mercoledì 24 febbraio 2010

Obesidade - Perder peso fazendo ginástica? Mera ilusão



Foi o escritor Gary Taubes, jornalista cientifico do New York Times, a inverter esta convicção. Ele trabalhou durante anos e entrevistou 600 especialistas em nutrição e metabolismo. A suposição de que, mais você queima calorias, mais você perde peso, não passa de mera ilusão. Segundo Taubes, não é verdade que quanto mais você se move, mais você queima os seus quilos extras. A atividade física, especialmente se moderada, queima um número insignificante de calorias, coisa que se pode obter facilmente, com uma pequena mudança alimentar. Taubes argumenta que um obeso, de 113 kg, queima 3 calorias subindo um lance de escadas, o que equivale a um quarto de uma colher de chá de açúcar. Para queimar as calorias contidas em uma fatia de pão e manteiga, o pobre coitado, de 113 quilos, deverá subir nada menos que 20 andares. Esta decepcionante verdade é confirmada por estudos recentes sobre a obesidade. The International Journal of Obesity, publicou recentemente uma importante análise, assinada por mais de vinte especialistas, hipotizando a possibilidade de mais outros dez fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da obesidade. Como causa da obesidade, foi colocada demasiada ênfase sobre a escarsa atividade física e sobre a alimentação, bem como indicações bem intencionadas, mas potencialmente improcedentes para prevení-la, desprezando assim, outros fatores de relevância. Escreveram eles na síntese.


Gabriele Riccardi, professor de endocrinologia e metabolismo na Universidade Federico II de Napoles, realizou um estudo em filhos magros, de dois casais: no primeiro, pai e mãe eram obesos; no segundo, os pais eram magros. Riccardi explica que, após consumir uma refeição, um defeito metabólico levava os filhos de pais obesos, a acumular gordura no tecido adiposo. Então, desse ponto de vista, as pessoas são magras, não porque fazem muito exercício fisico, mas sobretudo porque seus corpos são programados para enviar as calorias consumida,diretamente aos músculos, onde são queimadas, e não no tecido adiposo, onde se acumulam.

Assustador? Não! Riccardi nos consola dizendo que os estudos mostram que a atividade física é útil, não tanto para perder peso, mas para mudar a composição do corpo: o peso continua o mesmo, mas aumenta a massa muscular. Por outro lado, se sabe, onde tem músculo, a “banha” não pode entrar. Seria como se os músculos (parodiando George Clooney), dissessem para a gordura: no músculo, no party!
Portanto, aproveitadores e amantes da preguiça, não usem este artigo como uma desculpa para se sentarem confortávelmente na frente da Tv. Continuem a acreditar que a atividade física é um bem para a saúde porque é verdade. O exercício fisico ajuda a equilibrar a pressão e colesterol e ajuda a manter em forma os músculos e o cérebro. Movam-se e movam-se! Talvez isso não é uma garantia para perder peso em excesso, mas, olhando-se no espelho, mais cedo ou mais tarde ele irá te mandar uma imagem de um gordo, sim, mas um gordo bem “organizado”. E isso não é pouco!

Nessun commento: