giovedì 14 luglio 2011

PERIGO! O DNA não deveria conduzir eletricidade, mas o faz.






Importante! Il DNA non dovrebbe condurre elettricità, ma lo fa. Scienziati, cercatela!


Informações importantes: Um desafio para a ciência astronômica.
A Natureza Magnética do DNA – De uma forma nunca imaginada!
Desejamos que estas informaçoões sejam conservadas. Chegará o dia em que esta transcrição será  confrontada com aquilo que a ciência descobrirá. Então, verão uma concordância real. Vejam, observem e esperem! (Kryon)

Recentemente foi feita uma descoberta científica, que parece ter sido ignorada e que, em sua essência, talvez seja uma das descobertas mais profundas da conexão entre nós e a grade magnética: A descoberta que os telômeros estão na verdade juntos, conectados. O DNA não é uma filamento, mas um loop. Demorou um tempo para se ver a verdade disto, pois é uma conexão muito sutil. Pois no interior deste loop se encontra, agora, um potencial atributo de corrente elétrica. O ser humano é um instrumento bioelétrico, e seu cérebro, as sinapses, suas reações musculares, tudo isto trabalha, graças aos neurônios que disparam os impulsos - trilhões deles que fazem o corpo funcionar. Portanto a eletricidade do corpo está, repentinamente, conectada com o DNA, pois há uma corrente que viaja através do loop. Ela é infinitesimal, dificilmente detectável, até mesmo pelos mais sofisticados instrumentos.

Não existe nenhum lixo no nosso DNA

"O DNA é complexo; é elegante e cada simples pedaço está lá por um motivo. Não existe nenhum lixo, não há nenhuma sobra e é maravilhosamente projetado. Parece ser aleatório e caótico, mas não o é, pois, dito de forma muito sucinta, o sistema encontra-se na estrutura interdimensional de um sistema que trabalha com aquelas belíssimas fibras. Em 3D vocês vêm a hélice dupla. Por muitos anos vocês a tem visto como uma fita responsável pela genealogia de todas as coisas que fazem de vocês o que vocês são. As terminações das fitas do DNA são os telômeros. Estas longas fitas parecem não fazer nada a não ser encurtar à medida que envelhecem - uma cópia, da cópia, da cópia – responsável, talvez, pelo que vocês pensam ser a sua morte final.

O DNA humano realmente tem um campo magnético.
Portanto, cientistas, procurem pela corrente! Pois vocês descobrirão que ela existe! E não é só isto, vocês descobrirão que ela flui para sua química de uma forma que não deveria fazer! O DNA não deveria conduzir eletricidade, mas ele conduz... quase como um supercondutor. Portanto, agora, vocês têm corrente fluindo através de um loop. Na eletricidade básica, vocês aprendem que a corrente fluindo em um loop cria um campo magnético. O DNA, portanto, tem seu próprio campo magnético... cada hélice dupla. Ele é muito pequeno, mas se pegarem aqueles trilhões de partes do corpo humano, e cada uma possue campo magnético, todo o ser humano se torna magnético. Então ai estão vocês com uma evidência científica de que o DNA humano realmente tem um campo magnético.
E isto deveria dizer algo mais a vocês devido à física do magnetismo. Se um campo magnético se sobrepuser a outro, ocorrerá algo conhecido como indutância. A Indutância é aquele espaço mágico onde dois campos magnéticos se sobrepõem e se interpenetram, permitindo que aconteçam comunicação e transferência de energia. Isto é usado diariamente em quase todos os aparelhos elétricos. Agora, o que vocês deveriam saber é que a indutância é o motor da mudança do DNA, recebendo instruções, tanto apropriadas quanto inapropriadas, do ambiente. É por isso que nós lhes instruímos repetidamente para não se exporem a campos magnéticos de ação prolongada. E, logo, vocês deverão compreender outra coisa: que de improviso, vocês têm o potencial de receber informação através da grade magnética do planeta, uma vez que agora têm consciência de que possuem seu próprio gerador magnético, seu proprio DNA.

Os pólos da Terra são perigosos para a estrutura celular humana.
Dissemos que a Terra tem um campo magnético que posiciona a consciência de vocês. Nós dissemos que se saíssem deste campo magnético vocês, eventualmente, entrariam em desequilíbrio físico e adoeceriam. Vocês não podem viver sem ele. Desafiamos, mais uma vez, a provarem isto, pois precisarão do magnetismo em viagens espaciais. Este fato nunca mudou. No passado, pedimos aos cientistas para procurarem por atributos muito interessantes que estão lá, esperando para serem descobertos. Vejam o que acontece com um ser humano quando ele sai, mesmo que um pouco, do campo magnético da Terra. Ele adoece! Voces colocaram laboratórios de pesquisa nos pólos da Terra. Cientistas têm vivido neles por muitos meses. Nos pólos da Terra existe uma neutralidade de confluência... não há uma fusão do magnetismo. Portanto há uma singularidade no pólo norte e uma singularidade no pólo sul que não são equilibradas para a estrutura celular humana.
Portanto, cientistas, eu gostaria que dessem uma olhada na saúde daqueles que estão naqueles laboratórios, porque vocês encontrarão algo nas incidências de cânceres e doenças neles.  Revelarão que são muito maiores do que deveriam ser em uma curva normal da saúde humana. Isto porque eles permaneceram fora do equilíbrio (magnetico) por muito tempo e pagaram o preço. Aqueles que estiveram em órbita por muitos dias e até mesmo meses, estiveram levemente fora do campo magnético no qual vocês estão agora e vocês poderão observar a mesma coisa lá. Observem a medula óssea deles. Observem o sistema imunológico e percebam que ele começa a falhar quando saem do campo magnético. No equador e ao redor do equador se encontra o  ponto nulo. Ao redor destas áreas o campo magnético não é consistente, não é linear. Observem os pontos nulos e vocês encontrarão os pontos mais problemáticos neste planeta, os pontos com mais doenças, com mais guerra, horror e genocídio neste planeta.
Os maiores desequilíbrios estão nos pontos nulos, como ao redor do equador. E isto é devido à grade magnética e ao fato de que o DNA recebe informações sobre equilíbrio.

O campo magnético de seu planeta trabalha com seu DNA de formas que vocês desconhecem. Ele conversa com o seu DNA.
Em 1989 eu disse a vocês que a grade magnética da Terra moveria mais em 10 anos do que nos últimos 100 anos... e foi isto o que aconteceu. Alguns dizem que ela se dirige para mais uma inversão na polaridade, como já aconteceu no passado. Mas isto não ocorrerá ainda.  No entanto ela se moveu, e da forma como eu havia dito. (Este é um fato científico conhecido e pode ser verificado.) E ela se moveu porque a consciência deste planeta a moveu. Isto não é uma coincidência. Ela se moveu para posicionar uma iluminação de modo que houvesse um despertar das consciências no planeta. Por isso, tem havido uma mudança na intuição em muitas pessoas em todo o planeta. A grade fala com o DNA e com a consciência da humanidade. Agora, milhares de pessoas estão perguntando, “Há mais coisas do que me foi dito?” Será que você é um destes? Será por isto que seus olhos estão nesta página?

Astronautas, levem o seu campo magnético junto, quando viajarem para outros planetas
Cientistas! Observem, pois vocês encontrarão algumas sincronicidades que não esperavam. Se forem viajar para as estrelas, se forem viajar para os planetas é melhor levarem seu campo magnético junto com vocês em um modo simulado.  Para conseguirem isto, procurem simular o mesmo que a Terra lhes oferece durante os dias e anos em que estiverem naquele casulo. Isto ainda será reconhecido por aqueles que planejam ir aos planetas e estrelas [NASA].
Então, aqui está um convite aos biólogos, os cientistas da vida. Façam a pergunta, “A estrutura celular do ser humano precisa do campo magnético da Terra para sustentação da vida e equilíbrio ao longo do tempo?” Usem informações dos anos passados nos pólos, e do tempo que já permaneceram em órbita. A resposta será sim. Kryon

*Pesquisadores já estão trabalhando em um especifico campo magnético supercondutor, 3000 vezes mais intenso do que o da terra, para resolver o problema da proteção contra a radiação no espaço.


Nessun commento: