mercoledì 24 febbraio 2010

Obesidade - Perder peso fazendo ginástica? Mera ilusão



Foi o escritor Gary Taubes, jornalista cientifico do New York Times, a inverter esta convicção. Ele trabalhou durante anos e entrevistou 600 especialistas em nutrição e metabolismo. A suposição de que, mais você queima calorias, mais você perde peso, não passa de mera ilusão. Segundo Taubes, não é verdade que quanto mais você se move, mais você queima os seus quilos extras. A atividade física, especialmente se moderada, queima um número insignificante de calorias, coisa que se pode obter facilmente, com uma pequena mudança alimentar. Taubes argumenta que um obeso, de 113 kg, queima 3 calorias subindo um lance de escadas, o que equivale a um quarto de uma colher de chá de açúcar. Para queimar as calorias contidas em uma fatia de pão e manteiga, o pobre coitado, de 113 quilos, deverá subir nada menos que 20 andares. Esta decepcionante verdade é confirmada por estudos recentes sobre a obesidade. The International Journal of Obesity, publicou recentemente uma importante análise, assinada por mais de vinte especialistas, hipotizando a possibilidade de mais outros dez fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da obesidade. Como causa da obesidade, foi colocada demasiada ênfase sobre a escarsa atividade física e sobre a alimentação, bem como indicações bem intencionadas, mas potencialmente improcedentes para prevení-la, desprezando assim, outros fatores de relevância. Escreveram eles na síntese.


Gabriele Riccardi, professor de endocrinologia e metabolismo na Universidade Federico II de Napoles, realizou um estudo em filhos magros, de dois casais: no primeiro, pai e mãe eram obesos; no segundo, os pais eram magros. Riccardi explica que, após consumir uma refeição, um defeito metabólico levava os filhos de pais obesos, a acumular gordura no tecido adiposo. Então, desse ponto de vista, as pessoas são magras, não porque fazem muito exercício fisico, mas sobretudo porque seus corpos são programados para enviar as calorias consumida,diretamente aos músculos, onde são queimadas, e não no tecido adiposo, onde se acumulam.

Assustador? Não! Riccardi nos consola dizendo que os estudos mostram que a atividade física é útil, não tanto para perder peso, mas para mudar a composição do corpo: o peso continua o mesmo, mas aumenta a massa muscular. Por outro lado, se sabe, onde tem músculo, a “banha” não pode entrar. Seria como se os músculos (parodiando George Clooney), dissessem para a gordura: no músculo, no party!
Portanto, aproveitadores e amantes da preguiça, não usem este artigo como uma desculpa para se sentarem confortávelmente na frente da Tv. Continuem a acreditar que a atividade física é um bem para a saúde porque é verdade. O exercício fisico ajuda a equilibrar a pressão e colesterol e ajuda a manter em forma os músculos e o cérebro. Movam-se e movam-se! Talvez isso não é uma garantia para perder peso em excesso, mas, olhando-se no espelho, mais cedo ou mais tarde ele irá te mandar uma imagem de um gordo, sim, mas um gordo bem “organizado”. E isso não é pouco!

giovedì 11 febbraio 2010

O Excesso ao uso Tecnológico pode causar I.A.D.(Distúrbio de Dependência à Internet)

Já lhe aconteceu de acordar à noite e sentir a necessidade de controlar sua caixa de e-mail? Ou de desligar o computador e sentir um terrível vazio, que o mundo real não pode mais preencher? De criar uma tal empatia com o personagem atribuído ao seu nickname, ao ponto de pensar que “ele” è Você? Bem, de acordo com o psiquiatra americano Ivan Goldberg, você está sofrendo de uma verdadeira psicopatologia chamada IAD - Internet  Addiction Disorder (Distúrbio de Dependência à Internet)
Vivemos, cada vez mais, em uma cultura de nanossegundos.
Chegamos, Senhoras e Senhores, na era de uma nova tecnologia que ampliou as possibilidades de comunicação e de acesso às fontes de informações, até pouco tempo desconhecidas. Uma revolução da era da informação e telecomunicações que acelera de tal modo a atividade humana, ao ponto de perguntarmos: não será que estas maravilhas tecnológicas que nos permitem o acesso imediato ao mundo do ciberespaço, que deveriam facilitar os nossos compromissos, colocando muuiito mais tempo à nossa disposição, estejam, na realidade, nos colocando em uma armadilha de uma rede de conexões em continua aceleração, que, ao invés de livres, estejam nos transformando em escravos?
O processo que estamos atravessando, abre cenários que, até pouco tempo atrás, eram impensáveis. Certamente, os benefícios que se obtem deste novo meio tecnológico, sem duvida, permitirá que se desenvolva capacidades e potenciais, até agora nunca imaginados. Mas... além do fascinio destas irrenunciáveis tecnologias, parece que, contemporaneamente, este processo esteja produzindo verdadeiros fenômenos psicopatológicos.

Não só isso. Algo està, também, cambiando nossa relaçao com a luz - considerada a mais rápida forma de energia do universo.
Parece que, pela primeira vez, a luz se permitiu ser interrompida, permanecendo, temporariamente, em stand-by. (Coitadinha!)
Cientistas do instituto de pesquisa NEC, em Princeton, Nova Jersey, pela primeira vez na história, conseguiu fazer viajar um impulso luminoso a uma velocidade muitas vezes superior à da luz.

Para o experimento de ralentamento da luz foi necessário um período de trabalho de 27 horas sem interrupção. O objetivo era reduzir drasticamente a velocidade da luz. Os primeiros sinais de abrandamento dos impulsos luminosos, ocorreram em março de 1998. Finalmente, os cientistas conseguiram levar seu trabalho à surpreendente conclusão: eles pararam completamente um impulso luminoso no interior de uma minuscula nuvem de gás refrigerado, próximo do zero absoluto.

Estas experiências marcam o ponto culminante de uma nova era na história humana.
A luz lenta, ou congelada, abre, também, novas possibilidades para as comunicações e memórias ópticas, bem como para o processamento de informações quânticas, ou para computadores que exploram fenômenos quânticos para pulverizar o desempenho dos computadores tradicionais.

Sendo assim, como se nao bastasse, agora, devemos organizar a vida à velocidade da luz?
Bem, ou melhor, MAL. Esse acontecimento, não só mudou a teoria inabalável da velocidade da luz, mas também os parâmetros de uma nova fronteira do tempo. A expressão mais cool do momento é 24 / 7, isto é, atividade contínua, 24 horas por 7 dias: e-mail, PC, correio vocal, fax, Palm Pilots, telefones celulares, mercados que opera 24 horas por dia, caixa eletrônica e serviço bancário on-line, funcionam de forma contínua; serviços de pesquisa e comércio eletrônico ativos durante toda a noite, notícias e programas de TV, e até serviços de catering, tudo non-stop. Todos estas facilidades e dispositivos, deveriam nos permitir mais tempo para nós mesmos e, no entanto, parece que, mais do que qualquer outro ser humano na história da humanidade, nós somos os que estão sempre correndo atrás do tempo.

Como se explica?

A grande proliferação de serviços que permitem economizar tempo e esforço, tem contribuido para que o ritmo e o fluxo de atividades comerciais e sociais que nos cercam, consequentemente se acelerassem. Claro que E-mail e celulares são ótimas invenções e de grande comodidade, no entanto, agora nos encontramos a passar a maior parte do nosso dia a responder, encaminhar e deletar as intermináveis mensagens que enchem nossas caixas. Pense que, até no vaso sanitário de um banheiro público, podemos ser rastreados. Ja imaginaram?

Saudades dos velhos tempos ... quando podiamos nos atualizar, lendo as últimas notícias dos jornais, exatamente naqueles momentos ali! Caracas!

Contas caras para pagar? Tranquilo. Poderao chegar bem perto do “zero absoluto”
Hoje, estamos imersos em um mundo temporal interdependente, muito mais complexo, feito de redes de atividades e relações humanas em constante transformação: um mundo em que cada minuto disponível se torna uma oportunidade para se fazer uma outra conexão, para não ficar para trás com as novas informações globais.

Crise do petróleo, crise da água e crise de borsa? Que nada! Agora, em uma cultura onde não se faz outra coisa que clicar, já está até chegando a "crise da raiva." Com esta cultura de altíssima velocidade, já estão surgindo novos padrões de comportamentos anti-sociais, resultantes do estresse e sobrecarga de informações, com implicações graves. Termos como raiva de mesa de escritório, raiva de rua e raiva de alta cota, tornaram-se parte do nosso léxico comum, e surgem sempre mais pessoas que se sentem incapazes de enfrentar o ritmo e o fluxo de atividades humanas, possibilitados pelas novas tecnologias a uma velocidade diabólica, e são muitos os que manifestam o próprio stress com reações violentas no escritório, no carro e até mesmo no avião.

O que eu queria saber, gentis e sábios cientistas, è, se juntamente com esses tais experimentos de ralentar a luz, ou até mesmo parar por completo "dentro de uma nuvem de gás refrigerado, bem pertinho do zero absoluto" não seria o caso que tivessem à disposição também os meios para parar todas as famigeradas contas, em contínuo aumento (não só da luz, mas do gás, telefone, água...), colocando todas elas numa nuvem de gás refrigerado, deixando-as alí, para sempre, bem pertinho do zero absoluto? Ficaríamos eternamente gratos!


martedì 2 febbraio 2010

A Chave do Sucesso? A Intuição!



Intuição
Quando você se concentra em algum assunto importante, o poder intuitivo é posto em movimento, e vai te ajudar na compreensão da natureza da informação que levará ao sucesso.
A intuição chega a conclusões, sem o auxílio da experiência e da memória. A intuição, muitas vezes resolve problemas que vão além do poder de raciocínio. A intuição muitas vezes chega tão de repente que te deixa espantado, ela revela a verdade do que estamos procurando, de modo tão direto, que parece vir de um poder superior.
Como podemos identificar a intuição? A intuição pode ser cultivada e desenvolvida. Para isso ela deve ser reconhecida e apreciada, se dermos uma cordial boas-vindas à intuição, ela voltará sempre mais frequente; quanto mais cordial é o benvindo, mais frequente ela se fará; mas se for ignorada ou negligenciada, ela irá reduzindo, cada vez mais, suas visitas.

A intuição, geralmente chega no silêncio. As grandes mentes procuram a solidão freqüentemente, pois é alí onde todos os grandes problemas da vida são tratados. Por esta razão, todos os empresários quando podem, preferem ter um escritório particular, onde não serão perturbados. Quem não pode, pelo menos, procura encontrar algum lugar onde poderá ficar sozinho, por alguns minutos todos os dias, para treinar o pensamento ao longo das linhas que permitirá desenvolver o poder invencível necessário para o obter. Fundamentalmente, o subconsciente é onipotente e não há limites para as coisas que se pode fazer quando se delega a ele o poder de agir. Seu nível de sucesso é determinado pela natureza do seu desejo. Se a natureza do seu desejo está em harmonia com a Lei Natural ou Mente Universal, ele vai gradualmente emancipar a mente e dar-lhe uma coragem invencível.

A atitude mental certa
Cada obstáculo vencido, cada vitória obtida, vai lhe dar mais fé em seu poder, e você terà uma maior capacidade de vencer. Sua força é determinada pela sua atitude mental, e se essa atitude é de sucesso, e é mantido permanentemente com um proposito inflexível, você o atrairá do domínio invisível, as coisas que você solenemente pediu. Mantendo em mente o pensamento, ele irà gradualmente tomar forma tangível. Um propósito claro, colocará em movimento as causas que atravessará o mundo invisível para encontrar o material necessário para servir o seu propósito.

Se concentre na Fonte do Poder, não nos símbolos

Pode ser que você esteja seguindo os símbolos do poder, em vez do poder em si mesmo. Você pode estar perseguindo a fama em vez da honra, a riqueza, em vez do bem-estar, a posição em vez do serviço, sendo dessa forma, voce logo irá descobrir que eles se tornaram cinzas, assim que você tomou posse deles. Se a sua corrida até aqui, foi para obter o dinheiro e outros meros símbolos de poder, saiba que, com uma compreensão da verdadeira fonte do poder, podemos nos dar ao luxo de ignorar os símbolos. O homem com uma grande conta bancária, sabe que não precisa encher suas carteiras com o ouro; da mesma forma, a pessoa que encontrou a verdadeira fonte do poder não está mais interessada em seu simulacros ou vaidades.

Você só recebe, dando
A riqueza ou a posição prematuras, não poderão ser mantidas quando não são obtidas em conformidade com as Leis Naturais. O ser humano, assim como o Universo, há uma plenitude. É, por natureza, “cheio”. Vc nao pode acrescentar mais água em um copo cheio, mas pode trocar parte dessa água. Você só pode receber aquilo que dá, Essa troca é necessaria para manter um equilibrio de “entrada” e “saída”. Aqueles que procuram obter, sem dar, descobrirão que a lei da compensação restaura inexorávelmente o exato equilíbrio.

Concentre-se SEMPRE no coração das coisas
O pensamento, geralmente, tende a conduzir à exterioridade em direções evolutivas, mas ele pode ser direcionado para dentro, onde ele irá adquirir os princípios básicos das coisas, o coração das coisas, o espírito das coisas. Quando você chegar ao coração das coisas é relativamente fácil de compreendê-las e controlá-las. Isto porque o Espírito de uma coisa é a coisa em si, a sua parte vital, a substância real.
A forma é simplesmente a manifestação externa da atividade espiritual interior. Concentre-se sempre no seu ideal ou desejo, como algo que já existe; isso é o Elohim, a célula germinativa, o que emana o princípio vital que emana, e se infunde, e se torna, põe em movimento as causas que orientam, dirigem e criam as necessárias relações, que, finalmente, se manifestam na forma.

O pensamento é de propriedade somente daquelas pessoas que o mantém. Emerson

Leia mais desses testos no livro "Deus é Quânticoe está no DNA - Revelações
TRAILER


O Sistema da Chave Mestra- Charles Haanel