martedì 29 dicembre 2009

Se o pensamento é criativo, por que nunca recebo aquilo que quero?


O mundo inteiro assiste hoje o alvorecer de uma nova consciência, de um novo poder e de uma inédita realização das risorsas presentes no interior do ser. O século atual produzirà um grande progresso jamais registrado antes no campo do poder mental e espiritual.
Assim como as forças mais poderosas da Natureza são invisiveis, descobriu-se, também, que as energias mais poderosas de uma pessoa são as suas forças invisíveis, a força espiritual.

O único modo que a espiritualidade possue para se manifestar é através do processo do pensamento.
O pensar é a única atividade exercitada pelo espírito e conduz a um único produto: o pensamento. A energia de um só pensamento é capaz de ativar atividades nos nervos, cérebro e músculos. Basta nutrir um certo número de pensamentos sobre um argumento, para induzir uma mudança completa na organização fisiológica de uma pessoa. Esse é o processo através do qual o falimento se transmuta em sucesso e a doença em saúde.

Hoje, a ciência concorda sobre o fato que existe um único Princípio , Consciência ou Mente que permeia o inteiro Universo, que ocupa todo o espaço e que é essencialmente idêntico em cada ponto. É uma substância extremamente potente, inteiramente sábia e onipresente. Contém todos os pensamentos e todas as coisas. É inteiramente em tudo.

No universo, existe somente uma única consciência capaz de pensar, e quando pensa, os seus pensamentos se tornam, por lei, objetivos. Sendo essa consciência onipresente, deve estar, logicamente, presente em cada indivíduo, e cada indivíduo deve ser uma manifestação daquela Consciência Onipresente, Onipotente e Onisciente. O que quer dizer: nossa consciência é idêntica à Consciência Universal, ou seja: existe somente uma mente. Nós representamos a individualização do Universo. Não se pode fugir desta conclusão.

Escolha com consciência

Se você escolher algo que deseja receber, escolha com toda a força do seu coração. Não enfraqueça nunca e persista até ver a coisa concretizada. Se não atuar dessa forma, é bem melhor não começar a idealizar um projeto. Quando iniciamos alguma coisa e não completamos, ou quando nos propomos fazer algo e não realizamos, formamos na nossa psique o hábito ao insucesso, ao falimento. Se pretender fazer uma coisa, leve adiante até vê-la concluída, mesmo que o mundo caia sobre você. Não permita que nada nem ninguém interfira. Isso é ACREDITAR, é a conhecida .

Quando você projeta, o seu “EU” ou a alma, já decidiu, junto com você. O programa já foi definido, não se deve acrescentar mais nada. E você não tem motivo pra ficar para frente e para trás.
O seu “EU” não é o corpo físico, nem é a sua mente. Eles são somente instrumentos que o EU usa para pensar, raciocinar e projetar.

Você faz escolhas a cada momento da sua vida, consciente ou inconscientemente. Escolhendo inconscientemente, se corre o risco de receber o desejado e o indesejado também, porque tudo o que você realiza em um único dia, é o resultado de suas escolhas: “Vou de carro ou a pé?”, Como hamburguer ou salada”, visto rosa ou azul?” Todas essas escolhas traz em si um resultado “bom” ou “ruim”, no final das contas. A Mente Universal está sempre respondendo e dando forma àquilo que você deu atenção, seja positivo ou negativo. Ela não julga nunca. Recebe informações através da energia dos pensamentos e procura os meios necessários para materializá-las. Isto significa que não existe uma “Entidade” que te responde quando tá de bom humor, ou que respinge se você cometeu um “pecado” etc. Deus não te “doa” nadinha. Ele já te deu tudo o que você precisa para obter TUDO o que quiser. Ele te deu a condição e o poder maravilhoso de criar e obter. Você é quem produz tudo o que possue na tua vida, através do pensamento, palavras e ações. Você é um ser criativo, feito à imagem e semelhança de Deus, você pode obter tudo aquilo que escolher mas pode, também, não obter tudo que você “quer”, aliàs, se você “quer” uma coisa fortemente, provavelmente nunca vai obtê-la.

Por que esse paradoxo?

O pensamento, se sabe, é criativo e o pensamento de “querer” é uma afirmação feita ao Universo, a afirmação de uma verdade que o Universo produz na sua realidade. Se você afirmar EU quero aquilo, o Universo interpreta e te dá, exatamente essa experiência: a de “Querer” aquela coisa. É diferente quando você cria uma determinação com a intenção de obter, não de “querer”.
Qualquer palavra que você coloca depois do “EU”, se torna um comando criativo. O gênio da lâmpada – ou Deus – obedece e produz aquilo que você escolhe, sente e diz.

Então, como se explica o fato de demorar tanto, ou nunca chegar, aquilo que escolho obter?

São várias as razões: porque você não crê de poder haver ou merecer aquilo que escolheu; porque não sabe que coisa escolher; porque continua a procurar entender o que seria “melhor” para você; porque quer uma garantia antecipada que as suas escolhas serão certas ou porque você continua a mudar de idéia.
Viver uma vida de escolhas é viver uma vida de ações conscientes. Uma vida vivida casualmente, é uma vida de reações inconscientes. Uma reação nada mais é do que uma ação feita no passado. Quando você re-age, você está, simplesmente, dando uma valorização aos dados recebidos, procurando nos meandros da memória, a mesma experiência (ou uma similar) para agir da mesma forma que agiu em precedência. Esse é um trabalho mental, não do seu EU – a sua alma.
Quando você perde tempo procurando analizar o que é “melhor” para você, a única coisa que você está fazendo é isso mesmo: perdendo tempo.
Agir do ponto de vista da alma e não daquele mental, é poupar um monte de tempo. As decisões são tomadas mais velozes e as escolhas são ativadas rapidamente, sem a revisão, sem a análise crítica das experiências passadas. Logo, a Alma cria ,a mente reage.
A alma sabe que a tua experiência presente foi dada a você por Deus, antes mesmo que você fosse consciente. “Antes que peças, receberás”.

Cada Agora é um precioso dom de Deus, por isso se chama Presente.
A alma entende que você e Deus são UM só, mesmo se a mente continue a negar essa verdade e o corpo reaja com base a tais negociações.
Portanto, no momento de tomar grandes decisões, saia da mente e procure a alma. Quando você perde tempo analizando o que é “melhor”, as escolhas serão cautelosas, as decisões lentíssimas e a viagem terá um mar de expectativas, no qual você poderá se afogar.

Se quiser trazer mais poder na tua vida, procure se conscientizar desse poder; para ter mais saúde, procure se conscientizar da saúde; para ter mais felicidade procure a conscientização dela. Personalize o espírito dessas coisas até que elas se tornem suas de direito.
Lembre-se: É preciso Ser, antes de poder fazer,e só podemos fazer na medida em que Somos e aquilo que Somos depende do que pensamos.
Fonte: Conversando com Deus 2 – A Chave Mestra Sistema

3 commenti:

Anonimo ha detto...

Lembrando: Sem pensamento não se animiza. Não animizando, não existe como dar forma e crer naquilo que animizou. Animizar o espirito é promover o mal.

"O mal reina soberamente na Terra" (livro dos médiuns pág. 566).

Quando você acredita em espírito está ostentando o mal. O espírito é o mal porque é a morte, e a morte é oposto a VIDA (João 1:14). Se acredita na bíblia é compreensivel entender:

"Deus é espírito, e importa que os que o aodram o adorem em espírito e em verdade" João 4:24

"Porque a VIDA (carne) cobiça contra o Espírito (Deus), e o Espírito (Deus) contra VIDA (carne); e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis" Gálatas 5:17

"Nem toda a carne é uma mesma carne, mas uma é a carne dos homens, e outra a carne dos animais, e outra a dos peixes e outra a das aves." 1 Coríntios 15:39

* Deus (espírito) é contra os homens, animais, peixes e aves.

Promover fluidificação, passe, cromoteriaria, reike é deixar de acreditar na ciência criado pela VIDA para ajudar. Como o espírito vivifica se é primogênito, princípio dentre os mortos? (João 4:24 + Colonesses 1:15:18)

Existe quem entenda o contexto do porque ostentar espírito (conciente) e quem ostente, sem ser descoberto (inconciente).

Existe uma grande fraude na governança do Planeta Terra com relação ao "compreender" o que estejão fazendo. Como de certa forma determinadas informações serem mistificadas pelo inconciente (sugestão mental) que é identificado nesse mundo como uma comunicação espiritual.

Se utiliza de mentalização, pergunte ao espírito, qual é a verdade que ele mistifica e que sabe a respeito da VIDA? Seja profunda no pedido e pergunte a ele porque ele faz mal a VIDA? Porque mente? Porque esconde? Porque mistifica? Porque não é honesto? Porque não honra a palavra? Porque a população não deixa a VIDA em paz para sempre?

Honestidade faz parte do processo de moralização. O mal diz fazer uma verdade, que é mentira, só porque diz-se fazer filosofia. Faz opressão a VIDA achando que receber, mas lhe é tirado.

Existe até camadas de comunicação que se fazem de bem para mentir a mentalização. É o teatro dos loucos, no manicômio do vazio escuro. O mundo não é do mais astuto, mas de VIDA. "Ainda não existe" é refutar a própria geração de novos pensamentos. Controle de natalidade é quando perdeu-se o controle. Acredite nele, VIDA, os mortos já se foram.

A paz no mundo é para VIDA. E VIDA é paz.

Anonimo ha detto...

Não tá sabendo? VIDA venceu! Tem até eco na rede !

Pensa você também; VIDA venceu!

Pelo mundo melhor e honesto!

Eliude Santana ha detto...

Hummmm, deixe eu entender melhor, qdo vc diz:
"Quando você acredita em espírito está ostentando o mal. O espírito é o mal..." e logo depois diz:
"Deus é espirito..." nao entendi qual a conclusao disso! (????)mas aceito sua forma de pensar. Tudo é aprendizado. Cada um de nòs é livre para considerar cada coisas que ouvimos ou lemos, deixando que passe pelos próprios filtros de consciência. Devemos adotar
somente aquelas partes que verdadeiramente falam aos nossos corações e deixar partir o resto, simplesmente considerando que aquilo não é apropriado
para nòs neste momento. Essas partes que deixamos de lado não devem ser julgadas como certas ou erradas, nem boas nem ruins; elas simplesmente não serão adequadas para usarmos neste momento. A sabedoria é aproveitar o que
nos està sendo apropriado e deixar ir o que nao conseguimos entender ou aceitar, sem julgamentos.
Grande abraço e volte sempre.