormônios pineais e a análise em profundidade do lobo temporal do cérebro, documentam a origem divina do homem e a possibilidade de voltar a ser o que sempre foi (mas que se esqueceu de ser).
Podemos considerar a glândula pineal (ou epífise) o "dispositivo" mais sofisticado que se encontra em nosso corpo. É uma glândula endócrina com forma semelhante a uma pinha, mas não muito maior do que um grão de milho, e sua atividade é predominantemente noturna, pois é influenciada pela luz.
Descartes a chamou de "sede da alma" no século XVII, e desde então, os estudos continuaram na crença de que fosse envolvida no equilíbrio da psique. Localizada no centro de nosso cérebro, está ligada ao mesmo por redes neurais sofisticadas e é conhecida principalmente porque supervisiona e apoia uma multiplicidade de funções vitais, incluindo a regulação do ritmo circadiano de sono-vigília e do relógio biológico (crescimento, desenvolvimento, maturação sexual). De fato, o principal hormônio que é segregado é a melatonina, substância conhecida como associada à qualidade do sono e, em grande medida, também ao processo de envelhecimento.
Também é chamada de "terceiro olho" porque, de acordo com antigas crenças, quando ativada, se torna interface com a nossa consciência, dando a "visão interior, e a capacidade de se identificar com o princípio cósmico vital e de acessar uma infinidade de poderes psíquicos.

Devido à sua complexidade, as informações disponibilizadas pela ciência moderna ainda tratam superficialmente este órgão notável, cujos poderes nos séculos ou milênios passados, foram habilmente utilizados pelas civilizações mais avançadas. Benefícios hoje perdidos, juntamente com o conhecimento desses povos.
Nem todas as religiões e filosofias têm sido capazes de compreender o verdadeiro simbolismo ligado à glândula pineal para se inspirarem neste conhecimento antigo, bem como a medicina ortodoxa nunca se interessou o bastante em realizar uma extensa pesquisa.

Controle da Mente
Deve ser entendido que a ciência, como uma instituição que tem a tarefa de entender, demonstrar e aplicar as descobertas, nem sempre tem fins filantrópicos mesmo porque muito do verdadeiro conhecimento científico está nas mãos de pessoas sem escrúpulos. Muitos projetos foram realizados em segredo por cientistas a soldo dos controladores do planeta: as corporações industriais, lobbies e sociedades secretas que compõem a Elite tentacular que opera com o único propósito de exercer e aumentar o seu poder sobre a raça humana e a natureza.
Em tal cenário, executado a montante por uma poderosa sinarquia que se apoderou de todos os setores estratégicos, é difícil entender qual seja o real nível científico atingido e o que, até agora, nos tenha sido concedido o uso. A CIA, como um aparelho paragovernativo (e paramilitar), sempre esteve envolvida no projeto para o "controle da mente" e, neste contexto, já desenvolveu várias tecnologias, como por exemplo o famigerado MK Ultra, usado durante a Guerra Fria. O estudo da mente e do potencial extra-sensorial humanos são objeto de numerosos experimentos, desde o início dos anos 40, dos quais derivam até mesmo as Psy-ops (operações psicológicas) tão importantes para os estrategistas militares que agora são abundantemente aplicadas pelos governos, para influenciar a opinião pública.

Com a intenção de investigar o potencial militar de fenômenos psíquicos, o Governo dos EUA continuou sua pesquisa o que deu lugar em 1970 ao Stargate Projeto, referindo-se, em particular, à possibilidade de observar à distância (remote viewing) os movimentos do inimigo, sem sair de seu território. Esse projeto durou mais de 25 anos e financiou pesquisas na Universidade de Stanford e na American Society for Psychical Research, para desenvolver potenciais técnicas de espionagem à "distância". Após o famoso caso Roswell de 1947 e à presumível descoberta de um misterioso dispositivo (chamado Orion Cube), testemunhamos o nascimento de um outro tipo de operações secretas, o Black-ops (operações ocultas), que inclui a apropriação e o estudo de tecnologia alienígena para uso militar e governativo.
Argumentos que a maioria das pessoas ignora ou associa à histórias ou lendas metropolitanas ou  apenas "ficção", graças, principalmente, à propaganda de mídia sofisticada em que as pessoas estão constantemente sujeitas. De fato, se por um lado diversos filmes e séries de televisão, contendo fragmentos de verdade, são programados com o objetivo de testar e pilotar culturalmente os espectadores projetando-os em realidades futuristas, por outro lado, fornecem os elementos para descreditar facilmente eventuais vazamentos de notícias e proteger operações em curso.
Obviamente, sendo ferramentas fundamentais para a manipulação, a "máquina" de Hollywood e todos os meios de comunicação mainstram que divulgam informações, têm estado sempre a serviço da Elite da antiga linhagem que, graças ao conhecimento da cultura esotérica e ao gênio de muitos cientistas (nem sempre consensuais), destruiu, cancelou, remodelou, subornou, matou, perseguiu, manchou enganou… explorando e perpetrando todos os tipos de abominação. Esta política de centralização do poder baseada na distorção da verdade e na violência (física e psicológica), continua inabalável mas está hoje na sua fase final.

A pineal e o Projeto Looking Glass
Um dos experimentos secretos mais intrigantes, após o Philadelphia Experiment (ocorrido em 1943) é certamente o projeto Looking Glass, um programa pertencente ao Black-ops, que permitiu de criar um imenso Stargate (abertura no tecido do espaço-tempo) operação que arquiteta o funcionamento da glândula pineal. Efetivamente, a ciência descobriu que a retina tem os mesmos fotorreceptores também presentes na pineal que, de fato, é uma glândula sensível aos campos eletromagnéticos e há ainda, em alguns aspectos, um legado químico funcional semelhante aos olhos. A glândula, em boa saúde, conteria em si um fluido especial e, uma vez feito a liberação de DMT e Pinolina, seria capaz de isolar-se de qualquer estimulação eletromagnética externa, projetando a consciência do indivíduo para os reinos mais elevados de consciência. O líquido isolado dentro da glândula agiria como um tipo de monitor, permitindo de "observar" o plano dimensional no qual se focaliza.

Certas percepções extra-sensoriais (ESP) como precognição, clarividência e telepatia, sempre foram prerrogativas de indivíduos que aprenderam a usar o potencial da glândula pineal. Visões nítidas de outras dimensões e deslocamentos extracorpóreos ao longo da linha do tempo, podem ser induzidos por nosso pessoal "Stargate" natural. Mas, se tudo isso fosse artificialmente replicável, um poder semelhante exigiria um adequado bom senso de responsabilidade: viajar através do tempo, bem como prever e modificar o futuro, são dons que, em mãos erradas, poderiam se tornar perigosos. Por mais arriscado que sejam, as "forças especiais" que lidam com estas experiências não são novas para este tipo de desafios e parece que, atraídos pelo potencial operacional do projeto, gastaram recursos extraordinários.

David Wilcock, pesquisador psíquico, autor de The Divine Cosmos e especialista em geometria sagrada, recentemente falou sobre o fenômeno e de como já está sendo usada a tecnologia Looking Glass em uma base subterrâneo não especificada. Para o tipo de informação que dá ao público, muitos consideram Wilcock um visionário, mas suas investigações fascinantes, muitas vezes envolvendo personalidades de alto calibre scentifico, também oferecem muitos pontos para reflexão.

A glândula é influenciada por campos eletromagnéticos
Milhares de anos atrás, provavelmente na época da evoluta civilização de Atlantis, os poderes supremos Humanos sofreram um declínio acentuado. Responsável por este rebaixamento intelectual, podem ter sido vários fatores, muitos dos quais ainda não são claros. Alguns dos pressupostos avançados, são decididamentemuito audazes que vão desde a manipulação genética por parte de raças alienígenas hostis, à hibridação de sobreviventes da Atlântida com espécies contíguas, mas geneticamente menos evoluídas. Com a ajuda de ciências de ponta, tais como epigenética, que demonstra claramente como seja a interpretação do ambiente ao estimular as características do DNA em vez de um determinismo genético rigoroso e competitivo, hoje sabemos que é possível mudar mesmo aquilo que biologicamente se acreditava ser imutável ou inato. Isto também se aplica ao envelhecimento e doenças graves.
Outra teoria diz que poderia ter sido um remoto cataclismo que alterou significativamente as condições ambientais do planeta e, consequentemente, a função da glândula pineal nas gerações posteriores.
Hoje sabemos que a glândula pineal é grandemente afetada pela quantidade de luz e dos campos eletromagnéticos, e podemos facilmente deduzir como a vida moderna (telefones celulares, eletrodomésticos, luz artificial, etc.) trouxe grandes mudanças no organismo. A fisiologia do pineal poderia ter sido modificada posteriormente em relação a essas mudanças ambientais, e essa alrteração poderia ter contribuído para a deterioração física mais rápida, bem como o aparecimento de novas doenças.
Do ponto de vista da alimentação, uma dieta com baixo teor de ferro, cálcio, fósforo e triptofano, inibem o bom funcionamento da glândula pineal, bem como o consumo de remédios bloqueadores - benzodiazepinas, bloqueadores dos canais de cálcio, clonidina, alchool, cafeína, especialmente nas horas antes de dormir. Um estilo de vida saudável, com base na atividade física matutina, boa alimentação, ausência de poluição e uma grande quantidade de sono, têm efeitos positivos sobre secreções de serotonina e melatonina.
A experiência dos místicos induz a pensar que qualquer estrada que leve à verdade suprema, é bem-vinda, seja ela química, como o soma, ou natural,  como a meditação, e, de fato, ambas agem através dos mesmos mediadores químicos do cérebro. De qualquer forma, a realização espiritual, não é algo que aparece sem seguir um processo fisiológico preciso.

Colher esta oportunidade para elevar-se vibracionalmente significa viver em um estado de presença lúcida, transmutar a dor passada em sabedoria para construir um novo mundo com o conhecimento do próprio Eu Divino, finalmente donos e responsáveis desses poderes que assim retornarão a fazer parte de nós para o bem de todos, porque todos nós somos inevitavelmente UNO.
Sensacional! “O Poder Perdido– Cap. IX

Fonte: crepanelmuro.blogspot.it

sabato 4 giugno 2016

Descoberta a “Sinfonia da Vida” - As proteínas vibram como cordas de violino para comunicar!



Sensacional! Cada coisa no planeta tem luz e som!
Usando uma nova técnica de imaging, uma equipe de pesquisadores coordenados por Andrea Markelz da Universidade de Buffalo, no estado de Nova York, conseguiu observar e documentar as vibrações de lisozima, uma proteína antibacteriana encontrada em muitos animais, incluindo seres humanos.
A equipe descobriu que as vibrações, que anteriormente se pensava que se atenuassem rapidamente, na verdade persistem nas moléculas como o "som de um sino."
"Esses pequenos movimentos - disse Markelz - permite às proteínas de mudar de forma rapidamente, de modo que possam facilmente ligar-se à outras proteínas, um processo que é necessário para o nosso corpo para executar funções biológicas críticas, tais como a absorção de oxigênio, corrigir outras células e replicar o código genético ".
A pesquisa abre as portas para uma nova maneira de estudar os processos celulares básicos que são os que tornam a vida possível.

Já em 2005, Kryon havia informado sobre essa possível descoberta.
“Quero dar-lhes uma verdadeira ciência que é invisível. Mas, talvez, depois de tudo, isso não será uma fantasia - isto é, alargar a sua lógica para as coisas que estão fora de sua realidade, mas que, efetivamente, vocês se encontram bem dentro dela, mas são invisíveis.

Gostaria de dar-lhes algumas percepções nas quais refletirem. Imaginem dois objetos sobre uma mesa. Por exemplo, duas maçãs. Como você descreveria?
Bem, Kryon, eu vejo uma coisa, depois vejo um espaço entre elas… e depois vejo outra coisa. Vejo, também, a mesa.
Isso é muito quadrimensional, mas para sua realidade 4D, é válido.
Eis aqui então, algumas informações que vos daremos e que se trata de ciência: não existe tal coisa como um "espaço entre as duas maçãs." Tudo existe em uma constante ininterrupta de completa energia, sempre mudando. E se você tivesse óculos interdimensionais, você não veria os dois objetos e uma mesa. Em vez disso você iria ver um processo! E dentro deste processo, as cores lhe diriam onde as diferenças de energia criariam o que você considera sólido ou espaço. Elas não são objetos! São um processo de energia que está constantemente em movimento. Eu não posso explicar-lhe tudo, a não ser que estes metafóricos óculos interdimensionais lhe dirão uma coisa dramática: eles mostrarão que não existe tal coisa como o espaço entre dois objetos. Dentro da verdadeira dimensionalidade (não a 4D), não existe tempo linear e não existe a distância. Dessa forma, deveriam concluir que a vida é para sempre. Sua percepção da vida é a sua vida humana, como se isso fosse tudo aquilo que existe. Não há nenhum espaço entre você e aqueles que você amou e perdeu. Absolutamente NADA! Mas em 4D você diz que existe, e choram por aqueles que, na quarta dimensão, se foram por causa daquilo que vocês chamam de morte humana. Mas quando você usa aqueles óculos interdimensionais, verão que eles estão aqui!

O DNA Canta!
Agora vamos lhes dar algo em que pensar. Vocês separam a luz, o som e a cor e dizem: “Oh, é lindo!” e, em seguida, atribuem cores para certas coisas, luzes para outras e sons para outras coisas mais – sem compreenderem que tudo o que existe no planeta possui os três atributos! TUDO! Estão integrados em uma unidade e é impossível mencionar algo na Terra que não contenha os três. Entretanto, vocês os estudam separadamente.

Oh, vocês poderiam observá-los de forma independente, se assim o desejassem. Mas isto seria como ir a um concerto de uma orquestra sinfônica e desejar escutar unicamente um violino, enquanto o resto da orquestra toca, sem que vocês escutem. Por que fariam semelhante coisa quando o coral e a orquestra são tão profundos? Por que isolar um atributo e dizer: “Bem, vamos estudar apenas este e vamos ignorar os demais”? Isso se deve ao fato de não poderem escutar, ver e valorizar os demais. Por quê? Porque são freqüências invisíveis à sua percepção.


“Kryon, você está nos dizendo que as coisas comuns contêm luz?”
Sim, é exatamente o que estou dizendo. Pensaram que a luz tivesse a sua própria energia? Não pensaram que, de fato, pudesse ser um dos componentes da matéria e que faz parte de um processo? Ainda precisam descobrir isto. E quando o fizerem, haverá um grande tumulto. E a notícia será: “Bem, parece que realmente não compreendemos a matéria, já que estamos descobrindo luz em toda ela.” 

Todas as coisas possuem luz… até mesmo uma rocha!
Façam as experiências para comprovar que digo a verdade. Encontrarão luz em toda a matéria, inclusive em uma rocha!
Oh! Poderá ser muito sutil, mas existe. Desafiamos os cientistas para que busquem câmeras à prova de luz, nas quais possam colocar pedras ou objetos comuns. Em seguida, os analisem, abram-nos se o desejarem. Coloquem-nos junto a instrumentos ultra-sensíveis à luz, deixem-nos ali dentro por uma semana, um mês.. ou mais.

Com uma placa fotográfica ultra-sensível, coletem os fótons que possam ter escapado dequela rocha que se encontra na total escuridão. Garanto a vocês que quando os retirarem dessa câmara e revelarem o filme, descobrirão que a rocha tem luz! E, se desejam começar a analisar essa luz, descobrirão uma vibração que não terá sentido: é muito mais elevada do que rocha poderiam esperar.

De fato, a nova vibração é uma cor! Quando começam a falar de vibrações muito elevadas, vocês  não pensam nas cores porque não estão na gamma da visão humana. Mas cada coisa possui luz.
Existem atributos da luz que vocês ainda devem medir ou compreender, mas toda a vibração é uma cor e um som. Que maravilhosa orquestra! Que som é produzido pela luz? Ouçam, a luz é sempre som também, mas vocês não o escutam, não é verdade? Eu sim, e vocês também, quando não se encontram na forma humana.
Muitos duvidarão de minhas palavras. Mas prestem atenção para isto:
algum dia seus cientistas demonstrarão que efetivamente seu DNA canta! Os instrumentos mostrarão que seu DNA canta (possui vibrações sonoras).

Por que não acreditam agora, em vez de esperar até que seus cientistas o digam? É porque é invisível? Bem, o magnetismo e a gravidade também o são. Afirmo a vocês que algumas das informações que estou trazendo neste instante estão a ponto de serem descobertas. 
Kryon em 2005.

O Magnetismo… um processo!
Permitam-me dar-lhes um exemplo de um processo que, talvez, não tenham se dado conta. Quando seguram dois imãs, cada um deles com várias polegadas de comprimento, e os conectam em determinada posição, dificilmente conseguem separá-los!
Agora, colocados em outra posição, eles afastam-se – repelem-se – com tanta força que vocês não conseguem uni-los, apesar de toda a força que aplicam. O que permite que isto ocorra? Onde estão as baterias? Com que freqüência precisamos trocá-las?” Bem, não existem baterias e jamais você precisará substituí-las porque a potência é continuativa.

De onde vem essa potencia? O que pode gerar semelhante força constante... uma atração ou resistência com uma força semelhante, para sempre? Pensaram nisso alguma vez? Nenhuma conexão, nenhuma bateria ou tomadas, entretanto, é poderoso. Não estariam talvez vendo um processo? Algo invisível?

Direi o que é essa energia específica: é um processo de magnetismo e gravidade. Ambos se sobrepõem para criar uma interação na qual são criadas anomalias em ambos os campos, desequilibrando a rede cósmica o suficiente para atrair, aparentemente do nada, energia física (força) do universo. Se a energia é suficientemente grande pode, de fato, mudar a distância, o tempo e os atributos da matéria (o espaço entre o núcleo de um átomo e a nuvem de elétrons). É poder interdimensional e é para sempre!

Sobre a máquina de magnetismo
Pensem na sua Terra e em seus pólos Norte e Sul, que são iguais aos magnetos. Quais são os atributos dessa máquina? Alguns perguntam: “Existe algum tipo de conexão entre a energia do Pólo Norte e a do Pólo Sul que, na realidade, não podemos ver?” E a resposta é: absolutamente sim!

Existe uma reconexão interdimensional que vocês não podem ver, mas que é tão espessa como qualquer coisa que possam imaginar. Entre os pólos de qualquer campo magnético, existe uma máquina que é interdimensional e que sempre está “ligada”. Entre os pólos se dá um processo, um espaço não vazio.

No caso de seu planeta, vocês são os que se encontram dentro do processo (entre os pólos), e esse é o segredo, meu querido Humano, da existência de uma relação entre o magnetismo da Terra e sua biologia e seu DNA. Já conhecem a “força” dos magnetos. Desta maneira, o que lhes parece começar a admitir que, talvez, essa força invisível leve consigo algo que lhes corresponde? Pensem nisto: energia aparentemente do nada. Kryon