lunedì 12 novembre 2007

Mulheres "Liftingadas"! Exijam uma Nova Idade!














Leggi in Italiano Donne Rifatte!

Gostaríamos de ser como os homens, esse ser super valorizado, em que rugas é charme, ter mais de 50 é símbolo de poder e estabilidade (tem até alguns que acrescentam uns aninhos pra se sentirem como tal), ser solteiro é ser emancipado e contar aos amigos que deu 20 com 10 mulheres diferentes, em um só fim de semana, é um ser super dotado.
São muitas as mulheres que AINDA correm atrás de um homem- âncora, um maitrê-à-penser pra haver uma identidade (im)própria, pois, é ele o “ser” que, ainda hoje, confere uma identidade a uma boa parte de nós.
Mas nós, fêmeas, quase nunca conseguimos ser assim... culpa desse odioso caráter feminino secundário, fonte de tanta inútil dignidade...
Solteira? Tá ficando pra titia. Rugas? Sinal evidente de decadência. Passou dos 50? É já gagá. Ah, não! Desculpem-me. É ainda MUITO jóvem só como cadáver. Coitada, tinha ‘só’ 53 anos... (tem até algumas, pobrezinhas, com um grau de cretinice a mais, que pensam de se jogar do 10º. andar pra ser ‘precoce’ em alguma coisa, mas já se viu?). Tá bom, diminuir a idade é nossa característica fundamental, mas o que tem de mais? Pensando bem, os 40 e X anos não são exatamente todos esses 40 e X. Se diminuirmos os anos de sono, ficam em torno de uns... ham... vinte e X, por aí.... E ai do imbecil que se atrever a quantificar o maldito ‘X’!
Que fazer pra combater essa injustiça social? Institucionalizar o ritual do lamento, chorando nos ombros uma das outras, nos tradicionais chás da Luluzinha não serve. Vamos raciocinar, gente, (incluindo homens e políticos em geral): pegue uma mulher de 60 anos que perdeu 15 depois do último lifting... Por que a data de nascimento dela deve continuar invariada nos documentos? Por que não diminuir tantos anos quantos forem cancelados pelo bisturí? As instituições pensem bastante, antes de chamá-la de velha e ainda por cima em idade aposentável! Um apelo aos políticos a pensar sobre o assunto, pois é uma ótima iniciativa pra fazer um acordo entre a lógica de um altíssimo introit fiscal e a resolução de uma injustiça que nós mulheres (liftingadas ou não), não podemos mais suportar. Será que nenhum político ainda pensou nisso? Uma mulher acima dos 60, que demonstra 45-50 depois da plástica, por que as instituições se obstinam em chamá-la de terceira idade, e ainda por cima, tendo que lhe pagar uma aposentadoria! Nao é um absurdo?

1 commento:

Nel Brasil ha detto...

Sensacional. Alias, ninguem devia saber o dia do nascimento. Tenho certeza que essa e a razao do envelhecimento.