sabato 7 febbraio 2015

Para Cientistas e Físicos: A anti-gravidade não existe!





Uma das incríveis revelações científicas (de Kryon) que darà muito o que pensar aos cientistas do setor: 

(...) “a vossa ideia acerca de como a massa se torna densa, não é correta. (...) Voces sabem que a maior parte do Universo é composta de elementos com proporções simples de tamanho/densidade, e a verdadeira chave do mistério da massa e da densidade dos objetos é a forma como eles se movem em relação a outros objetos. Porém, sentem-se desconcertados quando encontram objetos que não se comportam deste modo determinado.
Lembrem-se do seguinte: suas observações estão limitadas pela própria estrutura do tempo. Significa que as propriedades da gravidade são um resultado da massa e do tempo e não são lineares. Assim, vocês se limitam a ver as propriedades que dizem respeito à vossa própria estrutura de tempo (que é linear). Se fossem capazes de se afastarem dessa posição, ainda que fosse só ligeiramente, veriam um cenário de atributos da gravidade completamente diferente.

(…)Se são capazes de ver aquilo que parecem ser pequenas partículas, mas com tremendos atributos de massa (elevada massa/forte gravidade), acaso já vos passou pela cabeça pensar no inverso? O que estou dizendo é que, aquilo a que chamam antigravidade corresponde, de fato, à vossa busca daquilo a que chamarei uma condição "sem massa".
(...)O que você chama de antigravidade é, simplesmente, um objeto da massa controlável que flutuará, independentemente do peso. É factível. Não seria, por acaso, o momento de realizá-lo? Digo isso para que comecem a pensar em um modo mais quântico para dar uma acelerada nas invenções, deixando de fora a política. Os países que devem fazê-lo são aqueles que têm as habilidades técnicas mais avançadas e as estruturas também mais organizadas, que já estão a caminho de fazê-lo. É tempo que as pessoas entendam e deixem livres os físicos, sem o laço daquelas coisas que são "apropriadas" para a política, para a indústria ou para a produtividade. Talvez vocês não saibam do que estou falando, mas os físicos, sim.

(...)Acaso conseguem imaginar um objeto com densidade zero, seja qual for o seu tamanho?
(...)algumas das melhores teorias que vocês concebem, nem sequer estão preparadas para permitir a existência de um objeto sem massa. Através das suas melhores teorias, podem deduzir que - se o que vos digo é correto - a energia de um objeto sem massa seria igual a zero. Tendo postulado que a massa, multiplicada pelo quadrado da velocidade da luz, equivale à energia de um sistema isolado, esse próprio postulado tem que equivaler, para um objeto sem massa, a uma energia zero. Acaso já imaginaram as situações que um objeto com massa negativa poderia criar? Qual conceito têm acerca da energia negativa? (...) ou da reação da luz perante um objeto sem massa?

Se já calcularam que uma gravidade forte inclina a luz, o que pensam que a total ausência de massa, energia e gravidade, poderia fazer à luz que rodeia um objeto? Convém refletir sobre isto. Entretanto, considerem também a massa negativa, a energia negativa e a gravidade invertida.
(…)Estes são os mecanismos para alterar, temporariamente, o comportamento da polaridade de uma pequena partícula, o que se traduz por densidade pela sua ausência ou inversão (densidade negativa).
(…)Ainda que pareça um mistério no contexto desta discussão, não se surpreendam, acaso descubram que a água sob pressão também tem um papel importante neste sistema.

(...)Nikola Tesla pensou fora da caixa. Este exato estado “sem massa” foi criado na sua oficina onde descobriu a criação dos objetos sem massa mas não sabia como. Tesla chegou a produzir a mudança na massa de um objeto criado pelo magnetismo, que foi o sujeito de base do experimento em seu laboratório.
Lembrem-se, porém, que, para transportar uma carga, também pode-se usar gás e metais líquidos. Mesmo as soluções (fluídos) podem ser magnetizadas para criar formas magnéticas inteligentes no interior de campos magnéticos.

A dica completa para a compreensção dessa tecnica, você encontra no cap. XVIII - Como alterar a massa de um objeto – do livro “Deus é Quântico e está no DNA – Revelações”.
Versão Impressa AQUI

Nessun commento: