giovedì 28 aprile 2016

Il segreto dell’energia libera sta nel piccolo... infinitesimo.




"La scienza non è nient'altro che una perversione se non ha come suo fine ultimo il miglioramento delle condizioni dell' umanità".
“Il successo pratico di un’idea, indipendentemente dalle sue qualità inerenti, dipende dalla scelta dei contemporanei. Se è al passo coi tempi, essa viene rapidamente adottata; in caso contrario, è destinata a vivere come un germoglio che sboccia, attirato dalle lusinghe e dal calore del primo sole, per essere poi danneggiato e crescere con difficoltà a causa del gelo che s’impone.” Nikola Tesla

La così detta Free Energy - Energia Libera e gratuita (da non confondere con l’energia rinnovabile) – dovrebbe essere un diritto di tutti. Eppure, ci sono in tanti a non volere per niente!
Secondo la teoria cospiratrice della Free Energy, le evidenti scoperte scientifiche che sembrano permettere di ottenere energia gratuitamente, verrebbero continuamente ignorate da tutti i governi del mondo, per avvantaggiare le società di trasformazione di energia basate principalmente sullo sfruttamento delle fonti energetiche di origine fossile (petrolio, carbone, gas naturale). Così, molti si chiedono, giustamente, è mai possibile che nessuno studioso si sia mai chiesto perché mai, nel Ventunesimo Secolo, debba essere necessario bruciare del carbone per far bollire dell’acqua per generare vapore che fa girare le palle… (le turbine, per intenderci)?
Il nostro attuale sistema di generazione dell’energia è una realtà culturalmente agghiacciante, retriva e onerosa. 
Il pianeta Terra è un grande organismo vivente, contenente enormi quantità di energia, essendo di fatto un gigantesco generatore e accumulatore di tutti i tipi di energie conosciuti.
Perché in un sistema come questo, continuiamo a  schiavizzare migliaia di persone armandole di piccone per scavare e tirare fuori del carbone che finirà in una caldaia progettata e costruita da altri schiavi della metallurgia, per poter scaldare dell’acqua e farla fuoriuscire sotto forma di vapore?

Per voi, Fisici, qui c’è una grande sorpresa!

"Parleremo dell’Energia Libera. Non è comprensibile per tutti, ma qualcuno dei lettori la conoscerà. Desideriamo darvi delle risposte che potrebbero sorprendervi, ma che vi permetteranno di raggiungere la meta dell’energia libera in modo molto più facile e veloce.

Forse, da bambini, vi divertivate con i magneti, cercando di spingere contro il metallo per unire i due poli della stessa polarità. Il materiale magnetico sembrava veramente respingersi e allontanarsi! E più erano grandi i magneti, più si ribellavano all’avvicinamento. Alcuni tra voi sono cresciuti e diventati degli scienziati, facendo domande sulla fisica e sulla natura: Qual è la forza respingente? Cosa succede là? Qual è il meccanismo? 

I fisici, naturalmente, hanno sviluppato risposte sull’energia intrappolata e l’hanno chiamata cinetica. Attualmente c’è tutta una serie di disquisizioni che tentano di descrivere il motivo per cui c’è una forza respingente intrappolata nel metallo. Nulla di ciò è corretto! C’è qualcosa sul magnetismo che alla fine verrà scoperto. Ha uno strato interdimensionale a cui state solo ora avvicinandovi; non è definibile nelle quattro dimensioni (la vostra realtà). Il vero motivo della repulsione non fa parte neppure della vostra fisica quadri-dimensionale. Gli avete dato un nome, ma senza comprenderlo.

Alcuni scienziati continuarono a domandarsi: Che succederebbe se progettassimo qualcosa di intelligente dei magneti che si spingono tra loro, e se potessimo usare questa energia circolarmente – all’interno di una macchina – magneti con magneti? Potremmo usare questa incredibile spinta naturale estraendo energia in un mutuo spingere/respingere. Si potrebbe, quindi, avere un motore che si alimenta con una forza naturale!

Questo è, quindi, il modo semplice in cui dapprima la scienza ha iniziato a pensare all’energia libera. Oggi, se parlate a un fisico, scoprirete che questo non è possibile. Questo scienziato vi dirà che ci sarà sempre ciò che è chiamato “contropartita” o ciò che qualcun altro chiama “chi paga i suonatori”. Non si può avere qualcosa per niente. C’è sempre qualcosa che interferisce con l’energia libera, dicono. Ma lasciate che vi dica cos’è quel “qualcosa”: la fisica 4D! Il limite in cui vi trovate... il motivo per cui non funziona... è dovuto alla vostra realtà dimensionale. Questa è la risposta.

La vostra fisica è valida quando trovate un postulato verificabile il 100% delle volte nel vostro mondo 4D di realtà. Poi progettate una cosa qualsiasi con questa regola e lo applicate all’intero universo. Così, la fisica newtoniana, einsteiniana ed euclidea - le regole che sembrano governare tutto su tutti i livelli - per voi sono assolute. Una volta scoperte nella vostra realtà, le cementate a tutte le realtà. Bene, non è affatto così! Lasciate che vi chieda una cosa, scienziati. Avete provato questa fisica in tutte le possibili forme di esistenza? O sono conclusioni che ne avete tratto?

La membrana quantica - una membrana di caratteristiche
In passato vi abbiamo dato delle formule che indicavano dei pezzi mancanti che ancora non comprendevate nei concetti fisici di base. Vedete, la fisica è variabile... e per alcuni questa non è una bella notizia. Qual è la più grande variabile della fisica? La grandezza.  Il rapporto delle caratteristiche tra massa, magnetismo e gravità cambia con la grandezza.
Definiremo questa variabile e la chiameremo la membrana quantica. É una membrana di caratteristiche. É quella che si attraversa a quel livello quantico dove la fisica cambia. Ora, queste cose sono state viste, ma finora chi le ha osservate le ha viste come stranezze. Alcuni hanno discusso di questo domandandosi, potrebbe esistere questa membrana di caratteristiche? , esiste.
Quando si passa attraverso questo livello, avvengono molte cose strane e inusuali - cose che potrebbero illuminare davvero la strada per l’energia libera. Sarò più specifico. Questa è veramente una membrana dimensionale – si potrebbe chiamare spostamento da quattro a cinque dimensioni. Naturalmente non è corretto dirlo così, perché quando vi muovete fuori dalla quarta dimensione, non c’è più linearità, poiché il vostro tempo è cambiato. Senza linearità non è più possibile contare, non è vero? Così, “cinque” diventa veramente una “impossibilità”. Allora, diciamo solamente che vi state “spostando fuori dalla vostra dimensione”.

Due cose POSSONO esistere nello stesso posto allo stesso tempo!
Ascoltate. Vi darò delle informazioni che i vostri fisici convalideranno fra breve. Vi domando: secondo i vostri fisici, possono due cose esistere nello stesso posto allo stesso tempo? E voi potete dire, sicuramente no. É impossibile. Cambierò la domanda. Che dite se due cose fossero veramente la stessa cosa due volte? Direste, “Bene, non l’ho mai sentito dire”. Appunto! É ciò che accade quando la materia passa attraverso la membrana quantica! La stessa particella esiste con caratteristiche di due dimensioni nello stesso tempo.

Ascoltate! Faremo un’esposizione di questo, mai fatta prima e vogliamo dartela in modo che i lettori capiscano.
 Quando la materia passa attraverso la membrana, c’è un istante, un’infinitesima frazione di tempo, in cui la materia contiene realmente entrambe le polarità, positiva e negativa. Sembra veramente come se le parti siano nello stesso posto nello stesso tempo. Si potrebbe quasi chiamarlo uno scambio di anti-materia. Nell’attraversare la membrana c’è un momentaneo, infinitesimale squilibrio di quello che abbiamo chiamato il Reticolo Cosmico. E, in quel momento, si crea energia apparentemente dal nulla. Ma non è dal nulla, bensì dal tutto! Il Reticolo Cosmico rappresenta tutta l’energia dell’universo in stato di equilibrio, nello stato di zero, di “nullo”; in attesa di un colpetto. Lo abbiamo già descritto in passato. Qual è il segreto di dargli un colpetto?

Il segreto dell’energia libera sta nel piccolo... infinitesimo. Il segreto dell’energia libera è un magnetismo infinitesimo che attraversa la membrana - cioè, è una forza interdimensionale all’opera. É il salto quantico - la cosa che sembra far da ponte all’irraggiungibile, dove le particelle possono passare da una parte all’altra e nello stesso tempo dare la sensazione che non abbiano mai attraversato il passaggio che intercorre. E se le particelle non “viaggiassero” mai veramente? Se rimbalzassero in un’altra dimensione, poiché forzate da una condizione dove occupavano lo stesso spazio nello stesso tempo? E se non andassero davvero da nessuna parte, ma nella vostra dimensione (come osservatori) sembrasse essere così?

Qui va un indizio:
Il segreto dell’energia libera sono apparecchi piccoli, piccolissimi... e tantissimi che lavorano insieme. Se poteste fare degli apparecchi sufficientemente piccoli potendoli allineare a uno scopo unitario (una spinta comune), vi potreste avvantaggiare di ciò che vi ho appena comunicato. Quando tratterete il magnetismo a livello molecolare, scoprirete che agisce in modo diverso. L’energia libera è oggi ottenibile tramite una vasta schiera di piccolissimi apparecchi. Pensate piccoli... piccolissimi. L’energia libera non solo è possibile, ma è lì in attesa. E non è affatto libera. Non è la creazione di energia dal nulla. Invece, si tratta dare un colpetto al Reticolo dove montagne di energia sono disponibili.

Matematici! Ecco quando una forza è superiore alla somma delle parti!
Ecco un’altra cosa che scoprirete, una cosa molto divertente per i matematici.
La grande schiera di  apparecchi molecolari totalizzerà una forza superiore alla somma delle parti! Questa da sola dovrebbe essere l’indizio di una energia  “nascosta” al lavoro.
La traccia finale che vi daremo in questa panoramica di consigli sull’energia libera è: poiché ci vorranno dei magneti piccolissimi per farlo, c’è bisogno di polarità piccolissime per la sua realizzazione. Come? Non dimenticate che potete magnetizzare certi gas.

L’anti-materia è tanta quanto la materia positiva
Vogliamo darvi anche questa informazione su materia/anti-materia. Tra i fisici c’è chi crede che l’universo debba contenere l’antitesi di se stesso, accanto a sé. É come dire che la materia positiva e l’anti-materia devono trovarsi insieme da qualche parte perché vi sia equilibrio, cosa richiesta dai calcoli matematici della fisica. Allora, la cosa interessante è che, benché la materia positiva sia tutta intorno a voi (quella che siete abituati a vedere), la sua controparte (l’anti-materia) sfugge. Quindi, la domanda che i fisici potrebbero farsi è: “Dov’è l’anti-materia? É tanta quanto la materia positiva?” La risposta è Sì.

Dov’è l’anti-materia? Riposa nella caratteristica della membrana quantica. Sta anche in un modello temporale leggermente differente. Quando inizierete a capire la capacità insita nella fisica di cambiare la realtà del modello temporale, tutta l’anti-materia si mostrerà da sé. E la ragione è che: deve esser lì per l’equilibrio! E c’è uno scherzo qui, un grandissimo scherzo cosmico. Questo fenomeno dell’anti-materia che riposa in un differente modello temporale è responsabile di ciò che avete erroneamente identificato come il big bang. 


Ascoltate scienziati, e sospendete i vostri pregiudizi 4D per un momento.
La materia si è palesata dappertutto, tutta in una volta. Non c’è stata esplosione. La membrana cambiò e si creò l’universo. Oh, non quello che vedete oggi, ma un universo iniziale. E il residuo di quel cambiamento della membrana è ovunque guardiate, e non troverete un punto preciso quale origine di un big bang. Non troverete mai un centro per nessun big bang. Questo perché la realtà divenne realtà tutta in una volta sola. Quando scoprirete la verità di queste cose, scoprirete anche il segreto della comunicazione istantanea su lunghe distanze... tramite quelle caratteristiche interdimensionali che sospendono tutte le regole di tempo e luogo”.
Kryon
Da leggerre: "Il Santo Graal della fisica" - "È in arrivo una nuovamatematica" - Capitolo XVIII

Altre fonti:

domenica 24 aprile 2016

Na Física multidimensional TUDO é Mutável!




Fundindo-se com física real

A ideia de que a energia pode criar e influenciar os fenômenos, tem raízes antigas. Ao longo da história, muitas culturas se beneficiaram alcançando  várias formas de energia e trabalhando com elas. Por milhares de anos na China se pratica Qi Gong e Tai Chi movendo a própria energia para melhorar a saúde e o acesso a estados profundos de relaxamento. Só nos últimos tempos, a ideia de que é possível trabalhar com a energia, chegou no Ocidente, e quem foi capaz de experimentar o seu imenso poder, logo percebeu que não há essencialmente nenhum limite para uma realização plena. Criar a vida que você deseja, portanto, depende do nível da frequência vibracional de cada um de nós. Nossas vibrações também podem ser medidas com um instrumento testado em numerosas pesquisas: a "Escala da Frequência de energia ".

A física quântica tem mostrado que cada coisa tem sua própria freqüência vibracional, mesmo no nível atômico e subatômico. Estudos recentes sobre a consciência, têm demonstrado que cada emoção humana corresponde a uma determinada freqüência vibracional que cria uma verdadeira escala emotiva vibracional. Portanto, cada emoção tem seu próprio campo magnético, exatamente como ocorre para qualquer objeto material. Emoções negativas e pesadas, tais como medo, raiva ou vergonha, vibram em frequências muito baixas, enquanto as emoções positivas, como amor, alegria e paz vibram rapidamente e criam frequências altas e leves. (Web)

Quem vibra em um nível mais alto vive mais tempo! É física! É a física de consciência!
"Einstein,  nos últimos anos de sua carreira, teve férvidas discussões com os físicos quânticos. Einstein era muito empírico, não acreditava em potenciais. No entanto, foi o primeiro físico quântico. Ele mostrou que algo que vocês pensavam ser absolutamente estacionário, empírico e imutável, era, na verdade, modificável!
Na física, especialmente onde vocês chamam de sua realidade, há certas coisas que, para vocês,  não podem ser passíveis de mudança: não seria a sua realidade se se modificassem. Então veio Einstein e mostrou-lhes que uma das coisas mais estacionários em que vocês acreditavam, do ponto de vista planetário, era mutável. O tempo, era algo tão estacionário para vocês ao ponto de medir até os nanossegundos. A partir de seu fragmento, sabem com certeza absoluta que horas são, pois o tempo nunca muda... Mas Einstein, com sua teoria da relatividade, postulou que se um homem viajasse em uma nave espacial e fosse mantido fora, talvez por um ano, indo á velocidade da luz, quando fosse tornado, os demais no planeta teriam envelhecido muito mais do que ele. Então, indo com grande velocidade, ele teria retardado o seu tempo com relação ao lugar de onde ele partiu.
Isto reescreveu completamente a ideia de que, algo que você pensava que nunca pudesse mudar, era variável. Agora, eu quero que parem aqui: esta é física quântica porque irá reescrever o que vocês acham que não pode ser alterado.

Voltemos para a relação entre a velocidade e o tempo. Em três – ou quatro - dimensões, no seu processo de pensamento, vocês linearizam tudo. Deve fazer sentido para o ser humano. Portanto, para vocês, a velocidade é definida como a quantidade de tempo entre certos pontos. Vocês já sabem que, quanto mais rápido você for, menor é a duração do tempo. E cada vez que mencionam a velocidade, vocês se referem a uma linha reta.
Tudo bem. Agora, vou dar-lhes algo que chamo de "lógica lateral." Vocês podem ir na mesma velocidade em um círculo? A resposta é sim. Ignorem o que você acha que seja a força centrífuga, que não está definida corretamente: se você se movesse em torno de um círculo em vez de uma linha reta, você ainda poderia ir rápido? Claro! Então, agora, vamos nos mover muito rapidamente ao longo de um círculo, em vez de uma linha reta: mantendo esta imagem em mente, comece a encolher o círculo, vá encolhendo... encolhendo até que o círculo se torne a sua estrutura celular.
Vocês já ouviram muitas vezes a frase "vibrando em um nível mais elevado." Para vocês, uma vibração é uma oscilação, um movimento de vaivém; mas não é bem assim, se trata de um círculo! Vocês vibram em um círculo e nesta energia que se torna multidimensional, sua estrutura celular acelera. Começam a ver o quadro?
O que aconteceria se a sua estrutura celular começasse a acelerar muito mais do que a dos outros? Usando a teoria da relatividade, na sua forma mais pura, ignorando alguns dos limites de velocidade que Einstein colocou, conseguiriam ver que  seria possível retardar o seu relógio biológico, enquanto todos em torno de vocês estariam envelhecendo mais rápido. Isso resulta em uma vida muito mais longa. Eu acabei de dar, então, a razão quântica pela qual uma alma que vibra em um nível mais alto viverá mais tempo: e você pode mudar o seu tempo, usando sua consciência.

Vou dar-lhes uma informação que eu nunca revelei antes e que será conhecida em breve.
Os inventores estão começando a mover-se em uma realidade multidimensional; embora ainda não saibam, eles estão começando a usar certos princípios que são multidimensionais.
Vocês estão acostumados com um paradigma: tudo o que funciona, que é mecânica, deve haver uma fonte de energia que, na verdade, representa o fogo; muitas vezes na forma de vapor ou de qualquer outra forma, a fim de impulsionar algo. O fogo pode ser equivalente á luz que faz funcionar um computador; ou equivalente a isto ou áquilo... Certos elementos do planeta atuam como combustível para colocar em movimento algo que você criou… deve sempre ter uma fonte de energia. E com o fogo,  vocês se tornaram realmente bons em usá-lo eficientemente.
No paradigma em 3D, para obter determinada energia, vocês devem ter algo que, de alguma forma, o faça funcionar, pouco ou muito: este é o paradigma das três dimensões. Deve vir de algo que já conhecem, a fim de desenvolvê-lo em uma outra coisa.

A energia quântica, no entanto, não é linear. Aqui está um axioma de que os físicos quânticos e inventores saberão: para haver energia quântica para poder desenvolvê-la e usá-la, deve haver uma fonte quântica. Ponto. Vocês não podem produzir energia quântica ou construir qualquer coisa, usando-a, sem uma fonte que seja semelhante à quanticidade. Afirmar que para isso, não precisaria de uma fonte de energia, seria um equívoco, mas posso dizer-lhes que: não precisa de uma fonte de energia tridimensional, como sempre tem sido. O termo "quântico", na forma como usamos hoje, significa "multidimensional". Não é a definição padrão de "quântico" que daria a física. A energia multidimensional de qualquer forma que se desenvolva no planeta, tem de ter uma fonte multi-dimensional. Os cientistas também chamam de "energia push-pull", portanto, quando eles perceberem a dinâmica da multi-dimensionalidade, verão que funciona em um "push-pull". Na sua linearidade, uma única fonte de energia, simplesmente empurra em uma só direção para alimentar algo que depois dará um certo resultado, não há um "push-pull". A energia mais próxima do "push-pull" que vocês têm, foi desenvolvida por alguém com uma mente quântica, chamada de "AC" (corrente alternada), e que é "push-pull".
Considerem a relação entre as fases da corrente alternada, e verão que ela é "push-pull". Tesla sabia, mas não era o momento certo. Portanto, uma energia quântica precisa de uma fonte quântica.

Onde se encontra energia quântica?
Agora, antes de dar o próximo passo, onde poderiam obter uma energia quântica? Se há biólogos quânticos, isso deveria referir-lhes algo referente à sua biologia: e se ela fosse quântica também? Existem fontes quânticas em todo o planeta. Algumas das maiores, das energia mais abundantes no planeta, estão lá, lhes olhando, e atuam 24 horas por dia e são quânticas. A gravidade é quântica; o magnetismo é quântico; a luz é quântica. Logo, as fontes de energia quânticas e de desenvolvimento estão nestes três, e em mais um: vocês.
Se vocês têm uma biologia quântica, significa que vocês podem fazer coisas quânticas. A fonte, então, está em seu DNA. Isso é o que criou a oportunidade para que vocês possam vibrar mais rápido com a consciência. Saibam que se vibrarem rápido o suficiente e sua consciência seja bastante elevada, conseguirão integrar-se com a Fonte Criativa Universal. Consequentemente, o seu DNA começa a operar em níveis muito mais eficientes. E isso vai explicar algo bastante controverso. Os mestres deste planeta controlavam a física; eles podiam transformar uma coisa em outra; sabiam como trabalhar com a força da vida; eles podiam fazer objetos sem massa, e podiam fazê-lo, porque eram "um" com o que os circundava e tinham um DNA que vibrava rapidamente a uma frequência elevada, mesmo aos 90 anos.
O motor quântico já está dentro de vocês, e isso explica por que esta nova energia e o campo magnético são capazes de levar-lhes além do que jamais foram antes. Um motor quântico, que é a sua biologia, criará um pensamento quântico, invenções baseadas em uma maneira de pensar mais elevada, porque vocês pensarão fora da 3D. Muitos de vocês vão sobreviver às suas famílias.

O que coloca em movimento o motor quântico?
Se eu quisesse resumir esta parte da mensagem, seria assim: qualquer coisa desejem realizar pessoalmente, pode ser feito dentro de vocês, usando um motor quântico que já está instalado, esperando para ser ativado. A consciência do pensamento, as emoções do amor, bondade e compaixão, são os catalisadores do motor quântico. Querem que eu diga de novo? Os atributos do amor, compaixão e benevolência são os catalisadores do motor quântico: é isto, que o põe em movimento! O medo, o impede, fazendo parar! O motor quântico cria um ser humano que vibra em uma freqüência mais elevada. Assim, como disse Einstein, podem superar alguns dos atributos da física, à medida que irão conhecendo-os, quando começam a vibrar em uma frequência mais elevada.

Você sabia que a doença é uma vibração mais baixa? Você sabia que, se a sua estrutura celular vibra em uma frequência mais elevada, uma doença com uma frequência mais baixa não pode perdurar? Estou sendo claro? É física! É a física da consciência .

Não é interessante que, de todas as invenções que vocês terão nas próximas décadas, das coisas quânticas que acontecerão, aquela que usarão primeiro está dentro de você? Porque têm que dar o impulso inicial a esta, dentro de vocês, a fim de obter as outras! Porque serão derivadas da maneira de pensar de uma consciência mais elevada, e isso vai criar engramas e estruturas de pensamento que se ligarão á fonte criatva universal que lhes dará a física  perfeita, não a física limitada na qual vivem. As invenções estão dentro de vocês, esperando para ser conectadas à Fonte que as criou.

Eu quero dar-lhe algo para se pensar, quero pintar um retrato de uma fonte quântica, que está em todo lugar neste planeta. Einstein mostrou que vocês podem alterar o tempo: foi de base, foi provado. Vou lhe dizer uma coisa: na física real - não uma física limitada, não uma  física 3D - na  física real ... - estão prontos? - Tudo pode ser mudado. É um sistema completo, belo e variável, que vocês podem mudar. Quando aprenderem como usá-lo, e quando desenvolverão as invenções e máquinas - se quisermos usar esse termo - terão também algumas outras revelações. As máquinas poderão ser parcialmente biológicas... o que acham?
Vou deixar, por agora, este assunto, mas vou dizer-lhes isto: os físicos dizem que a matéria è principalmente espaço vazio! Aqui estão dois exemplos que lhes darei fora da caixa da sua física limitada:
Aqui você tem uma pedra, e a pedra tem uma certa quantidade de peso. Tem sempre o mesmo peso? Sim, você não pode mudar. Uma pedra é uma pedra. E se eu lhe dissesse que se você entrasse na pedra, em um nível atômico que parece ter principalmente espaço vazio,  você teria muitas possibilidades para mudar a densidade que faz com que a pedra tenha o peso que tem? Meu caro, porque o ouro e o chumpo de uma certa medida pesam mais do que uma pedra porosa qualquer ou de uma esponja? A resposta è obvia: a densidade! Se você puder mudar molecularmente, atomicamente a densidade da pedra, poderá mudar o seu peso! Se a pedra é princialmente espaço, você tem muitas possibilidades... se soubesse como fazê-lo! Tesla o fez.
Quando se usa energias quânticas, é possivel alterar as regras quânticas! Se você alterasse a densidade da pedra, você poderia fazer com que ela se tornasse priva de massa, você poderia fazê-la flutuar no ar: isto é tudo o que você tem que fazer!
É simplesmente física variável que em sua caixa 3D pensam que  não pode ser mudada! Mas tudo isso vai acontecer! Imaginem por um momento de poder mudar o peso das coisas, e de fazê-lo facilmente por meio de uma força quântica: não digo uma importante fonte de energia, esqueça! Que força poderia ser usada para alterar a densidade da matéria? Viremos a página.

Bem, permaneça alí pois tem algo que eu gostaria que você fizesse, figurativamente, neste exemplo. Eu quero que você finja, por um momento, de haver na sua frente um poderoso ímã; um par de ímãs: o mais e o menos. É um daqueles ímãs especiais onde o mais e menos estão bem alinhados, logo, permanecem unidos, e medem menos de cinco centímetros. Não há nenhuma fonte de energia: é simplesmente dois ímãs, mas extremamente fortes. Eles são densos, têm as maiores propriedades do magnetismo jamais descobertas no planeta e permanecem unidos. Sua tarefa é separá-los. Você tenta  separá-los mas  se dá conta que não se consegue facilmente, assim você se coloca em  posição de levantador de peso: prepara os músculos, e começa a puxar, mas os dois lados não se movem.
Agora, quero que você congele a imagem por um momento, quero que você mantenha esta imagem firmemente em sua mente: você usa toda sua força física, respira com dificuldade, ofegante, suando... O ímã, poderá se separar, usando não a força física mas o seu poder de seres humanos, mas quero que você congele esta imagem, porque isso, meus caros, é a diferença entre a energia 3D e energia quântica. O ser humano é uma máquina que é 3D e, neste exemplo particular, procura de todas as maneiras separar algo pela força.
Agora, vamos mudar a perspectiva e olhar o que faz o ímã: nada! Este tipo de força é ativa constantemente. O ímã tem um poder incrível, e você está suando para quebrá-lo, e ele não precisa fazer nada para manter a resistência, simplesmente está lá… nunca termina, não precisa ser alimentado! É para sempre! Como você pode explicar isso? Que tipo de potência está ali dentro? Não há uma fonte de energia, nem eletricidade... somente magnetismo.
Eu acabei de dar a chave para a obtenção de objetos sem massa. Virá de uma fonte quântica: a força quântica será o magnetismo. Os ímãs obtêm a sua potência a partir de uma fonte quântica que está em toda parte, é parte dos éteres da heliosfera do sol; sempre presente no espaço intermédio das estruturas atômicas. A potência do magnetismo parte de uma fonte que você não pode explicar porque não é linear. Muitos físicos têm observado o poder dos ímãs e têm coçado a cabeça. Vocês sabem como usá-los mas não têm a minima ideia sobre a origem da sua fonte. Usam toda aquela energia 3D que precisa de ser alimentada para separar suas polaridades, mas elas parecem não querer colaborar, nao é? É uma força que é para sempre!

Bem-vindos no futuro! Há uma tal disponibilidade de energia que não precisa de alimentação 3D... Esta será a nova fronteira... quando vocês conseguirem fazer esses tipos de coisas, sem transformá-las em armas... Isto é consciência elevada, e está chegando! São exemplos do que pode fazer a consciência elevada, que è a direção em que vocês estão indo, porque há uma conexão com a Fonte Criativa que irá se abrir e dar-lhes-á a benevolência que vocês merecem.

Estas coisas não lhes serão dadas inteiramente, enquanto a Terra estiver em um estado de desequilíbrio como o atual. Essas coisas farão a limpeza, o desequilíbrio começará a diminuir e vocês sentirão isso, vocês saberão. Chegará um dia em que haverá poucos... muito poucos assassinatos e muito mais compreensão neste planeta: quando o verão, simplesmente se abrirão as fronteiras da física e, assim como ocorre com os ímãs, não faltará nunca alimentos para vocês, água, energia...  e até mesmo o rejuvenescimento.

venerdì 15 aprile 2016

Revelações - O Prolongamento da vida humana através das mudanças no DNA.



O DNA não é simplesmente uma molécula química em seu corpo. Ele é uma peça multidimensional da divindade. A própria molécula que vocês chamam de DNA está em toda a galáxia. Ela é vida e é o modo que a vida se forma em todo lugar. É o padrão e a geometria da vida em todo lugar, e vocês vão ver isto algum dia, quando forem capazes de examinar outras vidas que encontrarem fora do seu planeta. O DNA só pode modificar-se através da física, pois é a física que controla a química.
O DNA do Ser Humano está pronto para se transformar. Vocês nunca verão isto em um microscópio porque não é química; é física. Os 90% de DNA que até pouco tempo atrás eram considerados sucata, agora são entendidos pela sua ciência que agora entende que estes 90% são informações – um manual – um painel de controle para os genes. Mas o que eles realmente contêm e como transmitem as informações aos genes continua sendo um mistério. O que ainda não foi reconhecido é que essa transmissão é multidimensional. Para a maioria dos biólogos, isto seria uma extensão, mas na verdade existe um aspecto quântico no seu DNA, e isto também foi visto cientificamente (nas experiências de Gariaev e Poponin com o DNA)
Gostaria de dar algumas informações para as próximas gerações, quando os cientistas começarão a ter a capacidade de olhar através dos seus microscópios e verem as diferenças, a nível celular, entre os Humanos mais velhos e os mais jovens. Falamos agora dos dois filamentos (ou hélices) do DNA físico, os filamentos que vocês podem ver e estudar.
Não haverá melhor medida da evolução humana do que quando este estudo estiver completo, porque, então, poderão comparar o código total (entendendo ou não) com os códigos das novas crianças das duas gerações seguintes e será uma das revelações do atual estudo do genoma humano!

Uma vez mais, dizemos que as singularidades da Nova Energia de hoje, serão a ciência de amanhã. No entanto, nem só o vosso DNA estará mudando. A química do corpo Humano mudará na área da imunidade. O sistema imunológico será o primeiro a mudar, como deve ser. Mas haverá mais. A nível celular, verão anomalias que nunca viram antes, resistências que nunca viram antes. Até as células se dividirão de forma diferente. O Humano estará mudando e a consciência celular será alterada

Alguns chamar-lhe-ão o começo das células inteligentes. Alguns biólogos perguntar-se-ão porque nunca viram alguns dos processos inteligentes a nível celular que se farão presentes. Alguns compreenderão que esses processos inteligentes são novos, e outros ficarão perplexos do modo como os processos podem ter mudado, e pela forma em que o fizeram, essencialmente com a mesma química de antes. O que a muitos escapará é o que nós chamaremos um DNA habilitado - o próximo passo na evolução humana. Vocês podem pensar que para ter um DNA habilitado, devem nascer com ele, mas não é assim! A mudança celular começa com a pura intenção espiritual.

Os maiores milagres que foram citados neste planeta, vieram “de dentro para fora”. Quer dizer que a divindade no ser humano realmente criou as mudanças na estrutura celular e que foi capaz de criar matéria a partir da consciência. Neste momento, há avatares no planeta que criam matéria a partir da consciência! Se isso é verdade, então o próximo passo lógico é que o ser humano avançado fará o mesmo. O milagre é esse, e pode ser gerado no vosso corpo de igual forma que o faz o avatar, porque os princípios são idênticos. À medida que começarem a ver quem são na realidade e começarem a ver esse “membro da Família” espiritual dentro de vocês… vocês mudam. O que tem um grandioso avatar que vocês parecem não ter? A resposta è: completa consciência de si próprio. Quando vocês descobrirem a divindade no vosso interior, o DNA muda para acomodar a realidade dessa descoberta. Isto também é chamado criar a vossa própria realidade, um tema que já foi explorado anteriormente.
O vosso DNA é perfeito mas vocês permitiram que no vosso corpo fossem colocados limitadores, responsáveis pelas enfermidades, desequilíbrios e vidas curtas. Estes limitadores são eliminados através da intenção e permite ao DNA aproximar-se do seu desenho original. Tudo isto foi criado por vocês e para vocês. Vocês estão sendo habilitados para trazer o DNA a um estado que responderá à vossa consciência. A mudança também os capacita a poder vislumbrar, finalmente, a parte de Deus que vocês são. Tudo isto começa a nível celular, porque dentro das células do ser humano está o programa de uma vida espiritual e física. Representa tudo o que vocês são, e alguma vez foram, e a razão pela qual estão aqui.

O Prolongamento da vida humana
Meus queridos, vocês estão à beira de uma revelação chamada prolongamento da vida humana. Já dissemos isto muitas vezes e falamos muitíssimo sobre o DNA humano. Permitam-me dizer-vos isto outra vez: Existe o potencial para duplicar o vosso tempo de vida como humanos. Na Nova Energia, o fim humano, os tempos de vida curta, os velhos atributos cármicos e as lições, são coisas do passado. É o fim do velho paradigma. A nova forma de ser fala-vos de uma Nova Jerusalém. Esta metáfora significa um novo começo e uma existência pacífica. Esta Nova Energia cria o potencial de um planeta pacífico. Fala da vida humana aqui por muito tempo, com propósitos diferentes daqueles com os quais vimos no milênio passado, e essa é a verdade. Não é estranho que, em vez de um fim agourento e de uma guerra nuclear, na cúspide do novo milênio, houve descobertas que prolongarão o vosso tempo de vida?

Mas isso não é tudo. Quando o mapa dos genes humanos estiver completamente cartografado, desde que tudo seja conhecido e visto na totalidade, haverá potencial para uma revelação grandiosa! Há milhões de milhões de elementos no sistema genético Humano que conformam o ser humano inteiro. É o implante humano, ou pelo menos a parte dele que consegue ver quimicamente.
Só então, a ciência começará a ver o panorama desse implante. Verão o "elo” que estava escondido. Ainda por cima, verão uma codificação que os incomodará! Esta codificação irá dizer-vos, cabalmente, que nunca poderia ter acontecido por si mesma!

Pensem nisto: Digamos que vocês visitam outro planeta. Alí encontram o maior supercomputador jamais visto, cintilando e fazendo cálculos incríveis. É inteligente e capaz de se auto-abastecer. Podem olhar para ele e dizer: Isto é um assombro. Que máquina formidável! A essa altura, a primeira coisa que o Humano vai perguntar é: Quem o fez? Imediatamente, o Humano irá tratar de encontrar o mestre construtor, porque a máquina nunca poderia ter se construído a si mesma. Nunca se vos apresentou a vida humana, da forma como o fará o genoma humano. Quando o projeto estiver terminado e depois de analisá-lo muito, os resultados exigirão uma resposta: Quem o fez? É demasiado grandioso para ter vindo das idéias aceitas da evolução terrestre. Em vez disso, os códigos narrarão uma história de lógica e criação, e a geometria contará uma história também, a história da base 12, para a qual vos temos chamado a atenção muitas vezes!

Há mais. Aqui têm informação que nunca ninguém vos deu antes.
Quando os cientistas começarem a maravilhar-se perante o panorama daquilo que a codificação lhes diz, quando alimentarem os grandes computadores com a informação e receberem os padrões com significado, então irá ocorrer-lhes que têm algo extraordinário! Não somente verão algo que nunca se poderia ter criado a si mesmo, dentro do processo evolutivo que conhecemos e temos tomado como certo, mas, também, irão ver o código de uma adivinha! Esperem revelações maravilhosas sobre o prolongamento da vida, porque o código contará a história de como se planificou o Humano para períodos de vida curtos, com uma química que se derrota a si mesma. Quando isto for compreendido, então os fatores limitativos poderão ser removidos.

O DNA Humano foi projetado para viver 950 anos! Como é possível?
Os vossos corpos estão planificados para rejuvenescerem perfeitamente. Vocês foram concebidos para durarem 950 anos, mas ainda não o fazem. Deram a vossa permissão para vidas breves, há muitos eons atrás, e esses atributos agora são parte de uma idade que termina. Quando se fizer a medição final, (2012) haverá novos potenciais para a Humanidade e vocês irão necessitar de ferramentas científicas que facilitarão esses potenciais. Já o dissemos antes: o ser humano foi desenhado para rejuvenescer e, no entanto, quando perdes um membro, ele não volta a crescer! O que é que acontece com a tua química? Porque é que os animais vertebrados básicos do teu planeta, a partir dos quais se presume que vocês tenham evoluído, conseguem fazer com que lhes cresçam os membros outra vez, e vocês – a cúspide da escala evolutiva – não conseguem? Já pensaram nisso alguma vez? Por que é que quando se rompem nervos da coluna dorsal, o ser humano passa o resto da sua existência numa cadeira de rodas, incapaz de sentir qualquer parte do seu corpo? Por quê? Por que é que, biologicamente, quando o ser humano foi desenhado para rejuvenescer cada parte do seu corpo, mas não rejuvenesce? Eis um fato estranho: há inibidores de crescimento que despertam e correm para bloquear a cura e a reconexão dos nervos lesionados ou cortados. Sabiam?
Há algum tempo, dissemos que todos os tecidos nervosos do vosso corpo têm uma fórmula (uma química que os codifica). Também dissemos que, mesmo que sejam cortados e isolados, ainda é possível saber a quem pertence cada pedaço! Eles, no entanto, não podem sabê-lo porque não se lhes permitiu crescer juntos. Observem esta mudança. Estão quase a descobrir onde estão os bloqueios e os inibidores de crescimento do corpo humano. Quando os encontrarem, esperem pelos milagres que vão acontecer, enquanto se religam os nervos do corpo!
Quando finalmente virem estes milagres acontecer, talvez comecem a compreender que os milagres observados na velha energia, eram simplesmente DNA desperto, um despertar que provém do poder interno do Ser Humano, em vez de chegar de cima. É a força do Deus dentro do Humano e não de uma energia misteriosa que vem de cima e faz com que aconteçam milagres. Esperem-nos!

Vocês, agora, podem multiplicar seus anos de vida no Planeta
Há uma nova energia neste planeta, que está, agora, procurando ativar peças e porções da energia da alma que chamamos de DNA. 
Uma nova energia está envolvendo o Planeta e está modificando o comportamento humano. Se trata de uma energia quântica, invisível, mas muito real . Ela favorecerá ao Ser Humano a obtenção de uma maior compreensão sobre o que está ao seu redor
Essa alteração de energia no Planeta é nova, começou a acontecer há somente 25 anos. Antes disso, o estado da consciência neste planeta foi o mesmo, por milhares de anos.
Essa é a realidade que vocês vêem e é a realidade que lembram, porque está registrada em seu akasha; agora, nós estamos dizendo que a alteração celular é possível, dizemos que vocês podem avançar na parte interna e viver um longo tempo, digo que há coisas evoluindo ao redor de vocês que colaboram e esta é a verdade. Vocês podem co-criar a si próprios com mestria e fazer o que somente os mestres que caminharam neste planeta puderam fazer.” Kryon


lunedì 11 aprile 2016

Nella fisica Multidimensionale TUTTO può essere cambiato!.



Chi vibra a un livello più elevato vivrà più a lungo! È fisica! È la fisica della coscienza!
L’idea che l’energia possa creare e influenzare i fenomeni ha radici antiche. Nel corso della storia, molte culture hanno tratto benefici attingendo a diverse forme di energia e lavorando con esse. Per migliaia di anni in Cina hanno praticato Qi Gong e Tai Chi muovendo la propria energia per migliorare la salute e accedere a profondi stati di rilassamento. Solo negli ultimi tempi l’idea che sia possibile lavorare con l’energia è arrivata anche in Occidente e chi ha potuto sperimentare il suo immenso potere, si è presto reso conto che non c’è in sostanza alcun limite alla propria e piena realizzazione. Creare la vita che si desidera, dipende, quindi, dal livello della frequenza vibrazionale di ognuno di noi. Le nostre vibrazioni possono anche essere misurate con uno strumento testato in numerose ricerche: la “Scala della Frequenza Energetica”.
La fisica quantistica ha dimostrato che ogni cosa ha una propria frequenza vibratoria, anche a livello atomico e subatomico. I più recenti studi sulla coscienza hanno dimostrato che a ciascun’emozione umana corrisponde una determinata frequenza vibratoria che crea una vera e propria Scala Emotiva Vibrazionale. Ogni emozione ha quindi un proprio campo magnetico, esattamente come avviene per qualsiasi oggetto materiale. Emozioni negative e pesanti come Paura, Rabbia, o Vergogna vibrano a frequenze molto basse, mentre emozioni positive come Amore, Gioia o Pace vibrano velocemente e creano frequenze alte e leggere. (Web)

Fondersi con la vera fisica
“Voglio parlare di uno dei vostri scienziati famosi: Einstein. In realtà Einstein bisticciò con i fisici quantistici negli ultimi anni. Einstein era più empirico, non credeva nei potenziali. Tuttavia, quest’uomo fu il primo fisico quantistico. Ciò che fece fu mostrarvi che qualcosa che pensavate essere assolutamente stazionario, empirico e non cambiabile era cambiabile! Dunque, in fisica, soprattutto in ciò in cui vi muovete e che chiamate realtà, per voi, esistono certe cose che si comportano in certi modi e non sono cambiabili, non possono esserlo: non sarebbe la vostra realtà, se dovessero cambiare. Poi arrivò Einstein e vi dimostrò che una delle cose più stazionarie in cui credevate, dal punto di vista planetario, era cambiabile. Quando Einstein mostrò la sua teoria della relatività, riguardava il tempo; riguardava qualcosa di tanto empirico, tanto stazionario per voi da poterlo misurare fino ai nanosecondi. Avete elaborato come tagliare il tempo in modi così precisi da sapere assolutamente, da un suo frammento, che ora è, perché il tempo non cambia mai… ma lui l’ha fatto. Einstein ha presentato una cosa che adesso rivolterò e vi mostrerò che vi appartiene. Egli postulò che se un uomo fosse su una nave spaziale e rimanesse fuori forse un anno, andando alla velocità della luce, quando ritornasse sul pianeta, sarebbe invecchiato di un anno e il pianeta sarebbe invecchiato molto più di lui. Quindi, andando a grandissima velocità, costui avrebbe rallentato il suo tempo relativamente al luogo dal quale era partito.
Questo riscrisse interamente l’idea di che, qualcosa che pensavate non sarebbe mai cambiato era variabile. Ora, voglio che vi soffermiate proprio qui: questa è fisica quantistica perché riscriverà quello che pensate che non possa essere cambiato.                                                                                                                                         
 Torniamo alla relazione fra la velocità e il tempo. Nelle tre dimensioni, nel processo di pensiero che avete, e persino in quattro dimensioni, linearizzate tutto. Dev’essere così per voi, deve aver senso per l’essere umano. Perciò, per voi, la velocità è definita come la quantità di tempo fra certi punti. Sapete già che se guidate un’auto veloce, la durata fra A e B sarà più breve. Per un aeroplano sarà ancor molto più breve. Più velocemente andate, più breve è la durata. E ogni volta che menzionate la velocità, vi riferite a una linea retta.
Bene. Ora, lasciate che vi dia qualcosa che chiamo “logica laterale”. Potreste andare alla stessa velocità in un cerchio? La risposta è sì. Ignorate quella che pensate essere la forza centrifuga, che non è definita correttamente: se doveste muovervi lungo un cerchio anziché lungo una linea retta, potreste ugualmente essere veloci? Ovviamente! Allora, muoviamoci ora molto velocemente lungo un cerchio anziché in linea retta: mantenendo quest’immagine in mente, cominciate a rimpicciolire il cerchio, rimpicciolitelo e rimpicciolitelo finché il cerchio diventa la vostra struttura cellulare.
Avete udito più volte l’espressione “vibrare a un livello più alto”. Per voi una vibrazione è un’oscillazione, un movimento avanti e indietro; ma non è bene così, se tratta di un cerchio! Voi vibrate in un cerchio e in quest’energia che diventa multidimensionale, la vostra struttura cellulare accelera. Cominciate a farvene un quadro?
Che cosa succederebbe se la vostra struttura cellulare cominciasse ad accelerare molto di più di quella di altri? Usando la teoria della relatività nella sua forma più pura, ignorando alcuni dei limiti di velocità che Einstein pose, riuscirete a vedere che sarebbe possibile rallentare il vostro orologio biologico, mentre tutti intorno a voi vanno più velocemente. Questo risulta in una vita assai più lunga. Vi ho appena dato la ragione quantistica per la quale un’anima che vibra a un livello più elevato vivrà più a lungo: è perché cambiate il tempo mediante la vostra coscienza. Ora, l’ho fatto perché possiate riferirvi a ciò che già sapete, così che non sia una qualche “alta” idea metafisica che non ha alcun radicamento. Einstein ve l’ha mostrato, ma voi lo fate a livello cellulare.
Vi darò un’informazione che non ho mai rivelato prima d’ora e che sarà sul pianeta e conosciuta breve.
Gli inventori stanno cominciando a muoversi in una realtà multidimensionale; anche se non lo sanno ancora, stanno cominciando a usare alcuni principi che sono multidimensionali. Ora, lasciate che vi dia un paradigma al quale siete abituati ed è questo: ogni cosa che funziona, che è meccanica, deve avere una fonte di energia che in realtà si rappresenta col fuoco: ci dev’essere del fuoco; spesso è necessario in forma di vapore o in altra forma allo scopo di propellere qualcosa. Il fuoco equivale alla luce; equivale a far funzionare un computer; il fuoco equivale a questo o a quello… Il tutto si riconduce agli elementi del pianeta che fanno da carburante per qualcosa che avete creato.
Ora, diventerete davvero bravi nell’usare in modo efficiente il fuoco - questa è una metafora, - ma deve pur sempre avere una fonte di energia. Il paradigma, quindi, che vi darò è che in 3D, per avere qualcosa che possa apparire come energia, dovete avere ciò che in qualche modo la avvii, poco o tanto: questo è il paradigma delle tre dimensioni. Deve provenire da qualcosa che è davanti a voi allo scopo di svilupparlo in qualcos’altro.
L’energia quantistica non è lineare. Eccovi un assioma che i fisici quantistici e gli inventori sapranno: per avere energia quantistica, per lavorare con essa, per svilupparla, per usarla, ci dev’essere una fonte quantistica. Punto. Non potete produrre energia quantistica o costruire una qualunque cosa usandola senza una fonte che sia simile alla quantisticità. Ora, se vi dicessi che non ha bisogno di una fonte di energia, sbaglierei, ma lasciate che vi dica questo: non ha bisogno di una fonte di energia TRIDIMENSIONALE. Il termine “quantistico” nel modo in cui lo usiamo oggi significa “multidimensionale”. Non è la definizione standard di “quantistico” che darebbe la fisica. L’energia multidimensionale di qualunque forma che viene sviluppata su questo pianeta deve avere una fonte multidimensionale. Gli scienziati la chiameranno anche “energia tira-spingi (push-pull)” perché, quando si renderanno conto delle dinamiche della multidimensionalità, vedranno che funziona in modalità “tira-spingi”. Nella linearità, una sola fonte di energia semplicemente spinge in una sola direzione per alimentare qualcosa che poi fa qualcos’altro, non c’è un “tira-spingi”. L’energia più vicina al “tira-spingi” che avete fu sviluppata attraverso una mente quantistica ed è chiamata “corrente alternata”, ed è “tira-spingi”.
Considerate la relazione tra le fasi della corrente alternata e vedrete che è “tira-spingi”. Tesla lo sapeva, ma non era il momento giusto. Pertanto, un’energia quantistica ha bisogno di una fonte quantistica.
Ora, prima di affrontare il passo successivo, dove potreste ottenere un’energia quantistica? Se ci sono dei biologi quantistici, questo dice qualcosa a proposito della vostra biologia: e se fosse quantistica? Ci sono fonti quantistiche su tutto il pianeta. Alcune delle più grandi, in assoluto delle più abbondanti energie su questo pianeta sono lì, vi guardano e agiscono 24 ore al giorno e 7 giorni alla settimana e sono quantistiche. La gravità è quantistica; il magnetismo è quantistico; la luce è quantistica. Le fonti di energia quantistica e di sviluppo sono con questi tre, più uno: voi. Se avete una biologia quantistica, significa che potete fare cose quantistiche. La fonte, quindi, è dentro il vostro DNA.
Ora, questo è ciò che ha creato la possibilità per voi di vibrare più velocemente con la coscienza. Sappiate che se vibrate abbastanza velocemente e la vostra coscienza sia abbastanza alta, riuscirete a integrarvi con la Sorgente Creativa. Di conseguenza, il vostro DNA comincia a funzionare a livelli assai efficienti. E questo spiegherà una cosa abbastanza controversa. I maestri di questo pianeta controllavano la fisica; potevano trasformare una cosa in un’altra; sapevano lavorare con la forza-vita; potevano fare oggetti privi di massa, e potevano farlo perché erano “uno” con ciò che li circondava e avevano un DNA che vibrava velocemente a una frequenza elevata, anche a 90 anni. Il motore quantistico c’è già dentro di voi, e questo spiega perché questa nuova energia e il campo magnetico sono in grado di permettervi di andare più in là di quanto siate mai andati prima. Un motore quantistico, che è la vostra biologia, creerà un pensiero quantistico, invenzioni fondate su un modo di pensare più elevato perché penserete fuori dalle 3D. Molti di voi sopravvivranno alle vostre famiglie.
Cosa mete in moto il motore quantistico?
Se volessi compendiare questa porzione del messaggio, sarebbe così: qualunque cosa desideriate realizzare personalmente dentro di voi può esserlo, usando un motore quantistico che è già installato e in attesa di essere avviato. La coscienza del pensiero, le emozioni dell’amore, la benevolenza e la compassione sono catalizzatori del motore quantistico. Vorreste che lo dicessi ancora? Gli attributi dell’amore, della compassione e della benevolenza sono i catalizzatori del motore quantistico: è questo, che lo mette in moto! La paura lo fermerà! Il motore quantistico crea un essere umano che vibra a una frequenza più elevata. Proprio come dice Einstein, superate alcuni attributi della fisica a mano a mano che li conoscete, quando vibrate a una frequenza maggiore.
Lo sapevate che la malattia è una vibrazione più bassa? Lo sapevate che, se la vostra struttura cellulare vibra a una frequenza più alta, una malattia a una frequenza più bassa non può perdurare? Mi sto spiegando? È fisica! È la fisica della coscienza.
È interessante, nevvero, che di tutte le invenzioni che avrete in questi prossimi decenni, delle cose quantistiche che accadranno, quella che userete per prima è dentro di voi? Poiché dovete dare la spinta iniziale a questa allo scopo di avere le altre! Poiché queste deriveranno dal modo di pensare di una coscienza elevata, e questo creerà engrammi e strutture di pensiero che si connetteranno a una sorgente universale che vi darà la fisica perfetta, non la fisica limitata in cui vivete. Le invenzioni sono dentro di voi, in attesa di essere connesse alla Sorgente che le ha create.
Voglio darvi qualcosa su cui pensare, voglio dipingere un quadro di una sorgente quantistica che è dappertutto, su questo pianeta. Einstein vi ha mostrato che potete cambiare il tempo: era basilare, è stato provato. Vi dirò qualcosa: nella fisica vera – non una fisica limitata, non una fisica 3D – nella fisica vera… - siete pronti? - tutto può essere cambiato. È un sistema completo, bellissimo e variabile, che potete cambiare. Quando imparerete che cos’è e come usarlo, e svilupperete le invenzioni e le macchine - se vogliamo usare questo termine - avrete anche alcune altre rivelazioni. Le macchine potrebbero essere parzialmente biologiche… che ne pensate?
Lascerò, per ora, quest’argomento, ma voglio dirvi questo: che cosa vi dicono i fisici sulla materia? Vi dicono che è per lo più spazio, è vuota! Eccovi due esempi che vi darò fuori dalla scatola della vostra fisica limitata:
Qui avete un sasso, e il sasso ha una certa quantità di peso. Ha sempre lo stesso peso? Certo che sì, non potete cambiarlo: il sasso è il sasso. E se vi dicessi che potreste cambiarlo? Se entrate nel sasso, a un livello atomico,  sembra per lo più spazio vuoto; ci sono tantissime possibilità di cambiare la densità che fa sì che il sasso abbia il peso che ha. Miei cari, perché l’oro e il piombo di una certa misura pesano più di una pietra porosa, di una qualche altra pietra leggera o di una spugna? La risposta è: la densità! Se potete cambiare molecolarmente, atomicamente, la densità del sasso, potete cambiare il suo peso! Ora, se il sasso è soprattutto spazio, avete moltissime possibilità… se sapeste come farlo! Tesla lo fece. Quando vengono usate le energie quantistiche, potete cambiare le regole quantistiche! Se cambiaste la densità del sasso, potreste renderlo privo di massa, potreste farlo galleggiare nell’aria: questo è tutto ciò che dovete fare!
È semplicemente fisica variabile, che nella vostra scatola 3D non pensate di poter cambiare! Non penserete che Tesla non abbia saputo cambiare il tempo, vero? Tutto questo accadrà! Immaginate per un momento di poter cambiare il peso delle cose e di poterlo fare facilmente mediante una forza quantistica: non una grossa fonte energetica, dimenticatevelo! Quale forza potreste usare per cambiare la densità della materia? Voltiamo pagina.
Siete lì e avete qualcosa che vorrei faceste figurativamente in questo esempio. Voglio che per un momento facciate finta di avere davanti a voi un potentissimo magnete; in realtà non è un magnete, ma una coppia: il più e il meno. È uno di quei magneti speciali che è così difficile dividere in due perché il più e il meno sono allineati, quindi restano uniti. Non è neppure troppo grosso, infatti, non misura nemmeno cinque centimetri. Non c’è alcuna fonte energetica: si tratta semplicemente di due magneti ma estremamente forti. Sono densi, hanno le maggiori proprietà di magnetismo mai scoperte sul pianeta e restano uniti. Il vostro compito è separarli. Li afferrate e vi fermate per un attimo rendendovi conto che non si separeranno facilmente, perciò vi mettete in posizione da sollevatore di pesi: vi piegate, preparate i muscoli, afferrate ogni parte e cominciate a tirare ma le due parti non si staccano. Ora, espandete l’energia, estendete la vostra coscienza a qualunque cosa possiate per separare queste due parti l’una dall’altra.
Adesso voglio che mettiate un fermo immagine per un momento, voglio che manteniate fermamente questo quadro nella vostra mente: state facendo tutto ciò che potete, respirate a fatica, ansimate, sudate… Il magnete alla fine si scinderà usando la vostra forza di esseri umani, ma voglio che fermiate quest’immagine perché questa, amici miei, è la differenza fra energia 3D ed energia quantistica. L’essere umano è una macchina che è 3D e in questo particolare esempio cerca in tutti i modi che può di separare qualcosa mediante la forza.
Ora, cambiamo prospettiva e guardiamo che cosa fa il magnete: nulla! Tale tipo di forza è attiva 24 ore per 7 giorni. Il magnete ha una potenza incredibile, e voi state sudando per spezzarlo ed esso non fa nulla, se ne sta semplicemente lì. Miei cari, per molto tempo dopo che sarete morti, sarà ancora lì, sempre potente, senza fine, non ha bisogno di essere nutrito! È per sempre! Come potete spiegare questa cosa? Che tipo di potenza c’è lì dentro? Non c’è una fonte energetica, non c’è elettricità… soltanto magnetismo.
Vi ho appena dato la chiave per ottenere oggetti privi di massa. Arriverà da una fonte quantistica: la forza quantistica sarà il magnetismo. I magneti ottengono la loro potenza da una fonte quantistica che non sembra essere sul pianeta. È dovunque, è parte degli eteri dell’eliosfera del sole; è parte degli eteri sempre presenti  nell’interspazio delle strutture atomiche. Il magnetismo e la sua potenza vengono da una sorgente che non potete spiegare perché non è lineare. Quanti fisici hanno osservato il potere dei magneti e si sono grattati la testa? Sapete come usarli e non avete idea alcuna della provenienza della loro sorgente. Sbuffate, ansimate, usate tutta quell’energia 3D che ha bisogno di essere alimentata per separarle (le polarità), per spingerle, ed esse non se curano, sono per sempre, non si stancano!
Benvenuti nel futuro! C’è una tale disponibilità di energia che non ha bisogno di alimentazione 3D… Questa sarà la nuova frontiera. Quando riuscirete a fare questi tipi di cose senza trasformarle in armi… Questa è alta coscienza, ed è in arrivo! Sono esempi di ciò che può fare la coscienza elevata, della direzione in cui state andando perché c’è una connessione con la Sorgente Creativa che si aprirà e vi darà la benevolenza che meritate.
Queste cose non vi saranno date interamente, fintanto che la Terra è nell’attuale stato di squilibrio. Queste cose faranno pulizia, lo squilibrio diminuirà e lo percepirete, lo saprete. Verrà un giorno in cui ci saranno pochissime, pochissime uccisioni e molta più comprensione su questo pianeta: quando lo vedrete, semplicemente si apriranno le frontiere della fisica e come avviene per i magneti, per sempre si creerà per voi cibo, acqua, potenza energetica… e persino il ringiovanimento." Kryon


martedì 5 aprile 2016

O Perigo da transmissão da energia através da matéria planetária



As previsões de Scallion podem se realizar?
“A informação seguinte irá vos espantar, mas esclarece a interação entre o passado e o futuro:
assim como as velhas visões aterradoras do passado, do mesmo modo, as previsões que  Scallion fez sobre  o mapa do mundo do futuro, é o resultado direto da experimentação humana que utiliza as ondas scalares, e não o resultado de algum tipo de cenário espiritual dos “tempos finais”!
*(Gordon-Michael Scallion previu que aconteceriam catástrofes naturais de dimensões enormes, tais como: aquecimento global, liquidificação dos pólos, tsunames, terramotos, erupções vulcânicas etc. Ndr)

Uma boa parte do que os índios Hopi viram, do que viu Nostradamus e do que, nos tempos modernos, viu Scallioné um resultado direto das vossas próprias manipulações científicas.
Todas essas visões são exatas e de qualidade e são o resultado direto de uma alteração maciça da crosta terrestre, algo que pode acontecer facilmente se a energia for “empurrada”, de uma forma específica, utilizando uma onda Escalar.
Procurem compreender os fatores de ressonância do manto da Terra, antes de continuarem com essas experiências. Todas estas visões são futuros potenciais que poderão realmente acontecer na Terra”. Kryon

“Chega um momento em que é preciso pensar fora dos esquemas das três dimensões quando falarmos sobre algumas coisas que já foram apresentados antes. Vocês Pensam em linha reta, não porque querem pensar dessa forma; vocês supõem que o pensamento tenha sido criado em uma forma linear. Pensam de possuirem hoje, grandes invenções high-tech mas isso é devido à escarsa consciência de compreensão. O potente sistema de informática que vocês usam, è programado apenas para uma realidade 3D. Um dia, irão achar isto um simples brinquedo.

O Perigo da transmissão da energia através do planeta
Desejamos fazer uma advertência, relacionada com a experiência que estão fazendo sobre a transmissão da energia através da matéria planetária
Permitam-me explicar-lhes isto melhor:
Imaginem um tubo cheio de água com 8 Km de comprimento e um diâmetro de uma polegada (2,54 cm). Suponham que, por uma das extremidades do tubo se injeta rapidamente uma certa quantidade de água. Instantaneamente, sai pela outra extremidade do tubo, a mesma quantidade de água, uma vez que o tubo já estava cheio. Com isto, não se transmitiu, instantaneamente, a água injetada ao longo de 8 Km do tubo, mas apenas se empurrou a água, já existente, a uma curta distância, fazendo com que a mesma quantidade se derramasse no outro extremo.

Através das eras, o vosso planeta capturou energia estática (que definimos como aquela que se armazena e está preparada para ser convertida em energia ativa). Através do atrito com a atmosfera e daquilo a que chamam «vento solar», a matéria planetária está cheia de eletricidade estática.
Observam os resultados quando uma tempestade “ataca” violentamente a terra e desloca a electricidade, causando chispas gigantescas, que chamam raios, tanto acima como abaixo do fenômeno meteorológico. 
Na vossa terminologia eletrônica, este sistema de armazenamento da energia estática da Terra, corresponde ao que chamaram condensador de capacidade elétrica. Em consequência, e no âmbito desta sessão de ensinamento, podem considerar o planeta como um gigantesco condensador eletrônico, cheio de eletricidade armazenada.

Um dos vossos cientistas*, há apenas 100 anos atrás, demonstrou a viabilidade da aparente transmissão de energia através da matéria planetária. Ao fazê-lo, aproveitava a energia já armazenada na terra (tal como no tubo de água). Ao “injetar” energia numa parte do planeta, ela parecia sair por um portal em algum outro lugar.
Dava a sensação de que a energia tinha sido transmitida, mas, na verdade, apenas tinha sido deslocada.

Um dos problemas matemáticos desta transmissão de energia resulta do fato de ser difícil saber por onde vai sair a energia quando é “empurrada”.
Atualmente, a ciência trabalha neste processo, tendo descoberto que as ondas escalares são uma solução parcial para ajudar a dirigir a energia, exatamente para onde se pretende que surja.

Uma Advertência: as ondas Escalares são extremamente perigosas

Embora esta experiência escalar seja um elevado avanço tecnológico, em todo o processo de transmissão de energia, a advertência é esta: as ondas Escalares são extremamente perigosas... muito mais do que sabem. Pedimos, especificamente
àqueles que trabalham neste campo: vão mais devagarFaçam experiências com potência mais baixa. De outra forma, logo descobrirão que este tipo de intervenção influencia a tectônica de placas - o movimento das placas que suportam os continentes.
Enquanto esta mensagem está sendo ouvida e lida, estão ocorrendo movimentos deste tipo, causados por tais experiências.

*Nikola Tesla deu uma demonstração das características das ondas escalares (longitudinais) em Colorado Springs, nos Estados Unidos em 1880. Ele construiu um transmissor de ondas escalares de 10 Kw. Em cerca de 40 km de distância, colocou um receptor em uma colina, e, da mesma forma, em um rádio, e sintonizou de modo que estivesse em ressonância com o transmissor. O receptor, colocado em ressonância, foi capaz de receber os 10 quilowatts de transmissão de energia e de acender uma série de lâmpadas.
Um fenômeno muito estranho começou a se verificar com as vacas e cavalos no ambiente: começaram a mostrar um comportamento completamente anormal, o qual desapareceu somente quando o receptor absorveu a quantidade total de energia transmitida. Poderia se perguntar: Não seria o que poderia estar acontecendo, também, com nós seres humanos, expostos a ondas escalares em todo o mundo, embora com intensidade inferior à histórica experiência de Nikola Tesla? Para se refletir. Ndr.)

Novas maneiras de obter calor geotérmico
Está tudo sob seus pés, não é tão profundo, e é calor natural. É quente o suficiente para criar vapor. Se você perfurar cerca de cinco km subterrâneos, você vai encontrar calor suficiente para operar um motor a vapor. Mas se vocês perfurarem tal profundidade, tecnicamente, torna-se difícil e perigoso. Não é perigoso para quem perfura, mas è perigoso para o planeta. Para chegar a cinco quilômetros abaixo da crosta terrestre, se atravessam algumas “bolsas "... incluindo, talvez, bolsas que liberam gás; bolsas que, talvez, liberam fogo,e água. Além disso, às vezes, pode-se até quebrar o que chamamos de integridade do xisto. O que estou dizendo aqui é que vocês podem, também, solicitar o potencial para um terremoto e tudo isso com uma perfuração de cinco km..

Então, agora vou dizer-lhes como produzir vapor sem perfuração assim tão profunda, mas para isso devem pensar fora da caixa, daquilo que vocês sempre imaginaram. Até o momento, vocês pensavam que se deveria perfurar e colocar uma tubulação no chão com água nela. Você coloca água e o vapor sobe. Mas digo, porém, que devem perfurar apenas um trecho daquele comprimento e vocês irão encontrar calor o suficiente para ferver um líquido! 
Impossível! Vocês dirão. Isso ocorre nos lugares mais quentes da Terra, onde o calor é muito próximo à superfície, mas esta característica não é encontrada na maioria dos lugares onde estamos solicitando a perfuração.
A resposta é de não usar água.

Chegou o momento de combinar a tecnologia mais avançada que vocês têm no planeta, com coisas que vocês nunca esperavam que pudessem se combinar, e isto é pensar fora da caixa.
Se trata de começar a pensar de um modo um pouco mais quântico, vendo a imagem inteira, em vez de ver apenas as partes que acham que deveriam estar alí, ou apenas o que estão acostumados. Aqui entram alguns flúidos, e alguns de vocês já sabem quais são. Há uma química elegante que entra em ebulição em uma fração da temperatura em que a água ferve, então a resposta é: aprender a usar essas substâncias e fluidos, que têm esse tipo de química no interior de um sistema fechado geotérmico, que não precisa descer até a profundidade de cinco quilômetros mas apenas dois km. Usando esta química conhecida, será possível perfurar só até uma profundidade parcial, para obter o calor que vocês precisam para produzir vapor.

Dizemos isso porque vocês vão ter necessidade de fazê-lo. Esta descoberta está ao alcance de suas mãos. Isso é só para dizer-lhes que vocês compreenderão tudo e reconhecerão os elementos que deverão ser combinados para obterem a máquina a vapor. Não levará nem cinco anos para construí-la, não será perigosa e não deverão cobrir-se com uma armadura. É muito mais simples do que pensam. Não emitirá fumaça, não polui e não precisa se preocupar em ficar perto delaPensem ... calor natural, de Gaia, para sempre! Produzirá a electricidade que vocês precisam para aquecer suas casas e locais de trabalho ... porque, certamente, irá fazer muito mais frio!”  Kryon